Domingo, 29 de Julho de 2012

Dos estudos, da vida e da decadência do Império Americano

 

Categoria de post:  pensamentos,  desabafo

 

Tenho andado meio ocupada… Mas nem tanto. Lol

As “férias”  do verão já estão quase no fim ,  mas como sempre ,  me inscrevi em dois cursos durante este período, a fim de adiantar meu programa no Community College. 

O primeiro (o de “Governo do Texas” – ai que PORRE!)  era obrigatório ,  mas graças à Deus já terminou.  Coisa mais chata :  curso de política local… – e ainda mais texana !   TUDO.  TUDO, o  que eu sempre sonhei.

 

Agora, finalmente estou seguindo meu último curso .  Sim,  depois de terminar este , tiro o meu Associate’s Degree em Antropologia!  (Acredito que no Brasil este tipo de diploma não exista .  Pelo menos na minha época lá não existia.)   O  A.A.  corresponde ao segundo ano da faculdade,  mas só é dado pelas Community Colleges.  Aqui é um diploma como se fosse o "primeiro nível" nos diferentes estágios de uma educação  universitária -  Associates’,  Bachelor’s, Master’s, Doctorate  etc… 

Em geral, quem tira o A.A.,  depois segue para uma faculdade convencional ( já ingressando no  terceiro ano),  podendo então  tirar o seu Bachelor’s Degree  após dois anos.  É o que estou pensando em fazer – mas ainda não decidi ao certo.

 

Mas, voltando ao meu último curso no Community College neste verão…

Este sim, está sendo bem interessante , pois trata-se de “Astronomia: o Sistema Solar” . {#emotions_dlg.smile}

É que eu ainda precisava de mais um  crédito na área de “Ciências” para terminar o programa. Então escolhi este, já que a última vez que estudei algo parecido, foi no final da década de 70!   -  quando estava no 3 rd  Grade  ( Terceiro ano primário) na Escola Americana no Rio!!   Pois é.  Plutão, então, ainda era considerado um planeta… lol

 

Anyway,  meu professor atual  é um senhor de certa idade e ,  como todo astrônomo,  um personagem interessante.  ( Uma amiga minha no Rio,  louca por astronomia e que vive fazendo os cursos do Planetário da cidade, sempre me disse que os astrônomos costumam ser pessoas muito cultas e interessantes – além , é claro,  de inteligentes! - e ela tem razão).

 

  Professor R.  não foge  a regra.   A única coisa,  é que  como é Americano ( e ainda por cima,  Texano!),  está naturalmente MUITO acima do peso.  Ele  sofre de artrite – provavelmente de gota tambem…- e anda e senta  com dificuldade.  Enfim,  está um caco para a sua idade ( que nem é tanta assim,  pois imagino que ele esteja entre os 60 e 70 anos).   

 

Mas basta olhar para ele para imaginar o estilo de vida que leva. 

Professor R.  já  entra na sala de aula carregando sua garrafinha de Coca-Cola  ( não duvido nada que sofra também de osteoporose,  já que refrigerante é péssimo para os ossos...)  e seu abdômem tem a circunferência quase tão vasta quanto os anéis  de Saturno!

Tenho certeza que ,  como a maioria dos americanos,  deve viver dentro de um carro,  levar uma vida ultra sedentária e comer muito mais do que deve - principalmente carnes.  Afinal,  estamos no Texas. {#emotions_dlg.confused}

 

É mesmo  terrível como as pessoas aqui nos E.U.  se acabam  antes do tempo!

É verdade que em geral vivem bastante -  afinal isto aqui é o Primeiro Mundo e remédios e tecnologia é o que não falta …-  Mas como vivem mal!!  E é tanta gente ainda relativamente “jovem” -  nos seus quarenta e poucos anos …-   já sofrendo de MONTES de doenças!  Um horror.

 

 Eu,  quando morava no Rio,  não  me lembro  de ouvir dizer que alguem com menos de 50 ou 60 anos,   sofria de gota , diabetes, pressão alta  etc.     Ora, uma mulher carioca de mais de quarenta anos,  classe média ( nem precisa ser rica) e  morando na Zona Sul,  muitas vezes parece uma moça de pouco mais de trinta!

Já aqui,  muito antes de bater os quarenta , o povo  já está todo gordo,  flácido,  cheio de pneus, celulite, vivendo com  problemas de coluna,  com o joelho arrebentado, com a pressão alta demais, sofrendo de  diabetes tipo 2  e o escambau.

 Viva  “The American Way of Life” no Século XXI!

 

O fato é que 99% dos americanos  comem mal e em excesso, vivem  com a B*NDA sentada  no sofa da sala ou dentro do carro,  não andam,  não se exercitam, praticam pouco sexo,  se matam de trabalhar, raramente saem de férias e vivem grudados  na internet e em seus malditos i-phones. 

Outro dia eu vi um anúncio no cinema que me deixou deprimida.  O cara dizia para o público: " Quem é que tem tempo hoje em  dia de ler um livro?  Faça o seu download no seu i-phone e OUÇA os livros que quiser... " 

 Arre,  quanta pobreza intelectual!

 

É nessas horas que eu lembro dos Founding Fathers.  Daqueles filósofos deístas ( Ben Franklin,  Thomas Jefferson...),  que fundaram este país e que eram  tão cheio de idéias brilhantes , de sonhos , coragem e determinação.  Eles acreditavam na América!  Mas hoje, devem estar se revirando em seus túmulos...

 

Enfim,  penso que minha aula de Astronomia com Professor R.  deveria ter sido muito, muito boa uns dez anos atrás -  quando suas veias, seus ossos e  suas pernas  estavam em melhor estado.   Hoje em dia ele mal se aguenta em pé e até fala com certo esforço, como se seu coração suspirasse em cada final de frase.  Sua cabeça de astrônomo é tudo de bom que lhe resta.   Uma pena, pois afinal o cara é gente fina. 

 

É quase certo que  se Professor R.  ensinasse Astronomia no Rio,  com certeza gozaria de uma saúde muito melhor  e aparência física muito mais jovem.  Por outro lado,   se morasse na “Cidade Pavorosa”,   estaria muito mais sujeito a morrer durante um assalto ou levar uma bala perdida quando fosse dar suas aulas no Planetário ou  em alguma universidade local. {#emotions_dlg.sad}

 

Como vêem… Não há lugar perfeito.

Ok.  Talvez o Lago de Como , onde mora o George Clooney,  ou  a Monte Carlo da Princesa Caroline ainda  se salvem...

 

 

 

sinto-me: Deprimida com os E.U. em 2012
publicado por Pâmelli às 20:54
link do post | Comentários | ver comentários (5) | favorito
Terça-feira, 8 de Dezembro de 2009

Por que temos blogs?

 

 

Outro dia estava pensando nisso:

Por que as pessoas criam um blog?

 

Quando abri o  'Parada Essencial'  em abril de 2008,  minha idéia original era criar um blog ( em língua portuguesa...)  que abordasse principalmente  temas relacionados ao estilo de vida childfree.  É que já fazia algum tempo  que frequentava alguns de meus CF blogs  preferidos  ( http://www.childfreedom.blogspot.com/ ; http://thebritgirl.com/ ; http://www.happilychildfree.com/index.htm  etc..)  e duas coisas que logo percebi foram,

1) que  todos eram escritos por mulheres e

2) todos eram em língua inglesa. 

Então pensei:  Taí. Vou abrir o que será , possivelmente,  o primeiro childfree blog em língua portuguesa.  

 Mas logo me dei conta que , sempre tendo sido uma pessoa de gostos e interesses variados, além de ter algumas 'idéias e opiniões' que gostaria de partilhar com algumas pessoas,   o blog deveria , no final das contas , falar um pouco sobre TUDO  - incluindo , ocasionalmente,  algum assunto  de interesse para a  comunidade childfree.

 Por fim,  o blog adquiriu um certo aspecto de 'diário' e , mais recentemente,   tornou-se uma forma a mais para  divulgar meu  livro  'Copadrama' ,  que se encontra a venda pela internet através da  Amazon.com 

 

Ora, afinal nunca se sabe se um  dia desses o Bruno Barreto  ,   ao pesquisar alguma coisa  na internet sobre o Brasil ou Copacabana , não cai  AQUI por engano !!   

Então ele veria o anúncio do livro na minha home page,  resolveria  comprar,  acabava por ler a estória e resolvia fazer um novo  filme no estilo 'Bossa Nova' ... LOL

  (Modéstia à parte e sem querer entrar propriamente no lado  do 'valor literário da obra...' , - pois afinal trata-se apenas de um livro  de entretenimento - ,   algo me diz que o 'Copadrama'  daria uma EXCELENTE tragicomédia romântica !   Oh yes!

 

 

Às vezes tenho até uma 'fantasia' ( não do tipo erótica, mas  sim 'literária-comercial' ...:-))) com o Bruno Barreto .  Eis o enredo:

 

Certo dia, em um vôo doméstico aqui nos E.U., (  algo como NYC -Austin , via Amarillo...)  - não sei porque, mas imagino que ele esteja indo para Amarillo ...lol - de repente lá entra ele, o último a board the plane  e se senta no único lugar  ainda disponível :  a poltrona ao meu lado! 

O coitado parece cansado e entediado.  Está indo para  uma chatérrima mas  inescapável reunião familiar ( um jantar de Thanksgiving na casa de uma tia bem velha...  A festa de casamento de um sobrinho caipira...You get my drift ) em  algum buraco no interior do Texas - aliás, Amarillo!

Além disso, ultimamente ele tem  pensado seriamente em fazer um  outro filme no Brasil mas infelizmente anda sem muitas idéias. 

Então, logo  após a decolagem, lá vou eu e resolvo me apresentar.  What the hell.   Ele não vai poder  mesmo me atirar pela janela...

O Bailey's que pedi para a comissária de bordo ,  (pra me ajudar a esquecer o fato  de que o piloto talvez esteja bêbado ou alguma bagagem esteja prestes a explodir...) acaba  por me soltar a língua.  Resultado: 

Conto-lhe sobre o meu romance e pergunto-lhe se não se interessaria em ler a estória.  E completo: 

 

-Se achar que tem potencial para um filme, eis aqui o meu cartão para  um contato. Sabe,  eu até posso imaginar alguns atores de novelas para fazer os papéis principais...

 

E é claro,  algumas semanas depois eu recebo um e-mail de sua secretária sugerindo que eu vá até N.Y. para encontrá-lo  a fim de  trocarmos umas idéias sobre  'uma possível adaptação do 'Copadrama'  para o telão...'

 

 

 Mas voltando ao assunto dos blogs...

Por que eles existem?  Qual o seu propósito?

 

Vejamos...

Existem aquelas pessoas que abrem um blog para fazer amigos, assim meio como entrar para  o Facebook e outros sites de relacionamentos. Alguns, com suas estórias e idéias , chegam até a colecionar fãs  e tornam-se celebridades na blogosfera .  E assim como as celebridades no mundo real,  volta e meia se metem em  algumas 'roubadas românticas'  nada virtuais! lol

Depois têm aqueles que criam um blog tipo 'Diário do Baixo Astral'  para desabafar suas angústias, decepções amorosas e frustrações com a vida.  Estes tambem costumam atrair vários  'simpatizantes' , pois muita gente gosta de dar uma  de psicólogo amador  e tentar resgatar almas destruídas. 

De minha parte, confesso que não sinto  muita atração por tais escritos pré-suicidas. 

Nestes casos,  acho que o melhor é sair de casa e dar uma SUPER  malhada em  uma academia,  assistir à uma BOA comédia romântica ( de preferência uma do Bruno Barreto :-)) , reler os melhores momentos de   "Orgulho e Preconceito'  de Jane Austen  ou , em casos mais extremos,  pegar  o  livro 'Magnificent Mind at Any Age'  do Dr. Amen ou uma receita médica de Prozac! 

 E é claro,  em último caso,  sempre haverá  uma ponte , penhasco  ou arranha-céu por perto para a cura  instantânea do seu problema  existencial sem solução ... 

 Existem ainda os blogs que têm como objetivo a divulgação de algum hobby, uma paixão ou o próprio trabalho do blogueiro e, muitos destes,  dependendo do gosto pessoal de cada leitor, às vezes podem ser  bem interessantes e informativos. Trabalhos manuais, receitas culinárias, vinhos, youtubes musicais, dicas astrológicas...you name it!

 Por fim,  há os blogs-100%-diários.

Estes,  sinceramente,  a menos que se trate da vida extremamente interessante de alguem, ( ou de alguem extremamente interessante, mesmo com uma vida chata...)  9 times out of 10   costumam ser um excelente sonífero.

Oh, nada contra os diários virtuais. Se por exemplo o  George Clooney,  o Jô Soares ou o Obama tivesse um blog do gênero,  juro que seria a primeira coisa que eu  leria de manhã ao me conectar à internet.  Ora, bem que eu gostaria de saber o que se passa no interior de uma villa no  Lago de Como,  nos salões  da Casa Branca ou nos bastidores do Programa do Jô!

 

 Quanto ao  'Parada' ...

Considerando-se que foi destaque no Sapo apenas uma vez  ( e já faz muito tempo!!)  ,  está longe de ser politicamente correto ,  volta e meia aborda  algumas 'verdades inconvenientes'  ( além de ter uma  blogueira militantemente childfree !)..., 

com sua média de 70  visitantes diários até que vai MUITO bem,  thank you very much !

 

E você ?  Já  pensou em criar  o seu próprio blog??   

 

 

 

sinto-me: Proud of Parada's survival!
publicado por Pâmelli às 04:38
link do post | Comentários | favorito
Domingo, 8 de Novembro de 2009

Café Panera

 

 

É aqui que estou no momento  ! 

 

O Panera é um coffee shop   tipo 'Starbucks',  mas a meu ver, muito melhor!

É que além de ser uma backery ,  tambem serve pequenas refeições quentes e frias.

A música ambiente é sempre smooth jazz ou clássicos.

E pra completar, - ao contrário da sua rival mais famosa ...- tem  free WI-FI  ( internet  gratuita) ! 

 

Então da próxima vez que resolver ir à um café com seu laptop ,  sugiro que procure um Panera na sua cidade. ( De cara , já posso afirmar que existe nos estados americanos de Maryland e Texas - portanto deve ter nos outros tambem ...)

 

E agora ,  dá licença, mas  preciso entrar no site da CNN pra saber das últimas notícias...

(Será que  o Obama já mandou  fazer mais doses da vacina contra o H1N1 ??   O inverno está chegando e não vejo a hora de tomar logo a minha...Xô gripe suína!)

 

 Nota:   Para trabalhar ou ler sossegado ( sem milhares de pessoas em volta...) ,  é bom evitar o horário do almoço , entre 12:00 e 2:00...

 

Panera is really the BEST!

 

 

sinto-me: Cada vez mais fã do Panera...
publicado por Pâmelli às 16:00
link do post | Comentários | favorito
Quarta-feira, 28 de Outubro de 2009

Um novo vício...

 

Uma coisa cada vez mais rara de se ver hoje em dia e que costuma imediatamente me chamar a atenção ( com admiração!)  é quando vejo  alguem, em algum lugar público ( uma praça, um café , uma cabine de avião ou trem...) lendo...um LIVRO !!!

É isso mesmo.  Eis uma cena  cada vez mais rara.

 

Parece que em todo lugar onde me viro ,  ( especialmente nas salas de espera dos aeroportos , por onde tenho estado mais de uma vez nestes últimos tempos...) a cena que sempre vejo é esta:

Pessoas  com os olhos e dedos grudados em seus i-phones,  freneticamente enviando  mensagens de texto, lendo uma que lhes foi enviada ou , sei lá, navegando em algum site da internet...

Então quando , só pra variar, vejo alguem se entretendo com  um LIVRO  ( aquela coisa meio 'antiga' sabe ?   demodé, anacrônica ...)   imediatamente  ( vai entender!) me encho de orgulho pela própria pessoa , lol , fico contente por ela e penso:  

"  Meus parabéns amigo!   Você é uma avis rara.  Um  dinossauro  - e como eu GOSTO dos dinossauros! !  Good for you! "  

Sim,  pode parecer  algo meio condescending mas é isto que eu penso.   

Então fico curiosa de saber o que ele/ela está lendo e , quando dá,  discretamente  dou uma espiadinha no título. 

 

O fato é que nesta era super-ultra-hiper informatizada em que vivemos,  o hábito da leitura ( de livros!!) está cada vez mais raro. Já disseram que mais alguns anos e os livros de papel vão virar coisa de museu!  Que triste .

Ah,  já posso até me  ver (em um futuro próximo...) entrando em uma loja  a procura de um livro e  ouvindo a seguinte resposta do jovem vendedor :  ' Sorry, mas este aí nós só temos na versão e-book...'

 

Mas  sinceramente, não consigo me imaginar, sentada em um confortável sofá, com uma taça de licor ao lado da lareira e lendo um e-book!  Urgh......

O jeito então  vai ser passar a reler os livros que já tenho em minha pequena ( mas decente)  home library... Humph

                                                    ---

 

Esta semana, enquanto almoçava com meu marido  em um restaurante tailandês ,  de repente um rapaz  do lado de fora me chamou a atenção.  É que ( especialmente em se tratando da América ...) ele era duplamente 'estranho' :-))

Primeiro:  era magro.  Digo,  realmente magro... :-)  e isto,   em um país onde mais de 50% da população é OBESA  e o resto é no mínimo  'muito bem nutrido' ,  convenhamos,  é  uma raridade!  Depois,  o rapaz estava sentado do lado de fora do restaurante,  lendo UM LIVRO !! lol

 

Outro dia foi no avião - onde só o que se vê hoje em dia é gente pendurada  em seus i-phones,  trabalhando on board ou  assisistindo à um filme em seu laptop... 

Um rapaz ( nos seus trinta e muitos ou quarenta, pois em geral são assim, pessoas mais velhas...:-)) passou o vôo inteiro,  de Dallas à Austin , lendo um LIVRO!  E envolta dele,  só o que se via eram pessoas se entretendo com seus  electronic gadgets...

 

Ai,  e quanto a liberarem o uso de celular durante os vôos?    Parece que na Europa já fizeram isso.   Holy Sh*t ! 

Agora vou falar  igual à um primo meu do Rio - uma  das pessoas mais mal-humoradas,  politicamente incorretas e impacientes que eu conheço , ao ponto de chegar a ser cômico...:-))  ( Pelo visto o 'mal' corre no sangue da família...)

 

-Meu amigo,  tá vendo o tamanho desta praia?  Então , dá pra não colocar sua toalha grudada na minha?   Eu realmente não estou nem um pouco  interessado em ouvir a sua conversa.  Deu pra entender?  LOL

 

Sim,  talvez eu tambem seja um dinossauro  pois admito que  pessoas excessivamente  ( viciadamente?) 'informatizadas' , dependendo do lugar onde  me encontre,  tem o poder de me irritar ou entediar.  Eu devo estar ficando velha. 

 

  Neste domingo mesmo,  quando fui ao meu encontro de French Speakers,  quem era a pessoa mais desinteressante e quem a  mais interessante do grupo?   O primeiro era um canadense de Montréal,  que mal abriu a boca pois não tinha nada a dizer a ninguem.  Não surpreedentemente,  tratava-se de um 'informaticien' ...  Já o outro era um indiano, filho de diplomata e trabalha para uma ONG.  Seu hobby é  'ler literatura de outros paises...'

Quando soube que eu era brasileira,  logo pôs-se a falar de Machado de Assis e Jorge Amado , cujas  principais obras ele conhecia. 

 

Ok, eu confesso que tenho uma certa parcialidade por pessoas que lêem.

E uma implicância por aquelas que, em público ,  vivem penduradas em seus I-phones , I-pods ( or whatever the hell they carry...) . seja porque  estão passando/recebendo mensagens,  conversando fiado ao telefone, pesquisando algo na internet ou simplesmente ouvindo música.

 E por falar nisso... Esta semana saiu mais uma pesquisa médica relacionando o uso excessivo de celulares ao câncer.  Li na CNN.  (Quem sabe isto não vai espantar alguns deste chatos...? lol)

 

 Quanto aos livros...  Humph.

Estes serão certamente os dinossauros de amanhã.

 

 

 

 

sinto-me: Nadando contra um tsunami ...
publicado por Pâmelli às 17:37
link do post | Comentários | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 7 de Agosto de 2009

Nossos 'amigos' no Facebook...

 

Depois de vários convites  de amigos e conhecidos para me juntar à comunidade do Facebook... finalmente resolvi aceitar. 

 Afinal,  é possível  sim,  reencontrar várias pessoas com quem perdemos contato ao longo dos anos - amigos, conhecidos, ex-colegas de escola etc... ( Recentemente, por exemplo,  reencontrei duas amigas de quem não tinha notícias há cerca de vinte anos!! lol)

 

O Facebook não deixa de ser um 'espelho' daquela  pessoa que você conhece ou conheceu no passado - e a verdade é que a maioria das pessoas muda relativamente pouco ( pelo menos nos seus pontos essenciais..) ao longo dos anos.

 

O meu perfil - que nunca fiz o gênero  'imensamente popular e com TONELADAS de "amigos"  ...'  - conta com menos de 30 contatos  (um número bem pequeno quando se considera a média do pessoal na comunidade...)

 

Enfim,  outro dia,  depois de já ter lido as principais notícias dos jornais online,  checado meu correio eletrônico e dado uma peruada nos meus sites preferidos..., resolvi matar um pouco o tempo dando uma olhada ( espionando?? lol) o perfil de alguns dos meus 'amigos' no Facebook.

O resultado, embora não tenha me surpreendido,  não deixou de ser interessante.

 

A primeira coisa que notei foi o número de "amigos"  no perfil de cada um.

Naturalmente aqueles que  ( desde o tempo de escola) sempre fizeram o gênero  ''high profile and popular"  , tinham em média mais de 200 deles! 

Dois deles  - os mais 'estrelas'  da turma ; aqueles que sempre participavam das peças, shows, bandas da escola... Além de serem os tops da turma...-  tinham 299  e 421  "amigos" respectivamente.

( Imagino com quantas destas pessoas estes meus ex-colegas REALMENTE se comunicam,  trocam e-mails, notícias e marcam de se encontrar de vez em quando...)

Estas são as  pessoas  que costumam  escrever coisas deste tipo em seu 'mural' no  Facebook:

 

  "  Hoje , enquanto estava  mandando um text message no  celular para uma pessoa,  acabei perdendo o ônibus ! " 

 

Então um dos seus  299 ' amigos'  comenta: 

 

" Espero que  tenha sido uma mensagem importante  , ou então que você não precisasse realmente ir ao tal lugar..." 

 

Ao que o outro responde:

 

" Hahaha... Na verdade , as duas coisas! " 

 

   Sentiu o clima?

 

Depois  há os perfis dos hipocondríacos.  Aqueles que a cada dia deixam uma mensagem em seu próprio mural do gênero:

 

" Hoje amanheci com uma gripe horrorosa..."   ou   "  Estou com uma dôr nas costas me matando..."  ou   " Estou com dôr de garganta há dias..." 

Ao que , naturalmente,  vários dos seus 'amigos'  comentam com um desejo de melhoras ou algum conselho  médico, esotérico  etc...ou sugestão de massagem erótica  ( caso a pessoa tenha um parceiro/a ) 

 

 

Depois há os perfis dos tipo ' família' .

São aquelas pessoas que , depois que tiveram filhos, parecem que perderam  o interesse na própria vida,  assim como a  própria identidade e personalidade!   Tudo o que contam, mostram  e comentam em 'seu perfil' ,  gira em torno dos filhos,  suas atividades, férias etc...

Em suas páginas  , não se vê nada além das fotos dos pimpolhos -  mesmo quando se trata de algumas 'férias ou viagem em família' ...

Alguns chegam ao ponto de colocarem a foto de um dos filhos  no lugar de sua própria foto do perfil!! 

 

Ainda como parte deste grupo ,  há aqueles ( geralmente são AQUELAS...) que,  ao que parece,  na falta de uma vida mais rica , interessante e produtiva ( social, intelectual, profissional...),  estão sempre  assoberbados e mal têm tempo para escrever duas linhas em seu próprio perfil ou comentar algo no dos outros... 

 

" Preciso correr!  " 

" Ai, meu dia não dá pra nada! " 

" Tenho tanto o que fazer e tão pouco tempo..." 

 

É como se estivessem tentando convencer a si mesmas ( assim como o resto do mundo)  que sua vida é super intensa,  produtiva , cheia de propósito e ocupações importantíssimas.

Sim,  suponho que seja  melhor  viver CORRENDO  de um lado ao outro ,   do que  PARAR  para pensar e , quem sabe,  começar a analisar a própria vida...  -  ou, em alguns casos,  a FALTA  dela!!

 

Por fim há os eternos solteiros...

  Aqueles que  se declaram ' à procura de um relacionamento sério...' mas que nunca conseguem  ficar com a mesma pessoa mais do que 2 dois meses!

O  mural  destas pessoas está sempre cheio de notinhas de amigos/as e potenciais 'casos' , marcando encontros... combinando de se ligar... trocando  fotos de alguma festa, passeio, dia passado  na praia etc.

 

" Adorei ter falado contigo por telefone.  Vamos marcar de nos encontrar!"

" Você vai ao vernissage da mãe do Roberto no sábado ??"

" Vamos marcar um chopp na sexta..."

 

Estes, eu confesso,  pra mim são os mais divertidos.

( Pelo menos seus perfis não ficam parecendo uma árvore genealógica, nem um prontuário médico!)

 

In any case,  o  Facebook,  definitivamente,  é o ESPELHO das pessoas que  conhecemos.

 

 

 

 

 

 

 

 

sinto-me: Divertida com o FB...
publicado por Pâmelli às 22:47
link do post | Comentários | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 14 de Julho de 2009

Presos na Bastilha

 

No sábado fomos à uma reunião do grupo dos 'francophones'  ( as pessoas que falam francês) de Austin.  O pretexto era celebrarmos o  dia de hoje :  14 de julho ou o dia da Queda da Bastilha. 

Como o convite incluía , " filme,  banho de piscina, comidinhas e conversação em francês...'' achei ótimo e até convenci meu marido - apesar dele não falar francês- à ir tambem.   Afinal,  para um pool party  ninguem precisa ter grande fluência  em língua nenhuma! lol

 

O local do evento era em um condomínio de apartamentos lá no norte da cidade - aliás, um charmoso conjunto de prédios chamado 'Toscana' , imitando  a arquitetura  de uma villa italiana.  Como todos os condomínios de apartamentos aqui,  tinha salão de recepção, piscina, sala de ginástica , sala de T.V.  etc...  

Cada convidado deveria levar um prato de tira-gostos e uma bebida,  ( além de desembolsar $5.00 por pessoa para  poder participar) .  Então , antes de sair de casa,  desencavei uma garrafa de Chardonnay de nossa adeguinha,  preparei uns pães de queijo e decorei  uma bandeja com cenourinhas  cruas e cerejas  (  É óbvio que eu estava  pensando em algo para 'beliscar' na beira da piscina, pois afinal o dia estava lindo e...quentíssimo!   Isto é o Texas no verão...)

 

Quando chegamos estava todo o mundo já na sala de T.V.  , que era bastante espaçosa,  possuía uma  cozinha americana,  duas mesas redondas , várias cadeiras e um sofá confortável  em frente à uma T.V. bem grande e de tela plana. 

 Então perguntei à organizadora quando iríamos pra piscina , ao que ela me respondeu:

 

-La piscine... Ah, c'est APRÈS...(  Mais tarde)

 

Ligeira decepção,  pensei,  mas tudo bem.  Comemos algumas coisinhas, conversamos  um pouco e depois seguimos pra lá... - foi o que eu imaginei.

Mas que nada!  

Depois de ficarmos  cerca de meia hora ( fechados)  na sala  ( apesar do dia  lindo e quente lá fora e uma piscina nos dizendo  'Venha, venha, que estou te esperando!! ' ) ,  não é que  a 'coordenação' resolveu meter um vídeo no aparelho!!   *&%$#@*!

 

Mas antes devíamos cantar a 'Marsellaise'  ( O Hino da França)  -  o que pra mim, tudo bem, pois adoro a música  e até mesmo a sua letra meio 'bárbara'...lol 

Quem não sabia de cor  ganhou um papel com a cópia, que incluía  tambem a tradução para o inglês...

 

Cantamos .  Todo o mundo SUPER  desafinado , mas cheio  de emoção  e no verdadeiro espírito  de  ' Liberté,  Égalité, Fraternité... ( Sim,  a turma  dos 'francophones' não é apenas de pessoas que falam francês, mas principalmente  de pessoas que AMAM a França!  ) 

 

No meio do grupo, avistei  uma conhecida  do Uruguai e conheci seu  novo namorado - um chef francês. Conversei um pouco com um senhor americano, recém aposentado e que havia morado em Paris quando criança. Havia tambem um rapaz da República dos Camarões,  muito atlético e com cara de jogador de futebol, mas infelizmente  tivemos pouca chance de falar.    Enquanto isso meu marido se virava como podia , andando pela sala, ao mesmo tempo cumprimentando as pessoas e  se desculpando com um ' Sorry,  I don't speak French...'  

E a piscina?  - era só no que eu pensava.  Cadê? 

So much for the pool party...

 

 

O  filme ''Hors de Prix'  , de 2006,   que afinal resolveram assistir ... é supostamente uma comédia  no gênero de ' Dirty  Rotten Scoundrels' ( Os Safados) , mas  só que sem um milionésimo do talento e da graça do filme de 1988  com Michael Caine e Steve Martin .  (Cá entre nós... são poucas as comédias francesas REALMENTE boas! ).  Pior: eu e meu marido já tínhamos visto o filme no cinema no ano passado...

 Que belíssima furada. 

  Então nós saimos de casa,  pagamos $5.00 ( quase uma entrada de cinema),  trazemos vinho,  eu vou pra cozinha preparar pães de queijo ...e tudo isso  PARA FICARMOS DENTRO DE UMA SALA,  SENTADOS EM VOLTA DE UMA MEGA TELEVISÃO ASSISTINDO À UMA COMÉDIA SEM GRAÇA  ( com aquela chatinha da Audrey Tautou , a 'Amélie Poulain'...) , QUE  AINDA POR CIMA JÁ TÍNHAMOS ASSISTIDO NO ANO ANTERIOR ! 

E tudo isso com uma piscina e um dia de sol lindo lá fora...Ninguem merece!

 

Foi só o tempo do povo se acomodar e o filme começar que eu me virei para ele e disse:

-Vamo dá o fora !  Pomos o maiô e calção de banho, damos um mergulho na piscina e nos mandamos... 

 

O coitado estava mais do que pronto.  Logo ele que detesta televisão ,  mesmo  em casa e em noite chuvosa...lol  

 

Sinceramente,  não creio que isto seja a maneira de se organizar um 'evento'.

O que é isso de obrigarem  as pessoas a fazerem as coisas,  tim-tim por tim-tim,  de uma maneira pré-determinada e sem a menor flexibilidade??  Até parece  coisa de colégio interno -suísso.   Nunca francês!!

A meu ver, ao menos a 'coordenadora'  poderia ter  dito  às pessoas antes de colocar o filme no vídeo:  'Quem quiser ficar e assistir , fique à vontade. Quem preferir seguir para a piscina tambem...'

 

 

Enfim,  fugimos.

O rapaz dos 'Camarões'  veio logo atrás de nós e dizendo que ia 'correr' ( não sei se estava falando no sentido literal ou figurativo...) , seguiu direto para o estacionamento sem sequer passar pela piscina.   

Então  demos um mergulho rápido e depois voltamos pra  casa.

Como o dia estava quentíssimo e ainda era cedo , resolvi seguir pro Hills e nadar um pouco mais , só que desta vez com o meu 'noodle'  ! lol 

Ah sim,  aquilo é que  era a coisa certa!!

 Meu marido , por outro lado , preferiu ir até a casa de um vizinho nosso  tomar uma cerveja...

 

Sinceramente,  depois desta furada,  vai ser algum tempo agora até eu voltar a participar de algum 'evento'  organizado pelo 'Austin French Conversation Group'.

Humph.

 

 

 

sinto-me: Decepcionada com o AFCG
publicado por Pâmelli às 23:55
link do post | Comentários | favorito
Sexta-feira, 6 de Fevereiro de 2009

Mundo Surrealista

 

O plano hoje  era escrever um post somewhat cultural...

Ia falar um pouco sobre o pintor Lauria ,  mas não resisti e resolvi ' share the latest ' sobre a 'mulher po(l)vo' com a galera...

( O Lauria fica pra próxima...)

 

Então vamos as  últimas 'delícias'  divulgadas sobre a mulher  que acabou de dar a luz a óctuplos e que agora tem 'apenas'   14 filhos (  TODOS,  concebidos através da fertilização in vitro...):

 

- Nadya Suleman é DESEMPREGADA  há anos...

 

-O  esperma  que foi usado para a fertilização  in vitro de seus 14 filhos foi doado por 'um amigo'

( Por que será que nenhum homem se dignou a fazer a coisa com Ms. Suleman   'a maneira antiga..' ,  I ask??)

 

-Os óctuplos, que naturalmente nasceram prematuros, ficarão no hospital durante VÁRIAS semanas -  o que custará aos contribuintes americanos algo  na casa dos milhões de dólares '(É melhor cada um dos habitantes da Califórnia arrumarem logo um segundo emprego para conseguirem ajudar a custear a realização do sonho de Ms. Suleman de ser mãe pela décima quarta vez !) 

 

-Em um passado remoto,   quando ainda trabalhava,  Ms. Suleman foi  'técnica psiquiátrica'  em uma clínica de doentes mentais (  Why am I not surprised?!)  .  

Então,  em 1999 , durante uma revolta dos doentes na clínica ,  ela se machucou nas costas e desde então sofre de 'terríveis dores de cabeça e depressão' .

Com tudo isso,   entre 2002 e 2008 , Ms. Suleman já recebeu do governo americano mais de 165,000 dólares em ajuda e compensação por 'disability' . 

 ( E , como se sabe,  uma boa parte desse dinheiro foi usada por Ms. Suleman para  pagar pelo procedimento das duas  fertilizações  in vitro  as quais se submeteu - que não sai por menos de 25 mil dólares, cada !)

 

 And that's all folks!    ( Alguem ainda se lembra dos cartoons da Looney Tunes??  How appropriate!)

 

Sinceramente,  era o caso de  se mandar os médicos que implantaram os oito embriões em Ms. Suleman  para a  CADEIA ,  internar a própria em um ASILO DE LOUCOS  ,  e colocar cada uma das 14 crianças  em um programa sério de  adoção  ( hopefully ,  por famílias dignas e  que realmente tenham algum senso de  caridade e responsabilidade...

sinto-me: Em um mundo surreal
publicado por Pâmelli às 16:14
link do post | Comentários | favorito

.Mais sobre mim

. Meu Livro

COPADRAMA

- A Brazilian Tragicomedy

(um romance em inglês de I. Pamelli M.)

. Comprar na AMAZON.com

.Janeiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Dos estudos, da vida e da...

. Por que temos blogs?

. Café Panera

. Um novo vício...

. Nossos 'amigos' no Facebo...

. Presos na Bastilha

. Mundo Surrealista

.arquivos

. Janeiro 2018

. Novembro 2017

. Junho 2017

. Abril 2016

. Julho 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds