Quarta-feira, 12 de Janeiro de 2011

Impressões antropológicas

 Categoria de post:  diário

 

‘First Impressions’ ( Primeiras Impressões) : este era o título original que Jane Austen pensou em dar ao mais famoso ( e querido! ) de todos os seus seis  romances:  ‘Orgulho e Preconceito’.

 

Ao conhecer os jovens Mr. Darcy  e Mr. Wickam , as ‘primeiras impressões’ de sua heroína , Elizabeth Bennet, não poderiam ter sido mais imprecisas:   aquele que a primeira vista parecia ‘frio, arrogante e insensível’ ,  no final  torna-se o  ‘mocinho’ da estória  ( aliás, o perfect gentleman ! lol) . Já  o outro, que era todo sorrisos, bom humor e simpatia,  no fim das contas acaba  se mostrando um grandissíssimo salafrário!

Sim,  as  primeiras impressões  que temos dos outros  nem sempre são um retrato fiel da realidade...

 

A verdade é que  quando somos apresentados à alguem ,   a maioria das pessoas nos parecem ( ao menos a  primeira vista...) ‘normais’  e bastante  razoáveis –  e às vezes até muito  simpáticas!   Muitas,  inclusive,  nos parecem mais simpáticas,  agradáveis e ‘normais’ do que de fato o são  no seu  dia a dia.   Aliás,  são raras aquelas  pessoas que,  já no primeiro encontro,  se mostram  insuportáveis, visivelmente  neuróticas, hipocondríacas  ou com o rei na barriga.

 

Mas,  quantos  Mr. Darcys existem  REALMENTE  por aí a fora? 

 Pessoas que , a primeira vista,  nos parecem  ‘ frias e arrogantes’..., mas quando passamos a conhecê-las melhor, vemos que possuem ‘grandes , nobres e raras qualidades’?

 

  Infelizmente,  na vida real,  penso que os  Mr. Wickams se  proliferam muito mais. 

 Ou estarei eu sendo  excessivamente pessimista com a natureza humana?

 

---

 

O primeiro caso...

 

Lembram-se daquela  vietnamita que viveu em Paris tantos anos, casada com um americano  e  que adora promover os mais diversos 'eventos sociais’ aqui em Austin?   

Pois bem.  A primeira vista ela é super simpática, divertida ,  bem humorada e sociável.  No entanto, recentemente,  quando uma das pessoas que frequenta o nosso círculo social teve sérios problemas financeiros ( ficou sem trabalho e realmente SEM dinheiro! ) ,  quando lhe  sugeri que fizéssemos alguma coisa para ajudá-lo ( organizando uma festinha  onde cada convidado pagaria uma pequena ‘entrada’ e traria um prato ou bebida -  deixando tudo para ele no final...) , CADÊ?     Nossa  querida amiga pulou fora e me saiu com as desculpas mais esfarrapadas para não mover um dedo em benefício do pobre coitado   ( ‘Não gosto de pedir dinheiro às pessoas sem dar nada em troca...’  - What bullshit!   Pois se é EXATAMENTE isto o que ela faz :  sempre cobra uma taxa das pessoas que participam dos SEUS eventos!!) .

 Diante disso e  já que ela é tão popular , conhece uma tonelada de pessoas e tem uma lista de contatos mais longa  do que a costa do Brasil...,  eu  lhe sugeri  que mandasse um e-mail para todo o mundo informando-lhes  que nosso colega de eventos  era carpinteiro  e estava procurando trabalho.( Que mal poderia haver nisso??).

Sua resposta então  foi me dizer que já tinha lhe sugerido de ir ao Texas Workforce ( uma espécie de órgão que ajuda as pessoas a achar trabalho...) – local , aliás, onde ele já tinha estado e saído de mãos abanando!   

Ou seja:  nossa ‘nobre’ e divertida hostess , pelo visto é aquele tipo de pessoa ‘ótima’,  com quem você só conta para ir à festas, aulas de dança, praticar  francês e , principalmente,    boa  SOMENTE  em promover eventos que possam encher sua própria bolsinha!

 

Ok, não vou dizer que  ela seja 100% igual ao nosso querido e charmoso vilão ( Mr. Wickam),  de ‘Orgulho e Preconceito’.  Afinal  ela não fez nada de errado , nem prejudicou ninguem.  Mas foi  de uma mesquinharia e uma falta de compaixão exemplar – principalmente quando penso que o pobre rapaz era mais conhecido seu do que meu e um assíduo frequentador dos eventos promovidos por ela. 

 Eventos, aliás, que reunem todo o tipo de gente - desde carpinteiros  desempregados,  até escritores com livros premiados...  

 

--- 

 

 O segundo caso...

 

Todo  o mundo  sabe que os  franceses NÃO  são as pessoas mais simpáticas do mundo -  principalmente se forem de Paris. 

Isto é um fato incontestável.  

 Aqui no Texas, por exemplo,  eu até conheço alguns gauleses  simpáticos e divertidos – e naturalmente de OUTRAS regiões da França!! Lol    

 (É  bem verdade que todos já moram nos E.U. há anos ,  e portanto, como diria o velho Zola,   já devem  ter sofrido ‘l’influence du milieu’ ( a influência do meio) .  Ou seja:  ficaram mais descontraídos,  risonhos e bem humorados –  assim como os americanos! 

 

Anyway... Foi na festinha da vietnamita , no dia primeiro do ano,  que conheci este novo personagem que, apesar de ser mulher, francesa ( parisiense, é claro...)  e nos seus cinquenta e lá vai pedradas... , me fez lembrar imediatamente de Mr. Darcy.

 

Eis a razão:    

Esta madame , que  me  foi apresentada por minha amiga americana ( a mesma que passou o Réveillon conosco)  como ‘ sua professora de francês...’ , logo de cara mostrou-se de uma  antipatia a botar  toda a  pose do herói de ‘Orgulho e Preconceito’ no chinelo!   Só que ,  ao contrário  de Mr. Darcy,  ela NÃO é   ‘a mulher mais rica da região da Ile- de- France...’, nem tampouco  ‘alta e extremamente atraente’... lol 

 

Mas,   ironias de Jane à parte... Madame, ao ser apresentada às pessoas na festa, sequer conseguiu esboçar aquele sorrisinho ‘básico’ , que  até a pessoa mais fechada e reservada do mundo  consegue dar  quando é  apresentada à alguem.   

 Pequena, magra,  vestida decentemente ( mas não tão élegante  como se esperaria de uma parisienne...) e com a  borda dos lábios   já bastante enrugada  ( uma consequência inevitável quando se passa a vida inteira fazendo 'biquinho' ...) , ela  se apresentou como  professora universitária , que acabou de voltar à Austin ( onde morara  anos atrás) após uma estadia de  dois anos em Porto Rico.  

Em suma:   um  curriculum  respeitável e até  interessante. Mas nada que possa deixar alguem com o rei  Luís XIV na barriga’!!

  

Pra começar,  achei bastante ‘estranho’  a francesa  passar a noite inteira conversando EM INGLÊS com minha amiga americana  ( que mora parte do ano na França e , apesar de ser fluente em francês,  resolveu tomar aulas de 'pronúncia' com  madame...)

 Ora,  como professora de línguas ,eu não podia deixar de notar isso.  Por que ela não falou com  minha amiga em  francês?  Afinal,  seu inglês não era NADA  melhor do que o francês de sua aluna!! 

Minha conclusão ?

Só pude pensar em duas possíveis razões :    1)  a francesa só gasta o seu vocabulário voltairien  quando está sendo PAGA pra fazer isto ... ou 2)  aproveitou minha amiga americana para  praticar o SEU  inglês !

 Que cara de pau...

 

Mas o pior foi  o ‘ar de superioridade’ que emanou  da pequena figura  A NOITE INTEIRA.  Sem falar em sua expressão de quem comeu  de la merde o tempo todo – o que não poderia ser o caso já que o cozinheiro da festa era justamente um chef francês!  lol     

  

Então ficam as seguintes perguntas:   

A  literária/otimista: Seria  madame  uma versão feminina e  contemporânea de Mr. Darcy? lol  O tipo de pessoa que 'melhora' a medida que a conhecemos melhor?  ( Somehow I doubt it...) 

A psicológica/condescendente :   Será ela uma pessoa insegura  ( sabe-se lá por que razão...)  e  por isso  faz esse gênero de ‘Madre-toda-superiora’ ?

Enfim, estas e outras perguntas  me passaram pela cabeça,  já que  não é todo o dia aqui que conhecemos  alguem assim  tão antipática.  Afinal isto é o Texas! 

 

 

A surpresa final:

 

Imaginem a minha surpresa quando alguns dias depois,  minha amiga vem e me diz que sua professora de francês  estava oficialmente ‘solteira e a procura de um namorado’!

 

Ãh?? Sinceramente, espero não ter esbugalhado demais os  olhos ao ouvir isso...

But, don’t get me wrong.   Minha surpresa neste caso não se deve ao fato  da mulher já ter passado dos seus 50 ( já que  isso aqui nos E.U. – ao contrário do Brasil- não costuma ser um handicap ,  principalmente quando se é magro ! lol ),  mas sim  pela expressão e atitude ultra  ‘darciniana’ da figura , e  em uma festa  of all places!   

Ok,  em Paris  ela certamente não destoaria.(  Afinal o parisiense típico vive com a cara amarrada e uma expressão eterna de tédio com a vida  – aliás, algo que eu nunca entendi já que Paris é muito provavelmente a cidade menos tediosa do mundo! ) , mas  aqui nos E.U. ,   e principalmente em uma cidade descontraída e ‘boa praça’  como Austin...Oh-oh, ça ne va pas!

 

De qualquer forma   acho que terei outras oportunidades para melhor ‘analisar’ madame  e assim chegar a uma conclusão mais definitiva pois  ela certamente  participará de alguns eventos de nosso grupo – principalmene aqueles relacionados à cultura e língua francesa.  

 

Conclusão:   

 

 Talvez seja um exagero dizer que  a vietnamita seja uma espécie de Mr. Wickam  e a insuportável  francesa uma versão moderna do Mr. Darcy . ( O mais provável é que nem uma nem outra seja tão interessante quanto os personagens criados por Jane Austen! lol)    

  Mas , seja como fôr,  é certo que  a primeira   mostrou-se bastante insensível e egoísta recentemente ,   e a segunda ( pelo menos a primeira vista) ,  um  POÇO  sem fundo  de pura  antipatia.  

 

  

 

 

 

 

sinto-me: Urubuservando a vida...
publicado por Pâmelli às 16:26
link do post | Comentários | favorito
Segunda-feira, 29 de Junho de 2009

Simplesmente Chic...

Há dois concertos que assisti na vida e que nunca me esqueci.

Um  ( há mais de vinte anos!) foi o de Piazzolla e seu quinteto na Sala Cecílía Meirelles no Rio de Janeiro;  o outro foi  o de Tom Jobim e sua Banda Nova , no ano de '92  ,  no Mosteiro dos Jerónimos em Portugal.

 

Há duas semanas  tivemos em Austin um outro show  -  de menor proporção, ( já que neste caso não havia nenhum dos dois gênios tocando sua própria música com seus  respectivos grupos)  mas ainda assim,  foi algo belíssimo e muito inspirador.

Fomos assistir à um quinteto de músicos locais tocando Piazzolla!

 

 O complexo era em um lugar  bastante charmoso  -  parte ao ar livre,  parte em ambiente fechado. A construção  em pedra  lembra algo como aquelas ruínas das 'missões' lá no sul do Brasil ou, aqui mais perto,  o Alamo, na cidade de San Antonio.

 Só que ao contrário das 'Missões'  ou do Alamo , não se tratava de ruínas e sim de uma construção  recente e ainda totalmente de pé!  lol

 

Antes do concerto no teatro ,  houve uma demonstração de tango dançado no salão de recepção do complexo. Um único casal, dançando ao som de alguns 'clássicos' argentinos.

  Do lado de fora,  havia um 'silent auction'  ( uma rifa) com vários produtos interessantes - incluindo   C.D's de música argentina, cestas de vinhos / tira-gostos latino-americanos, objetos para decoração da casa  etc...  (Se tivesse uma viagem até Buenos Aires bem que eu teria me arriscado! )

Depois veio o concerto dentro de um belo teatro de pedras - as construções em pedra, no Texas,  são sempre mais bonitas que as em madeira ou tijolos...-  e por fim um coquetel  , novamente no salão de recepções.

 

 O tango é realmente uma música e forma de dança belíssima.  Algo que definitivamente tem 'classe' ! 

 Desde a indumentária dos dançarinos à sua postura  empertigada ..., Os passos elegantes(  meio afetados, é verdade ) , insinuantes... E quanto à música em si?  Simplesmente apaixonante!  A  sensualidade e o sangue latino em sua mais pura essência e esplendor .

Piazzolla e o seu Tango Nuevo :  é mesmo  de nos deixar com a pele arrepiada - de prazer.

 

 

Durante mais de um momento naquela noite eu invejei  o povo  argentino. 

Invejei a sua música,  a sua classe,  a sua sofisticação.

Sim , a Argentina pode não estar indo muito bem do ponto de vista econômico,  mas aquele país e aquele povo têm classe ! ( coisa , aliás,  a cada dia que passa , mais rara e fora de moda ...)

 O fato é que , enquanto assistia ao espetáculo ,  não pude deixar de comparar o tango   (tanto a música quanto a dança...)   ao samba ;  as tanguerias  argentinas,  às casas de 'show de mulatas' brasileiras .  Confesso que senti ,  ( para usar uma expressão inglesa...) ,  'meu coração afundar' !

 

 Por um lado  temos aquelas  dançarinas bem vestidas,  com o cabelo preso ,  uma flor do lado, os sapatos escarpins, a elegância da postura da bailarina  em meio aos seus passos sensuais ,  seu corpo esbelto mas  ao mesmo tempo trabalhado pela dança...

Do outro,  a mulata com o corpo  de violão, o fio dental enfiado no meio da  IMENSA  B. ,  requebrando as cadeiras  do alto de suas sandálias PLATAFORMA prateadas,  como uma besta enlouquecida !  

Oh , dear... 

 

De um lado a mais nobre  hamonia de sons  (  o violino, o bandoneon, o baixo, o piano...) ; do outro  a batucada  ensurdecedora de tambores, pandeiros  e cuicas... Fala sério!  A diferença entre uma forma de arte e a outra  é gritante ,  começando pelos próprios nomes dos instrumentos.  ( piano/cuica - bandoneon/tambor...)

Ah, eu sei,  muita gente vai dizer que prefere mil vezes ver uma mulata gostosa sambando ,do que uma bailarina argentina dançando tango . Mas tambem tem muita gente que prefere uma buchada ao invés de um prato de filé mignon ao molho poivre...Uma mochila de nylon  da C&A  à uma bolsa  de couro legítimo da Dooney& Bourke...Uma garrafa  de pinga à uma taça de Prosecco... Tem gosto pra tudo!

 Enfim,  o fato é que quando já começava  a me sentir deprimida em meio à um concerto tão belo,  de repente lembrei  da ' salvação' :

A BOSSA NOVA !  - Eis o nosso 'tango  !!

 

Ah sim,  as harmonias cheias de sensualidade e sofisticação da música de Jobim ...Os 'sambinhas'  divertidos e espirituosos de Vinícios...  O violão apaixonante  de Toquinho... O 'jazz'  tão 'carioca' de Marcos Valle !  Sim,  estamos salvos!

Pena que o Brasil seja conhecido mundo afora pelo Samba e não pela Bossa Nova.

Na verdade, tirando uma pequena 'elite ' estrangeira, de gosto musical mais sofisticado,   a maioria nem sabe direito do que se trata e muito menos que é algo brasileiro! 

Mas não deixa de ser um consolo...

 

 Certa vez , há muitos anos , me lembro de ter lido um artigo escrito por um jornalista francês dizendo que o Brasil  jamais seria um país chique e sofisticado'.  Colorido, exótico, sensual, alegre..., mas JAMAIS  'chic'!   Foi como  se me jogassem debaixo de uma ducha  fria - a true wake up call.  E o pior é que o homem tinha razão!

 

 Ainda assim,   quando ouço a música de Tom Jobim,  penso que nem tudo está  perdido...

 

 

E agora, um tira-gosto ?  

A ver e ouvir:

 

 

1) O tango e a  música apaixonante de Piazzolla... 

   

 

 2) O sax de Stan Getz  tocando Jobim... 'Samba de uma nota só'

 

 

 

 

sinto-me: Apaixonada pelo tango!
publicado por Pâmelli às 20:35
link do post | Comentários | favorito
Segunda-feira, 16 de Fevereiro de 2009

Aniversário

 

Ontem completei 43 anos!   Nada mal. :-)

 

Muita gente gosta de dizer que fica deprimida no seu aniversário.  Eu não .

 Aliás eu gosto muito  de fazer aniversário!   Sempre gostei.  Pra mim é natural pensar que hoje tenho 43...No ano passado tinha 42 ...E no ano que vem terei 44!

 

Gosto de receber os parabéns ( não por ter realizado nada de especial :-)) mas simplesmente pelo fato de ter NASCIDO  naquele dia.  lol   (  Eu não fiz nada -  e ainda assim as pessoas acham que neste  dia,  eu sou especial .

Elas te  ligam... Elas te mandam cartões.  Algumas te dão presentes!

 

Eu adoro ganhar  presentes  -  não importa que 

 sejam caros,  simples, úteis ou completamente inúteis...Gosto de tudo que me dão. 

Tambem gosto de dar presentes ( escolher, comprar...) para os outros.

Muita gente tambem costuma se torturar , pensando se o presente que compraram para alguem vai agradar. 

Eu não.

Simplesmente procuro algo que,  acredito , será do gosto da pessoa e faço-o com carinho e boa vontade. 

Se depois a pessoa não gostar ,  azar -  o SEU,  que não soube apreciar a minha gentileza!  Afinal,  um presente é algo que deveria sempre ser encarado como uma 'gentileza' -  jamais uma obrigação.

 

 

 

Meu marido não é do tipo que me dá presentes o ano todo.  Mas nas datas importantes e especiais ( aniversário, Valentine's, aniversário de casamento,  Natal...) , ele sempre capricha e como sabe muito bem do que eu gosto,  sempre acerta  na mosca!  lol

 

Para Valentine's ganhei uma garrafa de Chateauneuf-du-Pape ( meu vinho preferido),  um bloc de foie-gras,  rosas e um livro de contos de Jonathan Swift ( afinal ele acabou de chegar da Irlanda...:-)) .

Para o aniversário,  um belo anel de ouro ( 18k -  pois no Brasil algo de menos de 18k não é propriamente considerado uma 'jóia'...:-)) com uma pedra muito diferente chamada 'lemon quartz' , de um amarelo vivo e meio esverdeado.  Bem moderno e original.    Gostei demais!

 

Ontem, dia 15 ( o do aniversário)  ao invés de sairmos para jantar fora,  resolvemos ir comer um brunch em um restaurante bem tradicional aqui de Austin.

Chama-se ' Green Pastures'  e fica em uma antiga  casa  vitoriana  ( no estilo 'sulista americano'  ) de 1895.   Funciona como restaurante desde 1946.

A comida é o que se poderia chamar de 'southwestern'  , com uma forte influência francesa...:-) 

Belo lugar.  Muito calmo, romântico,  rodeado de jardins e....pavões!    

 

O Sunday Brunch  do G. P.  é famoso na cidade.  

Começa com um delicioso aperitivo ( uma espécie de 'batida'  de  sorvete de baunilha,  brandy, bourbon e rum ! :-))) ,  seguido de  um buffet completo com as mais variadas saladas, carnes, (  prime rib,  rosbife, rolinhos de codorna ao bacon etc...)   muffins com ovos ao molho  hollandaise,  cuscuz e muitas outras coisas.

E é claro que não podia faltar o pianista !  -  um must em todo brunch que se preze...:-)

 

Aliás,  o brunch ( este casamento do breakfast e lunch ..) é uma ótima pedida para um domingo - especialmente em se tratando de uma data especial. 

As pessoas acordam tarde e depois saem para tomar um ( Super Completo!) café da manhã   , que já serve como almoço (  e , dependendo do caso,  jantar tambem!).

 

 

Da próxima vez que você ou alguem próximo a você fizer aniversário,  considere um brunch ao invés de sair para almoçar ou jantar fora. 

O ideal é que seja num fim-de-semana e , se não estiver nos E.U.,  provavelmente terá de seguir para um hotel muito bom de sua cidade -  de preferência um em estilo bem 'americano'  tipo,  Sheraton, Ceasar Park ou Four Seasons.

O preço varia entre 30.00 e 40.00 dólares por pessoa -  ou seja,  o mesmo que se fosse  almoçar ou jantar em um bom restaurante.

No Rio um dos melhores  brunches que há é o do Copacabana Palace...

( E não,  este não é um dia para se fazer dieta ! :-)

 

 

Anyway,  fazer aniversário é sempre bom.

Fazer 43 anos é MUITO BOM! :-)

Penso que deva ser bom tambem fazer 50,  65,  78, 90!  lol

(Desde que você se sinta bem consigo mesma e não queira aparentar ser aquilo que não é , já foi ou gostaria de ser , tentando inutilmente voltar no tempo.)

 De fato,  seria muito triste se as pessoas voltassem a ficar jovens.  Muito triste mesmo .  Basta verem o filme do Brad Pitt  ' The Strange Case of Benjamin Button' .

Já imaginou voltar  novamente a ser  adolescente?  Criança ??

  Depois começar a  desaprender a ler,  a escrever,  a falar...a andar !  :-((

E por fim,  quando se tiver tornado um recém-nascido,  morrer.   

Não muito obrigada.  A natureza é sábia e as coisas são como deveriam ser.

O que me faz lembrar de um trecho de meu texto preferido ( DESIDERATA) :

"You are a child of the universe, no less than the trees and the stars you have a right to be here.  And whether or not it is clear to you,  no doubt  the universe is unfolding as it should..." 

 

 

 

 

Aos 43 anos  sinto-me muito bem -  apesar de nunca  ter feito nenhuma plástica, implante, botox etc...

Sinto-me  bem porque eu ACEITO e GOSTO da idade que tenho e não quero tentar  aparentar ter 23  anos ao invés de 43.

Tambem não tenho nada contra quem usa estes 'recursos'  da modernidade .  Por que não ??-   se a pessoa  acha que vai ficar mais atraente e feliz com uma ruguinha a menos ,  um nariz menor  ou peito mais levantado...

Só penso que estes 'recursos' devem ser usados assim como se usa um brinco bonito,  um vestido elegante,  um  bom perfume ...Não com o objetivo de  tentar  ANULAR  os anos vividos até então,   mas simplesmente para se  realçar  tudo aquilo  de bom,  de especial e único que se tem e que  faz parte de você  HOJE !  

 

 

Fazer aniversário é algo muito bom.

Celebrar os seus anos de VIDA (  e não a aproximação da morte,  como muitas pessoas costumam pensar...)  é muito bom!

É , antes  e acima de tudo , um PRIVILÉGIO.

 

 

 

 

sinto-me: Presenteada com a VIDA
publicado por Pâmelli às 17:56
link do post | Comentários | ver comentários (4) | favorito
Sexta-feira, 5 de Dezembro de 2008

A Beleza Universal - e os gatões brasileiros...

 

 

Faz duas semanas que estou dando aulas de português ( do Brasil,  naturalmente...) para um jovem advogado americano em um escritório  no centro da cidade.

O rapaz , suponho eu,  deve ser um advogado brilhante pois já  tem uma posição importante em uma SUPER  firma ( o prédio , todo de granito , é lindíssimo e o escritório simplesmente des-bun-dan-te ! lol),   fala espanhol fluentemente e um português excelente  -  após ter passado apenas algumas semanas no Brasil... 

Em classe, costumamos ler artigos da Veja -  especialmente as páginas sobre política financeira e negócios. 

É que no final deste mês ele irá à São Paulo conversar com alguns empresários paulistas e estava precisando se familiarizar mais com os termos de 'business' ...

 Mas não é dele que eu pretendo escrever hoje.  Meu tema é a 'beleza universal' ou , como diz o outro :  aquela que é indiscutível!  :-)

 

O que me fez pensar nisso foi o comentário de sua assistente, Sandy  (  aqui não se diz 'secretária' ...) - uma senhora muito agradável e elegante- enquanto fazia as cópias das páginas da revista que eu havia lhe pedido para a aula do aluno.

De repente,  ao virar uma página ela exclamou:

 

-Nossa,  mas que homem lindo! 

 

Eu , que estava ao lado, preparando um café para  mim na elaboradíssima e chiquérrima  :-)) máquina de expresso  da firma...  curiosa,  resolvi me aproximar e ver de quem se tratava. 

Alí,  encostado em um carro, de maneira bem descontraída e usando um simples par de jeans e tênis, sem nenhuma produção especial ,  estava o Reynaldo Gianecchini. 

 Aquilo foi o suficiente para me abrir um sorriso divertido nos lábios. 

 

-É -  respondi.  -  Ele é um ex-modelo e atual ator de novelas brasileiras.  É muito famoso no Brasil.  É o nosso 'Tom Cruise' ...

 

-Ah- continuou ela-  mas ele é muito mais bonito que o Tom Cruise!

 

Novo sorriso de minha parte.

 

De fato,  o Gianecchini é uma daquelas pessoas que  podemos afirmar  serem 'indiscutivelmente  bonitas'.  Não importa se você prefira os loiros.  Não importa se não gosta dele como pessoa.   Se acha que ele seja um mau ator ou um pilantra.  ( E a propósito:  eu NÃO prefiro os loiros,  gosto muito do Gianechinni , não acho que ele seja canastra nem muito menos pilantra...)

 O fato é que ninguem pode negar que o homem é realmente uma COISA!  lol

 

Aliás,  há cerca de um ano atrás eu o vi em uma peça no Rio  ( Sua Excelência o Candidato) a  uns 5 metros de distância.

Me lembro que ao deixar o teatro , experimentei um sentimento  meio doido e esquisito em relação ao ator . 

Eu REALMENTE estava com pena dele! :-))

É que eu não podia deixar de pensar em como deve ser 'duro' ser assim,  tão belo. :-)

Sinceramente ,  o homem é perfeito da cabeça aos pés -   o cabelo,  a pele, os dentes, os olhos, a voz,  o tórax,  a altura,  o porte... Coitado! 

Como deve ser difícil  ser assim tão bonito e desejado - por tantos, por tantas, todo dia , a toda hora, em qualquer lugar... Que tédio! :-))

Além disso,  não importa com quem ele esteja no momento -  com a Marília Gabriela,  com uma atriz, uma modelo ou uma simples garçonete...Sempre haverá uma tonelada de mulheres  invejosas e desejando ( macumbando!)  o fim de seus relacionamentos -  como se isto , de alguma forma , podesse torná-lo mais acessível à elas.  Dream on...

E depois , quando começar a envelhecer...O que para a maioria das pessoas já é um processo complicado :-),   para ele será ainda mais insuportável!  

Os comentários serão  inevitáveis e implacáveis: 

" Ah, como ele ERA lindo..."  " Como ficou um velho horrível!"  " Que decadência..."

Sim,  por mais absurdo que pareça,   ao sair daquele teatro no Rio aquela noite ,  eu estava realmente com PENA do Gianechini!  lol

 

Quanto à beleza dos homens em geral ...

Pessoalmente sempre achei os italianos os mais bonitos,  seguidos dos argentinos ( que , não por acaso,  são na sua maioria descendentes de italianos...:-))

A televisão brasileira é um exemplo disso:   Se existem muitas atrizes brasileiras belas - loiras, morenas, mulatas, negras, com ascendência índia etc...)  , o mesmo já não se pode dizer dos atores.  (  Aliás, aqueles que costumam fazer papel de galã frequentemente parecem saídos de um canteiro de obras e primos diretos do Lula !)

 

Mas e  quanto aos bonitões? 

Eu posso apostar que são todos descendentes de italianos!!! 

A ver alguns deles...

 

1) Rodrigo Santoro -  de pai italiano :-) 

 

2) Bruno Gagliasso -  (ainda muito jovem mas vai ficar mais bonito quando 'crescer'...:-)

- a família tem até um restaurante italiano no Rio...

 

3) Carmo della Vecchia -  Neto de italianos  -  Só o nome já diz tudo!

 

4) Fábio Assunção-  de ascendência italiana e alemã...

( atualmente com problemas de saúde  , mas esperemos que se recupere e volte a atuar...)

 

E é claro,  last but not least... o próprio Gianecchini! :-)

 

                                                          

 

 Paulistano e com este sobrenome,  alguem ainda tem alguma dúvida sobre sua ascendência ?

 

 

sinto-me: Divertida
publicado por Pâmelli às 19:07
link do post | Comentários | favorito
Domingo, 10 de Agosto de 2008

Yo non creo en las brujas...

 Pode até ser coincidência.

Mas,  pessoalmente,  acho que é coincidência  DEMAIS  pra ser coincidência !

 

O fato é que no dia  22 de julho escrevi um post sobre o meu chaveiro com o amuleto do olho turco , inclusive contando um pouco da  história do tal amuleto.  Como ele é popular na Turquia...As crenças de que serve para afastar olho gordo...Como ele reflete o 'mau olhado' de volta na pessoa invejosa e como,  quando isto acontece ,  ele se PARTE!

 

Pois é. 

Agora eis o que aconteceu ao meu chaveiro esta semana ...  ( dá pra ver como rachou??) -  depois de mais de um ano usando-o diariamente.  Ele simplesmente se partiu ! - assim, sem mais nem menos.  Sem ter caído no chão, batido em algum lugar...Nada.

 

Uhm....faz uns 3 dias que percebi. isso.   Então fiquei pensando...Aonde é que fui,  com quem é que estive esta semana onde poderia,  talvez, quem sabe,  ter sido 'vitima' de algum sentimento de inveja , ressentimento ou pura e simplesmente , um ataque  alheio de OLHO GORDO??

 

Isto pode não ser muito 'politicamente correto' .  Mas ser 'politicamente correta' nunca foi uma de minhas especialidades...

O fato é que há muitos anos atrás,   descobri  ( e me convenci após algumas experiências pessoais...)   que uma das coisas que as mulheres mais invejam e se ressentem nas outras mulheres ,  é a 'tendencia a não engordar...'  !  Pode parecer absurdo mas é a pura verdade.

A maioria vive brigando com a balança ,  seja  insatisfeita com o próprio peso e corpo ,   seja  'satisfeita' ,  mas  somente graças à um sacrifício e empenho DIÁRIO  em forma de dietas rigorosas, exercícios físicos...Às vezes até plásticas e outras intervenções cirúrgicas!

 

Comecei a perceber então,  que muitas mulheres ficavam incomodadas com a 'sorte' daquelas que aparentemente não viviam de dietas ( algumas inclusive comiam bem!),  não se matavam fazendo exercícios todos os dias e ainda assim,  eram magras , sem barriga ,  sem celulites  e outros problemas físicos tão frequentes em tantas mulheres...

 

Eu nunca tive tendência para  engordar. Tanto meu pai quanto minha mãe sempre foram magros . Em minha família não há ninguem obeso.  Por outro lado,  a vida toda sempre pratiquei algum tipo de  exercício físico   ( balé,  jazz, ginástica em academia...) e hoje em dia divido meu tempo  livre entre a academia , a bicicleta e a natação -  nada em excesso e mais como prazer ,  2 ou 3 vezes por semana no máximo. 

Além disso, apesar de ser uma grande gourmet -  adoro comidas finas e em especial massas...-  não tenho o hábito de  'beliscar'  durante o dia , nem de comer ou cozinhar coisas fritas.  Tambem não gosto de refrigerantes e NUNCA bebo cerveja, que simplesmente  detesto .  ( Vinho eu bebo,  pelo menos uma ou duas taças , 3 ou 4 vezes por semana , mas todo o mundo sabe que vinho não dá barriga ...)

O que quero dizer com isto é que ,  se a natureza foi generosa comigo ( já que nunca   desenvolvi a tendência a engordar...),  por outro lado,  meu estilo de vida tambem contribui bastante para o fato de ,  de fato,  eu não ser gorda!  Oras bolas -  não é nenhum

 'grande milagre' .

Mas este não é o caso de muitas mulheres -  ainda mais aqui na América.

 

Apesar disto,  muitas americanas,  mesmo gordas,  não  me parecem especialmente 'infelizes' com a sua condição.  Já  quanto às mulheres latinas...

 

O fato é que na segunda passada , quando estive na pool party de minha amiga uruguaia ( que aliás, é magra...) ,  estava rodeada de várias mulheres gordas, gordinhas ou gordonas!

Todas entre os seus trinta e poucos e quarenta e poucos anos.  TODAS latinas, incluindo uma brasileira.

Recebi  inclusive elogios de mais de uma  delas , por ser 'magra'  ( na verdade sou 'normal'  , já que sendo pequena ( 1.60m) ,  tenho apenas  8 quilos a menos que minha altura  (52kg) ...)

Me perguntaram o que eu fazia  para ter as pernas 'trabalhadas' e eu lhes disse que subia 60 andares duas vezes por semana :-))) ( 20 minutos no stair master cada vez...) , mas completei dizendo que nunca tivera a tendência a engordar...  ( Devia mais era  ter ficado calada!! ) Isto aliás,  todo o mundo deve ter percebido ao me ver  devorar as empanadas   ( que adoro!) feitas  pela dona da festa -  que , diga-se de passagem,  estavam de-li-ci-o-sas ! )

E é claro,  existe tambem o fato de meu corpo nunca  ter passado por nenhuma 'mutação indesejável'   devido à gravidez  :-)) -  mas isto não tem nada a ver com sorte , já que se trata de uma escolha  pessoal...

 

Agora,  será que tudo foi uma mera 'coincidência' ??

Dois dias depois , olho para o meu chaveiro e CRAAACCCK  -  o olho azul está partido de cabo a rabo!  ( Confesso que não notei nada no dia  da festa , nem no dia seguinte...)

 

Enfim,  caras amigas magras,  de corpo normal , sem barrigas e  livres de outros defeitos corporais muito visíveis à olho nu ...ABRAM O OLHO -  e comprem um amuleto turco o quanto antes !

Ao contrário do que se imagina,  não são somente as Gisele Bündchens ( aquelas top models,  de 1.80m , com  vinte e poucos anos, milionárias e famosas...)  da vida que sofrem com a inveja alheia.  Pode acontecer a qualquer uma de nós , por mais comum e insignificante que você seja!

Já com os homens acredito que a coisa não seja tão ruim.  Não consigo, por exemplo,  imaginar um homem 'urucubando' outro simplesmente porque este não desenvolveu,  ao longo dos anos , a mesma barriga de chope ou os 'pneus  laterais'  que ele ! Contudo,   alguns podem sempre ficar invejosos de seu sucesso profissional,   seu belo  relógio , carro ou mulher.  Portanto,  homens, por via das dúvidas,  é melhor  (just in case...)   comprar seu olhinho turco tambem! 

E não,  eu não estou ganhando nenhuma comissão para fazer propaganda do  amuleto...Nem conheço ninguem que tenha uma loja que venda este tipo de coisa.

 

Quanto à mim,  semana que vem , já estou indo para o shopping comprar um novo 'olho azul ' em forma de chaveiro.

Até lá,   vou usando  minhas pulseirinhas do Nazar Boncuk    como escudo!

 

 

 

sinto-me: Prevenida
publicado por Pâmelli às 18:09
link do post | Comentários | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 13 de Julho de 2008

DESIDERATA

 

 Em latim significa : 'aquilo que se deseja ou que é desejável...'

 

Descobri o texto , nos anos 90 ,  em um livro de inglês para alunos intermediários , que usava para dar aulas no Brasil.  Na época minha vida não podia estar mais errada:   casamento falido,  morada em uma cidade que abominava, solidão, preocupações financeiras e profissionais  com nosso negócio que não ia lá muito bem...

Foi amor a primeira vista.  Ensinei aos alunos,  que tambem gostaram.  Passei a carregar comigo o texto aonde quer que fosse...  Para mim  era uma espécie de amuleto ; a minha 'Bíblia' ;  a esperança viva e tangível de que algum dia minha vida iria mudar e que  um dia eu  finalmente me veria BEM  longe ...Longe daquele lugar e daquelas pessoas que me faziam tão infelizes. ( Ah,  a pior coisa na vida é se morar no lugar errado e rodeado das pessoas erradas!!)

 

Embaixo da página  do texto estava escrito:  " Texto  de autor desconhecido, encontrado na igreja de Old St.Paul's  , em Baltimore USA,   em 1692... - Acho esta parte especialmente interessante considerando que meu atual marido e sua família são originalmente da cidade de Baltimore ! :-))) 

Coincidência?  Destino?  Como lemos na própria DESIDERATA :  " Whether or not it is clear to you,  no doubt the universe  is unfolding as it should..."   ( Que esteja claro ou não para você,  sem dúvida  o universo está se desenrolando como deveria...) 

Uma parte de mim,  lá no fundo,  já devia saber que aquele texto,  aquela igreja e aquela cidade,  um dia estariam muito mais ligados à mim do que eu jamais poderia imaginar.

Não era uma coincidência  e sim o meu  destino!  :-) 

 

Afinal  a estória de DESIDERATA não passou de um grande engano. 

  O autor se chama Max Ehrmann e escreveu o texto  nos anos 1920.  O mal entendido ocorreu quando o pastor da igreja de Baltimore , nos anos 50 , resolveu fazer uma cópia do texto para entregar aos fiéis e  no topo da folha estava escrito o nome da igreja e sua data de fundação ( 1692) . Então passou-se a acreditar que esta era a data do escrito  e que este  era de autoria desconhecida. 

 

Em 2003,  o ano que cheguei aos E.U.A. ,  quando visitei meus sogros pela primeira vez na cidade de Baltimore , fiz questão de ir conhecer a tal igreja.  Foi uma espécie de peregrinação.

O pastor me disse que ainda hoje é muito comum muitos fãs de DESIDERATA , muitos deles turistas estrangeiros, irem à Old St.Paul's Church acreditando na velha lenda da origem misteriosa do texto.  O lugar acabou virando atração turística! lol

 

  ( A atual construção é de 1856)

 

E agora, o texto original e completo - para  aqueles que quiserem  se inspirar e acreditar que um dia  as coisas podem sempre mudar...para melhor. :-) 

 

" Go placidly amid the noise and haste,  and remember what peace there may be in silence.  As far as possible,  without surrender, be on good terms with all persons.  Speak your truth quietly and clearly, and listen to others,  even the dull and the ignorant;  they too have their story.

Avoid loud and aggressive persons;  they are vexatious to the spirit.  If you compare yourself with others, you may become vain or bitter, for always there will be greater and lesser persons than yourself.

Enjoy your achievements as well as your plans.  Keep interested in your own career,  however humble; it is a real possession in the changing fortunes of time. 

Exercise caution in your business affairs, for the world is full of trickery. But let this not blind you to what virtue there is; many persons strive for high ideals, and everywhere life is full of heroism.

Be yourself. Especially do not feign affection.  Neither be cynical about love, for in the face of all aridity and disenchantment,  it is as perenial as the grass.

Take kindly the counsel of the years ,  gracefully surrendering the things of youth.

Nurture strength of spirit to shield you in sudden misfortune.  But do not distress yourself with dark imaginings.  Many fears are born of fatigue and loneliness.

Beyond a wholesome discipline,  be gentle with yourself. You are a child of the universe no less than the trees and the stars;  you have a right to be here.

And whether or not it is clear to you, no doubt the universe is unfolding as it should. Therefore ,  be at peace with God, whatever you conceive HIM to be.

And whatever your labors and aspirations, in the noisy confusion of life, keep peace in your soul.  With all its sham, drudgery and broken dreams, it is still a beautiful world. Be cheeful. Strive to be happy. "

 

                             Max Ehrmann

 

 

 

sinto-me: Inspirada por Desiderata
publicado por Pâmelli às 16:43
link do post | Comentários | favorito

.Mais sobre mim

. Meu Livro

COPADRAMA

- A Brazilian Tragicomedy

(um romance em inglês de I. Pamelli M.)

. Comprar na AMAZON.com

.Julho 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

30
31


.posts recentes

. Impressões antropológicas

. Simplesmente Chic...

. Aniversário

. A Beleza Universal - e o...

. Yo non creo en las brujas...

. DESIDERATA

.arquivos

. Julho 2018

. Janeiro 2018

. Novembro 2017

. Junho 2017

. Abril 2016

. Julho 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.flag counter

free counters

.subscrever feeds