Quarta-feira, 12 de Agosto de 2009

O melhor emprego americano e o brasileiro...

 

 

Hoje meu marido teve uma audiência na corte.

Não , ele não está sendo processado por nada...Mas na América ir à corte é como se ir ao cabeleireiro no Brasil.  Coisa normal ,  semanal,  algo quase do dia a dia.

 

 Neste caso meu hubby está contestando o valor do imposto cobrado pela prefeitura sobre o metro quadrado de nossa casa  - que , segundo ele,  não é justo e está acima do que deveria ser.  Enfim,  no big deal, mas se conseguir provar seu ponto , passamos a pagar um pouco menos de imposto.  Se não,  tudo bem.

 

O fato é que , ao observá-lo  se aprontar hoje de manhã para comparecer à corte, de repente eu  me vi pensando:

'Taí.  Em um futuro próximo,  provavelmente não haverá mais emprego  algum pra ninguem neste país. É gente demais, saindo pelo ladrão. Máquinas  por todo lado ,  substituindo o trabalho humano.  Salários altos demais para as empresas  poderem ( ou quererem) empregar mais  gente... A  consequente fuga dos empregos para os países mais sub-desenvolvidos , onde os salários pagos são mais baixos...

MAS...há  sim , um emprego ( bem pago ainda por cima!!),  que provavelmente vai sobrar e talvez até crescer cada vez mais nos Estados Unidos:  o de advogado!!

É claro.  O negócio , para quem é jovem e está começando a vida por  aqui , é estudar para ser advogado!   Afinal  neste país sempre haverá milhares de pessoas processando todo o mundo pelas mais diversas razões  ( algumas delas absolutamente absurdas e ridículas...) :

 

" Ai , me queimei quando entornei o copo de café nas calças... Este estabelecimento deveria me indenizar!"

" Fiquei obesa e perdi meu marido por causa do Big Mac do Mac Donald's...  Mereço algum tipo de compensação!'

" Meu cliente desenvolveu um câncer de pulmão porque fumava 3 maços do  cigarro por dia.  A culpa é da Malboro! "

 

E por aí vai.

Esqueçam a engenharia,  a informática, as vendas... O negócio é seguir para a Law School,  pois sempre  haverá milhares  de 'court appearances'  acontecendo todos os dias,   em todos os cantos do país,  pelas mais diversas razões.  

Além dos casos mais óbvios de roubos, assassinatos, estupros, sequestros etc...,sempre haverá aquelas audiências de gente protestando  contra multas ( segundo eles, injustas...) que receberam no trânsito ; gente como o meu marido,  pleiteando uma 'revisão do seu caso de imposto residencial. ' It's just the American way...

Ser um advogado -  eis atualmente a única garantia de emprego  no futuro  na América.

 

 

E quanto ao  Brasil??

Qual é o melhor emprego?

Se me perguntarem eu diria , sem pestanejar :   É o de um SENADOR!!

 

Ora , ora... Vejamos:

Somados salários e vantagens,  o Brasil desembolsa cerca de R$ 120 mil ( reais) -  ou , mais ou menos $60 mil dólares...-  TODOS OS MESES,  com cada um de seus 81 senadores e gabinetes.   Ou seja:  por ano um senador custa por perto de R$ 1,5 milhão de reais aos brasileiros!

Humm... Nada mal , heim?

 

A atribuição de um senador ( segundo a Wikipédia...) varia de país para país,  sendo que no Brasil , ele tem a responsabilidade de zelar pelos dirieitos constitucionais do povo,  julgar o Presidente da República e analisar e votar projetos de lei...

 

 

Sendo assim,   vejamos alguns exemplos de senadores ( aliás, EX ou atuais PRESIDENTES do Senado....):

 

1)

Jader Barbalho -  Renunciou à presidência do Senado em 2001 para escapar da cassação.  É alvo de oitos processos no STF, a maioria por desvio de dinheiro público

(Revista Veja)

 

2)

Renan Calheiros (Wow,  isto é que é classe! ) 

 - Renunciou à presidência do Senado em 2007 para não ser cassado por corrupção ( Revista Veja)

 

 

3)

José Sarney - atual Presidente do Senado ,  envolvido em denúncias , entre elas: nepotismo e a manutenção de conta secreta no exterior .  Tambem  é alvo de quatro processos no Conselho de Ética do Senado  ( Revista Veja)

 

Bem,  a julgar pelas caras,  os gestos, os currículos ( fichas policiais?) ... não me parece que seja um trabalho que exija grandes atributos e talentos ,  seja  do ponto de vista acadêmico, mental, social, físico etc.   E o salário Ó... NADA  parecido com o do Professor Raimundo! 

Então,  vai me dizer...É ou não é um SUPER emprego, o de um Senador brasileiro ??

 

 

E agora , só para nos divertirmos um pouco (   já que é sempre melhor rir do que chorar...) , que tal uma pequena amostra da nobre e elevada  interação de alguns  destes senhores  em seu ambiente de trabalho na câmara alta do  Congresso Nacional?

 

( O vídeo é desta semana)

 

 

 

 

 

sinto-me: Eletrochocada...
publicado por Pâmelli às 18:56
link do post | Comentários | favorito
Terça-feira, 12 de Maio de 2009

Dúvidas do inglês

 

Recebi este e-mail  hoje cedo de uma amiga do Brasil.

Não sei quem é o autor mas ADOREI , lol,   e como ando meio ocupada  nestes últimos dias com minha hóspede ( minha mãe)  e o projeto do lançamento do livro ... Voilà :-)

 

Nota:  o texto NÃO é recomendado para petistas e aquela parcela da população brasileira ( cerca de 70 ou 80% ??)  que aprova do governo de Lula. 

You've been warned

 

 

"  Desde o primeiro momento, comentei com amigos que a expressão "that's the guy" estava longe de ser elogiosa. Sua melhor tradução para nós seria "este é o babaca". O Supremo Apedeuta e sua troupe petista adoraram, porque não entenderam. OBAMA TIRA SARRO DE LULA E OS PETISTAS VIBRAM. A ficha só me caiu depois, até porque o fato foi inusitado e inesperado.  O Gordon Brown esteve com Lula poucos dias antes da reunião do G-20 e do Brasil foi direto para os Estados Unidos onde comentou com Barak Obama sobre o que ouviu a respeito dos responsáveis pela crise, ou seja, os brancos de olhos azuis. Brown ficou assustado com o que Lula pudesse dizer durante a reunião, um possível discurso terceiro-mundista culpando os galegos dos olhos azuis por todas as desgraças do mundo. Barak Obama, que não é galego dos olhos azuis mas é o maestro da banda, tomou a si a tarefa de calar a boca do falastrão/fanfarrão. Mas como fazê-lo? Como calar um indivíduo super-vaidoso que se julga hoje o maior líder do planeta? Como calar a boca de um mentiroso compulsivo que chega ao ponto de se jactar das próprias mentiras porque acredita nelas como verdades? Isto é tarefa para prestidigitador, e Barak Obama parece ser um. A solução era apelar para a vaidade do beócio fazendo com que ela trabalhasse contra ele. Não deu outra e Barak Obama pouco está ligando para o fato de ter quebrado o protocolo. Em momentos como este é preciso saber quebrar o protocolo. Você viu que até a rainha Elizabeth II quebrou o protocolo ao receber Michelle Obama em seu palácio ao passar-lhe o braço pela  cintura sendo retribuída com o mesmo gesto. Achei linda a foto e me fez lembrar uma outra dela bem jovem ainda visitando os escombros de Londres junto com o seu pai na época da guerra.

"That's the guy" (este é o cara) foi a frase inicial de Obama. Observe na sutileza desta frase. Se ele tivesse dito 'This is the man' (este é o homem) o sentido seria completamente diferente. Nos Estados Unidos esta palavra 'guy' (no sentido de cara porque tem outros significados de acordo com o sentido da frase) é usada frequentemente pela malandragem e tem um sentido pejorativo. Quando alguém diz "aquele é o cara", o interlocutor sabe que ele pode estar querendo dizer "aquele é o filho da puta". Este é o linguajar do Harlem nova yorquino e 'guy' pode significar várias coisas, inclusive filho da puta mesmo! De modo que agora eu acho que tudo foi ensaiado direitinho e combinado de antemão. Observe também que logo em seguida ao "elogio" de Obama, o primeiro ministro da Austrália (eita cabra bom?!) completou: "E tem o mais longo mandato". Observe na foto que registrou o momento que ao lado estava o Gordon Brown (Inglaterra) e atrás dele o primeiro ministro do Canadá, formando o quarteto que eu chamo os quatro mosqueteiros (Estados Unidos, Inglaterra, Canadá e Austrália) O ego de Lula inflou tanto que ele não deu um pio durante a reunião e quem deu as cartas foi Barak Obama. Nem o presidente da França que ameaçou até abandonar a reunião se suas idéias não fossem aceitas,cantou de galo e preferiu continuar até o final com a viola metida no saco.

Depois da reunião, para não decepcionar os adoradores de palhaços,Lula deu uma coletiva se jactando de ser "o primeiro presidente do Brasil a emprestar dinheiro ao FMI".  Neste momento foi apelidado por uma jornalista de o poodle de Obama. Tai, esse apelido vai pegar: O Poodle de Barak Obama! Eu até abro mão do apelido que lhe dei (Exu de Nove Dedos) em favor deste.

Bem, o resto a gente viu com as recepções apoteóticas com que Barak Obama foi recebido na França e na Alemanha. Parecia até que era Ike Eisenhower a salvar novamente o velho continente. E quanto a Lula da Silva? Ora, ora, o mundo inteiro já sabe quem é este pulha. Deixa ele se jactar junto às suas galinhas no seu próprio terreiro.   Uma coisa nós sabemos: o velho cowboy está ferido mas longe da morte. "
 
 

sinto-me: Divertida
publicado por Pâmelli às 17:05
link do post | Comentários | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 2 de Dezembro de 2008

Leitura de carro rumo ao Big Bend - Coincidência ou não?

 

 

De repente , no carro,  a caminho do Big Bend , eu me vi relendo um artigo do Diogo Mainardi em seu último livro ' Lula é minha anta' ...:-))

(Eu simplesmente ADORO o Mainardi e nunca deixo de ler sua coluna na "Veja" semanalmente,  assim como vê-lo comentar os mais variados fatos e acontecimentos no Brasil e no mundo,  no programa do "Manhattan Connection"  aos domingos.)

É que já sabendo de antemão que teríamos pelo menos umas oito horas de estrada pela frente,  aproveitei para atualizar minha leitura das duas últimas edições de minha revista preferida,  além de dar uma olhada nos artigos do  livro do Mainardi.

( "Lula é minha anta"  é , na verdade,  uma coletânea dos artigos que ele escreveu em sua coluna entre  2005 -2007.)

 

Ah......Pobre Diogo!  

Durante tanto tempo se empenhou tão arduamente  em 'derrubar o Lula' ,  ( como ele mesmo costumava  dizer...)  e no final...NADA!

Não houve escândalo de corrupção ou ordinarice em  seu governo que fizesse com que os brasileiros se envergonhassem o suficiente e ,  não contentes em terem votado no pilantra  uma vez,  o reelegeram em 2006 ! 

E o Diogo sonhando com um impeachment , coitado....

 

Mas isso são águas passadas e deixando a digressão de lado... O fato é que enquanto relia o seu texto  "Minha vida de Coiote" , datado de junho de 2006 , ( o autor  já sabendo da vitória  inevitável de Lula para o segundo mandato e portanto já 'resignado' ...) ,  de repente me dei conta  que aquilo tinha TUDO  a ver comigo  indo para o  Parque Nacional do Big Ben :-) 

 

Aliás, agora entendo porque quando criança eu sempre torci para o pobre do Coiote e sempre achei o Papa-Léguas , com o seu irritante bip-bip,   um grandessíssimo  sacana .   ( Eu devia estar tendo  uma espécie de déjà-vu ao inverso ... )  

 

Então , diante desta coincidência ( eu lendo o texto do Mainardi sobre o Coiote e o Papa-Léguas justo quando estávamos indo para o Big Ben - o habitat natural  dos dois personagens criados por Chuck Jones...:-))) ,    aqui vai a íntegra do texto que,   diga-se de passagem,  é genial. :-)

(   Nota:  A leitura NÃO é  recomendada  para  quem é petista e muito menos  lulista! 

Quem avisa amigo é...)

 

                   Minha Vida de Coiote-  por Diogo Mainardi (  junho de 2006)

 

" Lula é o Papa-Léguas.  Eu sou o Coiote.  Por quatro anos, imitei o desenho animado.  Recorri a todas as artimanhas para capturar a presa:  catapultas, foguetes,  patins a jato,  elásticos gigantes,  tintas invisíveis, rochas desidratadas,  comprimidos de terremoto.  Nada deu certo.  Lula sempre conseguiu escapar.  E depois de escapar, como o Papa-Léguas,  grasnou aquele estridente bip-bip em minha orelha,  assustando-me e fazendo-me cair num abismo,  em geral com uma pedra de dez toneladas na cabeça.

O maior achado do desenho animado de Chuck Jones é sua absoluta essencialidade.  Os dois protagonistas,  mudos,  confrontam-se num panorama deserto,  onde só há pedras e cactos, cujos espinhos terminam invariavelmente fincados na pele do Coiote.  O Papa-Léguas é uma besta primária, um oportunista microcéfalo perfeitamente adaptado ao seu meio, que sabe apenas fugir e se esquivar das ciladas preparadas pelo Coiote.  O Coiote, por sua vez, é a caricatura do humanista otário que acredita no triunfo da racionalidade, do conhecimento, do engenho humano, da lei, do progresso social, da tecnologia.  E é repetidadmente punido por causa disso.  Se o Coiote é Lamarck, o Papa-Léguas é Darwin.  Se o Coiote é o humanista Settembrini,  o Papa-Léguas é o jesuita Naphta.  Se o Coiote é Bouvard e Pécuchet,  o Papa-Léguas é a tempestade que devasta sua lavoura.

   A comicidade do Coiote e do Papa-Léguas não está na variedade de piadas.  Pelo contrário: está no repisamento infinito da mesma piada.  O Coiote prepara uma armadilha.  O Papa-Léguas passa incólume por ela.  O Coiote se revolta e cai na própria armadilha. Quando se recupera de seu efeitos calamitosos, prepara outra armadilha, num ciclo interminável.  Chuck Jones definiu o Coiote como um fanático,  citando o filósofo George Santayana,  para quem 'um fanático é aquele que redobra seu empenho quando já esqueceu seu objetivo.'   Foi a fórmula que,  semana após semana, tentei plagiar aqui na coluna.  Com Lula no papel do Papa-Léguas e eu,  no do Coiote.

   Chuck Jones dirigiu episódios do desenho animado de 1949 a 1965.  Eu resisti bem menos.  Depois de quatro anos, com dezenas de artigos sobre o Papa-Léguas lulista, o esquema se desgastou.  No ano que vem ,  mudo definitivamente de assunto.  Até lá, espero concluir algumas das histórias a que me dediquei no último período:  do meu processo contra Lula,  que já está no STF,  à denúncia de que ele possui uma conta num paraíso fiscal.  Da ação popular que pretendo mover contra a empresa de seu filho,  que arrendou ilegalmente um canal de TV,  à revelação de novos casos de financiamento ilícito do PT.

O resultado de meu esforço será o mesmo de sempre.  O Papa-Léguas passará por mim a toda velocidade , buzinando seu bip-bip. Eu, estupidamente, tentarei descobrir o que deu errado em meus planos e,  de uma hora para outra,  me verei caindo num abismo.  Mas não ria.  Porque você cairá junto comigo.  "

 

Pois é meu caro Diogo. 

O melhor a fazer nas atuais circunstâncias  (e já que tentar aniquilar o Papa-Léguas é perda de tempo...) é mudar de nacionalidade e pegar outro passaporte!  

Ah,  mas eu suponho que você já tenha feito isso a tempos.   Afinal sua mulher é italiana e o Berlusconi até que não é tão mal...lol

Quanto a mim,  graças aos céus hoje posso dizer que o meu Presidente se chama OBAMA! 

 

E agora , que tal um pouquinho de entretenimento -  com o Papa-Léguas e o Coiote originais? 

 

 

 

 

 

sinto-me: Resignadamente divertida...
publicado por Pâmelli às 16:16
link do post | Comentários | favorito
Terça-feira, 4 de Novembro de 2008

É amanhã!

 

Coitado do Obama.  Bem que sua avó podia ter vivido mais uns dois dias e ter visto o neto virar Presidente ...Que pena!   Parece até uma cena Shakespeareana  ! :-(

 

Para dar sorte,  um video do imbatível Sinatra cantando 'My KInd of Town' -  Chicago .

(Afinal o Obama é senador  do Illinois e Chicago é a grande cidade  daquele estado !)  

 

Nunca estive no Illinois e nem em Chicago , mas vendo Sinatra cantando isto até me dá vontade de ir lá. 

Em dezembro vai haver um seminário sobre Jane Austen por lá.  :-)   Quem sabe não vai ser essa a minha desculpa ?  :-))

Uma viagem de trem,  levando uns três dias ,   viajando através do midwest até chegar naquele norte gelado. É assim que eu gostaria de ir!  lol

 

 

A nova esperança para os E.U.  se chama OBAMA ,  tem a cor de chocolate e a massa cinzenta formada em Harvard.

Ah,  como vai ser bom  de agora em diante poder ouvir  no rádio e na televisão declarações sensatas e em um inglês impecável  !   

Ufa!  Foram  8  longos anos de sandices, idiotices e sotaque texano  caipira...  (   E não.  Apesar de morarmos no Texas,  aqui em casa ninguem fala inglês caipira...Sorry. ) 

 

Mas ainda é cedo pra  comemorar.  

Enquanto o grande momento não chega,  que o velho Sinatra nos inspire e encante...

 

 

 

 

sinto-me: Cheia de expectativa
publicado por Pâmelli às 06:01
link do post | Comentários | favorito
Segunda-feira, 3 de Novembro de 2008

Obamaland

 

Austin é como uma ilha deserta no meio do oceano.

É uma cidade completamente ' à parte'  no ENORME ( maior que a França!)  e republicanésimo estado do Texas.

Austin , com certeza,  vai eleger Obama como o próximo Presidente dos E.U.A. e , com sorte, na terça-feira que vém,  o resto do país fará o mesmo.

Aqui em casa estamos torcendo - aliás,  como o resto do mundo!

 

Hoje, domingo,  saímos em nosso passeio habitual de bicicleta pela cidade.

Por todo lado só se via casas com placas de 'OBAMA-BIDEN' -  inclusive no nosso bairro.

Tambem topei com um  carro com um bumper sticker dizendo   " I miss Bill  "   ( Sinto saudades do Bill Clinton...) 

.

Eu?  Sinto tanta saudade que queria que a Hillary tivesse virado Presidente só para o Bill voltar a pisar na Casa Branca !  

 Nem que fosse de "Primeiro Cavalheiro" ...lol

 

Enfim,  neste fim-de-semana ,  talvez pela proximidade das eleições,  resolvemos  fazer dois programas bem,  'cívicos' :  Na sexta-feira  fomos ao cinema assistir ao documentário  ' I O USA'  ,  que fala sobre a inacreditável dívida interna americana de 8.7 trilhões de dólares! 

 A coisa é realmente  muito mais séria do que se imagina e acho mesmo que o documentário  deveria ser mostrado em todas as escolas e companhias das cidades americanas!  O filme é, aliás,  excelente e eu não ficaria nada surpresa se levar o Oscar de melhor documentário do ano.

 

Uma coisa que me chamou atenção foi o fato do cinema não ter mais do que meia dúzia de gatos pingados. (  Afinal quem é que quer saber sobre a 'dívida interna' ??   Eis outra 'Verdade Inconveniente' !)

 Então não pude deixar de pensar que a meia dúzia de pessoas que estavam lá eram muito provavelmente aquelas  que MENOS precisavam assistir ao filme e que,  como nós,  estão com as próprias contas e casa paga ,  não gastam o que não têm e não devem dinheiro aos bancos! 

Os outros, ( aqueles que deveriam estar lá assistindo...)  estavam lá fora,  muito provavelmente comprando à crédito  o último tipo de I-pod,  computador ou smart phone que chegou no mercado...

Aliás,   me lembro que quando fomos assistir ao documentário "Super Size Me" , um ou dois anos atrás...- aquele do cara que se entupiu comendo junk food no Mac Donald's e depois ficou obeso e doente , somente para provar o quanto a tal comida faz mal à saúde ! -- foi a mesma coisa:  não havia  uma única alma obesa ou de aparência insaudável  no  cinema!  ( Justo quem mais precisava ver o filme pra se tocar com o que está fazendo com o próprio corpo...)

 

Mas voltando à nossa programação 'cívica'  de fim-de-semana...:-)

No sábado à noite fomos assistir mais uma vez (  pelo menos umas duas vezes por ano fazemos isso) ao show local dos comediantes do 'Esther's Folies' .

A casa é a cara de Austin :  simples,  meio bagunçada,  cheia de comediantes divertidos que dançam, cantam e gozam de tudo e todos um pouco mas , em especial ,  de Bush e sua corja de delinquentes ! Um mágico  carismático e talentoso tambem faz parte do espetáculo.

Ah,  mas o melhor foi  mesmo  o novo quadro com a 'Sarah Palin'  !  A 'sexy' governadora do Alasca e candidata à Vice-Presidência pelos republicanos , com o sotaque carregado da 'terra dos esquimós' e dizendo as maiores barbaridades e idiotices , foi de tirar o chapéu!   LOL   ( Havia , contudo , um careta  sentado em frente à mim  que se manteve sério e carrancudo a maior parte do show.  Devia ser algum republicando de Dallas ou Houston de passagem pela cidade e que acabou indo parar no teatro do 'Esther's Folies' por engano,  quem sabe,  pensando se tratar de uma espécie de Folies Bergères ou Moulin Rouge local...:-)))

 

 

 Enfim,  hoje , no final de nosso passeio de bicicleta seguimos até um café mexicano  onde costumamos fazer um pit stop  após o exercício para repor as energias e aproveitar o happy hour :  Frozen sangrias, empanadas , pico de galo e , é claro,    o senador de Illinois  na cabeça.

  

 CHEERS!! 

 

 

 

 

 

 

 

    

 

 

 

 

 

sinto-me: De olho e esperançosa...
publicado por Pâmelli às 04:32
link do post | Comentários | favorito

.Mais sobre mim

. Meu Livro

COPADRAMA

- A Brazilian Tragicomedy

(um romance em inglês de I. Pamelli M.)

. Comprar na AMAZON.com

.Julho 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. O melhor emprego american...

. Dúvidas do inglês

. Leitura de carro rumo ao ...

. É amanhã!

. Obamaland

.arquivos

. Julho 2019

. Julho 2018

. Janeiro 2018

. Novembro 2017

. Junho 2017

. Abril 2016

. Julho 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.flag counter

free counters

.subscrever feeds