Segunda-feira, 17 de Maio de 2010

Pausa das aulas

 

Categoria de post:  diário e memory lane

 

 

Well, well , well…Semana de descanso do Community College  e entre uma e outra  atividade de 1)  'Dona de casa – Urgh!-   de Primeiro Mundo’  ( o que inclui : passar DUAS TONELADAS  de  roupa atrasada, o aspirador na casa,  varrer a varanda etc ) , já que  minha empregada ,naturalmente, ficou no Brasil ...

 

2) Um pouco de atividade ‘intelectual’ , para não embrutecer completamente os neurônios...(  o que inclui:   abrir minhas revistas  VEJA  atrasadas e adiantar minha leitura do clássico de Melville  – Moby Dick- )

 

  e 3) Alguma atividade  física para evitar que 'as carnes desabem de vez' ... lol  (  Yehei,  Agora que o verão chegou, voltei a nadar no Hills...)

 

Enfim, no intervalo  desses passatempos, atividades e  obrigações mundanas...,  sempre sobra  um tempinho  para  surfar  na Net e desencavar um velho e bom hit dos anos 70 !!

 

 

Alguem ainda se lembra de Lou Rawls ?  

 (Ah, mas pra isso você teria que ter  no mínimo uns 40 anos!)

 

Anyway... Jazz, soul , disco...e uma certa 'classe'.   Este  era o estilo dele.

 

  A seguir:   "Lady Love"  e  "I'll see you when I get there" , de cerca de '78 e sim,  uma relíquia dos século passado!!

 ENJOY!

 

 

 

 

 

sinto-me: Dando uma volta pelo passado..
publicado por Pâmelli às 17:33
link do post | Comentários | favorito
Segunda-feira, 19 de Abril de 2010

Essa é pra galera mais velha!

Categoria de post:  Memory Lane

 

 Já faz  algum tempo que descobri uma rádio ótima aqui em Austin chamada 'Magic 95.5' que toca ( principalmente nas sextas e finais-de-semana...) 'clássicos dos anos 70 e 80'!

É claro que todo  o mundo costuma achar a música de sua época 'a melhor'.  Portanto a minha preferida só podia ser a  dos anos 70 e 80 . :-)

Mas cá entre nós...Tem música mais animada, mais pra cima e alto-astral do que esta?? Tem música melhor pra se malhar??

 

Ah , os anos 70, 80, foram uma boa época :-)   A Guerra Fria já tinha 'esfriado' bastante... A Aids só surgiu à partir dos anos 80 ( pelo menos como doença reconhecida) e o Rio ainda não tinha virado a Colômbia!  ( Aliás, hoje em dia,  dizem que a coisa por lá , ao contrário da Cidade Calamitosa,  até que  melhorou bastante. ( Graças à ajuda americana na guerra contra as drogas!   Aquela mesma que o Brasil se recusa a aceitar ...Humph. )

 

Anyway,  hoje eu dedico este post à uma época, a meu ver,  mais feliz e romântica do que a que vivemos atualmente.  Quem quiser me chamar de saudosista,  que  pegue uma cadeira, sente-se e  sinta-se a vontade.

 

 

 

'Love is in the air' , de 1978,  com   John Paul Young . 

Enjoy...:-)

 

 

sinto-me: Saudosa dos anos 80
tags:
publicado por Pâmelli às 21:31
link do post | Comentários | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 15 de Julho de 2009

La Marseillaise

 

 E já que hoje ( ainda estamos no 14 de julho na América...) é o dia da Liberte', Égalité , Fraternité na França...   Em outras palavras, o dia que marca o começo da Revolução Francesa de 1789... Que  tal um vídeo duplo com a letra e tradução em inglês da Marseillaise ( O hino francês)?

 

O primeiro é só a música acompanhada de  imagens de alguns dos mais belos lugares e monumentos na França;  o segundo a letra original e completa ( não apenas a primeira parte , que é a que se costuma cantar...) , com a tradução simultânea para o inglês.

 

Em português não me atrevo a traduzir.  É literário  e violento  demais!! 

Mas a mensagem é basicamente essa:

'Cidadãos,  peguem suas armas!  Os soldados ferozes  estão vindo e vão trucidar nossas mulheres e filhos.  Marchem!  Marchem! '  E por aí vai...lol

 

O fato é que o Hino da França data de 1792 ,  uma época quando o país estava 'rodeado de  vizinhos inimigos...'  -   os alemães e ingleses sendo alguns dos piores deles! 

Quem imaginaria naquela época  ver essa  Europa unificada de hoje ,  os países  sem fronteiras , com uma mesma moeda,  um mesmo passaporte !!

 

 A Marseillaise ,  com sua letra tão exageradamente  patriótica, violenta  e xenófoba,  pode  nos  parecer absurda e totalmente  anacrônica hoje em dia.  Mas é um hino  inegavelmente lindíssimo e ...tão francês! 

São poucas,  muito poucas as pessoas que realmente gostariam de vê-lo 'modernizado e atualizado, para se adaptar melhor  aos tempos modernos...' 

  Que ninguem , jamais,  pense em 'reformá-lo' !

 

 

1) Primeiro Vídeo  - Pra quem quer VER...

 

 

2) Segundo Vídeo  - Pra quem quer APRENDER...

 

 

 

sinto-me: Dizendo: Vive la France!
publicado por Pâmelli às 04:53
link do post | Comentários | favorito
Domingo, 19 de Abril de 2009

O fenômeno Susan Boyle

( Pausa entre os posts sobre NYC...)

 

Para quem vem acompanhando há uma semana o sucesso inesperado de Susan Boyle -  aquela senhora escocesa , de aparência  feiosa e  meio 'desajeitada' , lol,   e que ao participar do programa de talentos 'Britain's got talent' acabou levando o auditório abaixo com sua esplêndida voz ...

(Foi em um blog aqui do Sapo -  o do 'Gato Pardo' ...-  que primeiro assistí ao seu vídeo no You Tube .  Um vídeo , aliás,  até agora já assistido por mais de 30 milhões de pessoas!)

 

Foi realmente horrível  ver toda aquela gente no auditório ( incluindo os judges...)  revirando os olhos com impaciência e  dando risadinhas de escárnio  , enquanto ela subia ao palco e anunciava que sonhava em se tornar uma cantora profissional.

Foi então que ouvimos a VOZ e vimos sua interpretação de  'I dreamed a dream' , do musical Les Miserables e todo o mundo ficou pasma e com cara de tacho!  lol

Ao cantar,  Susan Boyle simplesmente se transforma -  de Gata Borralheira em Cinderella,  de Sapo em Príncipe !

Sua voz e sua interpretação são simplesmente de arrepiar. 

 

 Há uma semana atrás ninguem sabia quem era esta senhora de 47 anos,  solitária, morando com seu gato e desempregada.  Agora,  já foi  entrevistada por Larry King e em breve estará no programa  da Oprah . 

Desde então,  já conseguiram desencavar um C.D. seu  de dez anos atrás ,  ( o primeiro e único que ela gravou em conjunto com vários outros cantores desconhecidos) , onde ela canta 'Cry me a River'.   

 Susan Boyle é  agora a favorita para chegar a final de 'Britain's got talent'  e se ganhar o primeiro lugar,  cantará para a Rainha Elizabeth.

 

Seja como fôr,  o mundo já está aguardando o seu próximo C.D.  e este,  com certeza,  vai vender bem mais cópias do que o primeiro  que ela gravou e que teve uma tiragem de apenas  1.000 exemplares.

 

Até agora sabemos que seu repertório inclui :  'Cry me a River',  'I dreamed a dream' e ' My heart will go on'  -   a música tema do filme Titanic , que ela  cantou de improviso quando Larry King lhe  pediu para cantar algo ao vivo. 

Novamente ARRASOU!

 

Susan Boyle não tem apenas uma voz belíssima -  tem bom gosto ao escolher o próprio repertório e sabe interpretar suas músicas.

Eu, que acabei de assistir a um musical na Broadway ,  ( ' Billy Elliot' , que aliás recomendo muitíssimo!)   , não duvido nada que em um futuro bem próximo ela  esteja no cast de um MAJOR musical na Big Apple !

 Pelo menos assim espero.

Agora é aguardar o lançamento de seu próximo C.D. 

 

Eis sua entrevista no programa de Larry King:

 

 

 

 

E aqui, ela cantando o tema de Titanic,  completamente de improviso e sem qualquer fundo musical Shocking!  lol

 

 

 

 

 

 

 

sinto-me: Tirando o chapeu para S. B. !
publicado por Pâmelli às 19:01
link do post | Comentários | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 27 de Fevereiro de 2009

Academias americanas VS Academias brasileiras

 

Quando morava no Brasil , sempre frequentei academias de ginástica.

Aqui faço o mesmo - embora não com a mesma frequencia que fazia no Brasil.  ( Vou apenas 2 vezes por semana...)

 

Minha academia em Austin é muito boa -  pelo menos do ponto de vista da infra-estrutura.  Enorme,  com piscinas aquecidas, salas de musculação, ioga, spinning, ginástica, sauna, hot tubs...

Uma academia com a infra-estrutura da minha no Brasil custa os olhos da cara e seria um lugar frequentado apenas por 'ricos'. 

No entanto há duas coisas que as boas academias no Brasil têm e que aqui deixam muito a desejar :  a AULA em si  e o CAFÉ!  lol

Sim,  eu vejo  isto por exemplo na academia que minha mãe frequenta no Rio:

Os  professores  lá são INFINITAMENTE melhores e as  aulas  muito mais eficientes    (Digo,  para  tirar a barriga,  levantar o ..., afinar a cintura etc...lol ) ,  além de divertidas!  

E nas academias no Brasil  sempre há um bom café , seja dentro da própria academia,  seja logo na esquina !

Ah.....aquelas casas de sucos naturais...   Aqueles  salgadinhos de ricota com espinafre...

As empadinhas, as vitaminas! 

 

Outra coisa que noto de diferente são as roupas de ginástica que os alunos usam:

Enquanto que no Brasil as pessoas fazem das academias verdadeiras passarelas da moda ...Aqui nos E.U. a grande maioria parece que simplesmente tira o par de shorts e a T-shirt mais surrada e amassada que encontra na secadora e segue direto pra academia!  lol

 E uma vez lá,  é cada um olhando fixo para a tela de T.V. diante de seu aparelho de malhação ( a esteira, a bicicleta , o stair master. etc....)  , ou simplesmente concentrado na música de seu próprio I-pod.  Ninguem sequer olha pro lado!

 

Será que hoje em dia tambem  é assim no Brasil ??

Imagino que  não.  

Lá a maioria das academias tem UMA ou DUAS televisões na sala inteira e ainda tem muita gente simplesmente ouvindo a música ambiente enquanto malha,  ao invés do seu próprio 'repertório individual'  plugado dentro do ouvido...:-(

 

E o que dizer das músicas aqui??

Raramente ouve-se algo que preste e que nos dê mais 'energia pra malhar' .

Sem falar que volta e meia eles resolvem colocar uma música 'country'  ou algo bem 'baixo astral'  tocando na sala inteira , do tipo :   ' Stairway to Heaven'  !     Arre!

NADA a ver com um ambiente de ginástica!!

 

 

Eu sou da geração 'discoteca' e , apesar de todo o mundo achar que a música de sua própria geração é sempre a 'melhor' ...Estou convencida que até o dia de hoje não inventaram nada melhor do que um antigo 'clássico'  dos anos 70 ou 80 pra malhar! 

 

 Diana Ross,  Stevie Wonder ,  Earth Wind & Fire,  Village People ,   Madona ...  É isso o que precisamos ouvir enquanto subimos 60 andares no stair master ou completamos nossa série de 40 abnominais ! 

Sim,  uma das minhas 'fantasias' era  ter uma academia de ginástica onde só se ouve Disco Music!!  lol

 

Sendo assim,  hoje deixo aqui dois major hits do final dos anos 70  :

"Don't let me be misunderstood' , do grupo Santa Esmeralda :-)),  e  "YMCA"  cantado pelos deliciosos 'rapazes' do Village People...    . 

 

 Alguem ainda  se lembra dessas figuras??

 

 

 

 

 

 

 

 

sinto-me: Relembrando...
publicado por Pâmelli às 18:05
link do post | Comentários | ver comentários (4) | favorito
Quarta-feira, 17 de Dezembro de 2008

The Christmas Song

 

Esta é minha música de Natal preferida. ( The Christmas Song  ) . 

 Adoro especialmente a parte quando ele fala do 'mistletoe'  ( visco , em português)  e  dos  'chestnuts roasting on an open fire...'   ( as castanhas assando no fogo da lareira...)

Diz a lenda  escandinava , que quando duas pessoas se encontram debaixo de  um 'mistletoe'  -  que  ele tenha crescido  nos galhos de  uma árvore ou  sido  pendurado  em cima de uma porta como decoração de Natal...-  ,  elas  devem se beijar . 

( Então , este ano ,  não se esqueça de convidar aquela 'pessoa especial' para sua ceia  e pendurar  um raminho de mistletoe  no alto da porta de entrada ! lol)     

 

E agora, vejamos a letra :

 

The Christmas Song

(Chestnuts Roasting on an Open Fire) : Lyrics

Chestnuts roasting on an open fire, 
Jack Frost nipping on your nose, 
Yuletide carols being sung by a choir, 
And folks dressed up like Eskimos. 

Everybody knows a turkey and some mistletoe, 
Help to make the season bright. 
Tiny tots with their eyes all aglow, 
Will find it hard to sleep tonight. 

They know that Santa's on his way; 
He's loaded lots of toys and goodies on his sleigh. 
And every mother's child is going to spy, 
To see if reindeer really know how to fly. 

And so I'm offering this simple phrase, 
To kids from one to ninety-two, 
Although its been said many times, many ways, 
A very Merry Christmas to you 

 

 

Aos  leitores e frequentadores do 'Parada Essencial',  aproveitem estes 3 minutos com  a voz maravilhosa de Nat King Cole cantando 'The Christmas Song' ... 

 

MERRY X-MAS !               FELIZ NATAL!                       JOYEUX NOEL!

 

sinto-me: Me preparando para o Natal
tags: ,
publicado por Pâmelli às 20:39
link do post | Comentários | ver comentários (6) | favorito
Segunda-feira, 17 de Novembro de 2008

Relembrando...

Há alguns filmes que eu adoro assistir de novo de vez em quando.

O meu gênero preferido é  geralmente um  bastante desprezado pelos 'críticos de cinema' e , aliás,  da maioria dos homens :  a comédia romântica!

 

Oh, eu gosto de filmes históricos,  de biografias,  de thrillers ( não filmes de horror...) , de filmes de aventura e ação e até de alguns dramas ( melodramas não!). 

Mas os meus preferidos são realmente aqueles 'feel good movies' ;  aqueles que fazem você sair do cinema sentindo-se  leve, sorridente e  mais otimista com a vida ...

 

Muitas pessoas dizem que isto não é 'realista' e que na vida real as coisas são muito diferentes, mas  quem disse que quando eu vou ao cinema quero ver a 'realidade da vida'?    Ora,  para isto basta  se abrir a porta de casa e sair às ruas!!  E dependendo de onde se estiver, a realidade que se verá à sua volta  poderá  lhe parecer mais absurda e  surrealista  do que um quadro de Dalí!

 

O fato é que  eu simplesmente me recuso a pagar um ingresso de cinema por uma coisa que vá me deixar deprimida, desencantada com a vida,  chorosa e com mais víncos e rugas no rosto  do que aqueles que o passar dos anos  já vai inevitavelmente me dar!   ( Ok,  hoje em dia existe o Botox para ' minimizar este problema' ..., mas uma boa comédia romântica tambem pode nos  fazer  muito bem a testa !  lol  

Quanto aos cantos da boca e a área em volta dos olhos,  eu não digo o mesmo  ( já que são estas as partes do rosto a sofrerem  os maiores 'estragos'   quando se dá uma boa gargalhada ! ) 

Mas o que são umas poucas ruguinhas  aqui e alí diante de um  momento de prazer e alegria ? 

 Além do mais as marcas de sorrisos e humor no rosto não deixam de ter o seu lado atraente ...

 

Sendo assim, este fim-de-semana resolvi assistir   à  um de meus filmes preferidos -  'Working Girl'  ( Uma secretária de futuro) , com Melanie Griffith ,  Harrison Ford e Sigourney Weaver.  É de 1988 - tirado diretamente do baú do pirata!

 

Adoro  ( e sempre me emociono...)  ao ver  a cena de abertura  mostrando a Estátua da Liberdade e a chegada  à bela Manhattan de ferry ,  ao som de 'Let the river run' ,  cantado por Carly Simon . (Aliás , o filme ganhou o Oscar de melhor música aquele ano , se não me engano...) 

(Engraçado:  há vinte anos atrás se alguem me dissesse que eu teria me  mudado para os E.U. , me casado com um americano e depois até me naturalizado americana eu teria caído na gargalhada! ) 

 A única coisa triste na cena  é ver os Twin Towers ao fundo   

Um aperto no coração  então é inevitável...

 

Ainda assim,  um belo filme,  bem ao estilo anos 80 (  Que CABELOS ,  mon dieu !! lol)  ,  com um super elenco e uma estória muito divertida.

 

Voilà:   NYC and   'Let the River run' ! 

 

http://video.aol.com/partner/hulu/working-girl-opening-credits/YQuebCE1AL_wGghFebv38KXoL2g3yI_0

 

sinto-me: Sempre inspirada ao ver NY...
publicado por Pâmelli às 17:25
link do post | Comentários | ver comentários (4) | favorito
Terça-feira, 19 de Agosto de 2008

Pra levantar o astral...

Dia de chuva,  cinza, chato...

O cachorro e o gato dormindo dentro de casa.  Ninguem quer sair.

Minha mãe com dôr no braço -  faz tempo que ela anda assim devido ao excesso de exercício e peso que pega na academia no Rio.  Tem feito fisioterapia mas a queda na temperatura e o tempo chuvoso não ajudam.  

 Já lhe disse que é loucura.  A carcaça depois dos 50 já não é mais a mesma... É preciso saber maneirar e como  se lê na  DESIDERATA,  "gracefully surrender the things of youth..'" 

 

Ontem ela  resolveu  ir fazer uma aula de ioga com o meu marido.  Os dois foram juntos.  Bem que estavam precisados .  Eu fui pro Hills  ( minha academia aqui) praticar um pouco de  stair master e depois nadar.

 Um pequeno detalhe :  A recepcionista da escola de ioga pensou que minha mãe era a MULHER  de meu marido!  (É que as americanas normalmente são tão ACABADAS - além de geralmente gordas...-  que costumam parecer bem mais velhas que os maridos mesmo quando são da mesma idade ou até mais jovens que eles  ! ) 

 

-E então?  -  perguntou a moça ao meu marido após a sessão  .  -  Sua mulher gostou da aula?  Ela tem muita flexibilidade...

-Gostou muito -  respondeu ele.  -  Só que ela não é  a minha mulher.  É  a minha sogra...

 

Parece até piada , se não fosse tão trágico.  Isto é a América hoje  :-(  

Alguem já foi ver WALL-E??   É perfeito.   A que ponto nosso planeta e as pessoas estão chegando! :-(( 

 

  Eis o resultado do estilo de vida  da sociedade americana contemporânea:

 

Junk food + trabalho em excesso+ sedentarismo e locomoção apenas via automóvel + TUDO feito através da Internet  (  compras,  pagamento de contas, aluguel de vídeos, muitas vezes  até sexo!! )   +desleixo com a própria aparência   =  a esposa acaba se passando pela sogra !

 

No wonder  pensarem que minha mãe era a esposa do próprio genro... Afinal ela está MUITO, MUITO bem para sua idade.

 

 Enfim,  hoje  só dei  uma aula de manhã  e à tarde vou levá-la  ao shopping para comprar sua maquiagem importada , já que aqui nos E.U. é um décimo do preço do Brasil.

Acho que depois sigo para o Hills a fim de subir mais uns degraus...:-)) ( É melhor mesmo , senão da próxima vez que formos de férias ao Brasil ,  vão pensar  que EU é que sou a sogra e ela a  nora !!!) 

Será que existe algum  lugar  no mundo onde as pessoas ainda estejam 'normais'?  Digo,  nem  excessivamente 'acabadas'  - como na América- ,  nem 'jovens'  ( esticadas, embotoxadas, siliconizadas  etc...) demais  - como no Brasil,  e mais especificamente,  no Rio de Janeiro - ?? 

Imagino que se este lugar existe , deva ser na Europa... 

 

 

 E agora, pra quem vive deprimido, reclamando da vida e  baixo astral  ( mas não é reeeeeeeealmente doente da cabeça...Digo, sofrendo de esquizofrenia, disturbio bi-polar ou coisa parecida, que no caso só pode ser tratado com  terapia e medicação adequada  ...),  aqui fica um vídeo do nosso Barry White brasileiro :-) :  Tim Maia

 

Um incentivo à ginástica, à saúde,  à praia,  ao amor e principalmente à ...VIDA !

 

 

 

sinto-me: De saída para o Hills...
publicado por Pâmelli às 17:35
link do post | Comentários | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 11 de Agosto de 2008

Lovely, lovely...

Outro dia escrevi sobre as várias coisas  bacanas, famosas ou interessantes inventadas  por diferentes países,  mas não mencionei nada de específico da América.  ( é que tem TANTA coisa , que levaria um post inteiro só para citar algumas...:-))

 

Hoje , contudo,  deixo aqui um video de 3 coisas americanas MUITO  especiais:  New York,  Ella Fitzgerald e a música "Manhattan" , um clássico ultra romântico e que é a cara desta cidade maravilhosa -aliás,  a capital  do Mundo!

 

Enjoy! 

    

 

 

sinto-me: Com saudades de N.Y.
publicado por Pâmelli às 17:13
link do post | Comentários | favorito
Segunda-feira, 28 de Julho de 2008

Nada como a influência do meio...

Era o que dizia 'Émile Zola.  Só que frequentemente em seus livros,  os personagens eram influenciados de alguma maneira NEGATIVA pelo seu 'meio' :  ou se tornavam alcoólatras porque os pais eram alcoólatras;  ou prostitutas porque foram criados em um meio  excessivamente permissivo,  ou assassinos ...etc.

 

Mas a 'influência do meio' tambem pode ter o seu lado bom.  Naturalmente quando se trata de um meio , digamos,  'privilegiado' ...:-) - seja do ponto de vista financeiro, cultural ou de 'princípios morais' ...

Sempre que penso nisso me lembro de uma antiga colega do tempo de escola, H.

 

Primeiro estudamos juntas dos 14 até uns 16 anos  e então seus pais mudaram-se para o Canadá.

Anos depois retornaram ao Brasil e novamente H. voltou a fazer parte de nosso grupinho  de amigos.  Tínhamos então uns 20 anos.

 

Muito bonitinha de rosto,  cheinha de corpo...H. sempre foi simpática e muito popular no nosso meio.  Estava sempre empencada com algum namorado.  Tinha milhares de amigos e amigas.

No colégio era aluna extremamente medíocre.  Nunca gostou de estudar.   Era a famosa 'simpática burrinha ' da turma.  H. era o que se podia chamar de uma verdadeira philistine-  aquela pessoa completamente desinteressade de estudos,  informação, cultura, arte ...Em  suma :  a 'anti -intelectual'. 

Sempre  alegre e bem humorada,  constantemente rodeada de gente,  H. era incapaz de ficar sozinha durante uma tarde inteira sem ficar deprimida.  Nunca pegou um livro para ler. O sonho de H. ,  e que ela gostava de anunciar para todos sempre que tinha a oportunidade,  era simplesmente  um dia se casar e ter 6 filhos! 

( Anos mais tarde ficamos sabendo que ela havia novamente se mudado para o Canadá e que tinha de fato se casado , mas aparentemente tinha mudado um pouco seus planos de vida:  tivera APENAS 4 filhos !!:-))

H.  era , contudo  ótima em  línguas.  Falava inglês, francês e português perfeitamente.  Seu pai era brasileiro, a mãe francesa,  haviam morado durante anos no Canada...

No Rio moravam em um apartamento belíssimo , na Viera Souto , com vista para a praia de Ipanema.  Os jantares em sua casa eram servidos  ' a francesa'  pelo mordomo...

 

Certa tarde , num fim-de-semana ,  estávamos em sua casa, de bobeira -  eu , H. e mais algumas amigas da escola com quem sempre andávamos e saíamos nos fins-de-semana.  De repente H. me sai com :

-Ei pessoal,  vamos assistir à um video?  Eu tenho aqui em casa "My Fair Lady" ...

 

Algumas de minha colegas já conheciam o musical.  Todo o mundo ficou animado.  Até então eu nunca tinha ouvido falar nele.

Então H. colocou a fita no video cassete (   naquela época não existiam DVDs... )  e começamos a assistir  o filme.  Era  no original e sem legendas , mas como todas nós estudávamos em escola estrangeira,  o inglês era normal entre nós.  Duas de nossas colegas eram inclusive filhas de pai americano e mãe brasileira...

Apesar disto, perdi bastante.  O problema foi  a fala da florista pobre e ignorante interpretada por Audrey Hepburn,  falando  cockney  (   aquela espécie de  dialeto  do inglês  britânico,  horrivelmente mal falado e deformado ...)    ,  antes que o Professor Higgins se encarregasse de ensiná-la a falar  corretamente e  'like a  lady...' :-)))

 

Anos depois,  eu iria voltar a assistir o musical  muitas e muitas vezes.  É um de meus filmes preferidos.   

Mais tarde eu leria a peça de Bernard Shaw " Pygmalion"  ( Pigmaleão) ,  que inspirou o musical ,  e compraria o C.D.  com as músicas. 

 Mas  foi naquele  dia  que eu tive  minha introdução  'formal'   à " My Fair Lady".,  à Audrey Hepburn e à Rex Harrison.

E quem me apresentou à ele foi H.... Aquela antiga amiga de escola...A  philistine  ,  a namoradeira cabecinha oca... A  bobinha  mais simpática da turma :-)

 "My Fair Lady" era um de seus filmes favoritos.  Um clássico do cinema, interpretado por atores  já completamente esquecidos e desconhecidos  ( já naquela época!) da maioria das pessoas de nossa  geração .

 Afinal  ela havia estudado em uma escola bastante exclusiva.  Seu pai era um homem sofisticado, chegando a beirar  o esnobismo.  Sua mãe era francesa.  Sua família havia viajado extensamente.  Sua irmão nascera nas Bahamas. Não havia 'philistinismo' que pudesse resistir a tanto! :-))

 Nada como a 'influência do meio' ,  como diria o velho Zola...

 

---

 

Memory Lane :  o trailer de "My Fair Lady" ,  esta pequena jóia de 1964,  com a música maravilhosa de Frederick Loewe...

 

 

 

 

sinto-me: Mais uma vez divertida com MFL
publicado por Pâmelli às 21:25
link do post | Comentários | favorito

.Mais sobre mim

. Meu Livro

COPADRAMA

- A Brazilian Tragicomedy

(um romance em inglês de I. Pamelli M.)

. Comprar na AMAZON.com

.Julho 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

30
31


.posts recentes

. Pausa das aulas

. Essa é pra galera mais v...

. La Marseillaise

. O fenômeno Susan Boyle

. Academias americanas VS A...

. The Christmas Song

. Relembrando...

. Pra levantar o astral...

. Lovely, lovely...

. Nada como a influência do...

.arquivos

. Julho 2018

. Janeiro 2018

. Novembro 2017

. Junho 2017

. Abril 2016

. Julho 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.flag counter

free counters

.subscrever feeds