Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Parada Essencial

Benvindos ao "Diário politicamente incorreto da Pâmelli" - uma brasileira/americana childfree, residente nos E.U.A. desde 2003 Viagens, cultura, desabafos e muito mais!

Parada Essencial

Benvindos ao "Diário politicamente incorreto da Pâmelli" - uma brasileira/americana childfree, residente nos E.U.A. desde 2003 Viagens, cultura, desabafos e muito mais!

Escrevendo do carro, no buraco do nada...

Pâmelli, 09.12.11

Categoria de post: diário,  viagem

 

Ontem,  Graças à Deus, terminei minha última prova do ano no Community College e  até o ano que vem estou livre dos estudos! {#emotions_dlg.smile}

 

Agora estamos aqui no meio do NADA , na estrada,  e acabando  de entrar no estado do Novo México.  Nosso destino é a pequena Breckenridge  (estação de esqui), no belíssimo  Colorado.  ( Já escrevi mais de um post sobre o lugar,  portanto se quiserem saber mais ,  é só procurar nos tags de ‘Colorado’ …)    Alí meu  hubby aproveita pra pôr o seu esqui em dia e eu a leitura – e por  que não,  o blog!  lol -  em meio  às magníficas Rocky Mountains .  Ah,  o Southwest tem algo de mágico...

 

A viagem de carro de Austin ( Texas) até Breckenridge  dura dois dias – cerca de 9 horas cada. 

Saímos ontem de tarde,  e depois de dirigirmos mais de 11 horas (parando pra dormir  na cidade de Amarillo), só agora conseguimos deixar o Texas !  Dá pra acreditar??   Esse estado  MONSTRO  parece que nunca acaba…

Mas enfim,  o trecho do Novo México  ( o qual estamos percorrendo agora ) será  curto e logo depois entraremos  no Colorado. 

Belo, belo estado americano!!  Esse sim,  com suas montanhas imponentes e lindos lagos ( nesta época do ano congelados).   Cá entre nós, o Colorado,  em matéria de beleza, dá de 1000 no Texas!

 

Mas por enquanto  ( no estado do Novo México) , esta é a paisagem que temos a nossa  volta.    E só.

 Mas ainda estamos muito perto do Texas.  Daqui a pouco vai ficar bem mais bonito , com cara de filme de cowboy– o verdadeiro Southwest Americano! {#emotions_dlg.smile}

As ‘cidadezinhas’ que nos aparecem a cada duas horas…. Arre égua!  Cada buraco mais deprimente que o outro ,  com meia dúzia de barracos ( não barracos no estilo ‘favela brasileira’ ,  mas no estilo ‘casebres à la Chernobyl’ ) com nomes de lojas,  restaurantes e até hotéis  onde nem mesmo o mais cansado e esfomeado dos turistas jamais pensaria em entrar.   Os lugares parecem mesmo com Chernobyl   depois da explosão nuclear.  Só sobraram três gatos pingados pra contar a estória.

Quanto a comida na estrada…  Com sorte você topa com  um Mac Donald’s.  Com mais sorte ainda, um Subway...

 

Ok,  pelo menos os postos de gasolina têm banheiros decentes  - afinal isto é a América. 

A estrada tambem,  é de mão única e em linha reta, com  o asfalto  liso e perfeito  como a pele da Claudia Raia.  O céu está  azul e límpido , apesar da temperatura de 2 graus negativos.  Contudo, muitos trechos têm limite de velocidade de 55 milhas ( muito devagar).  E claro que há policiais na moita, só esperando pra lhe dar uma multa. Pelo visto é assim que se ganha um dinheirinho e se revitaliza um pouco a economia  nesses buracos no meio do nada! lol

 

Agora a pouco avistamos um Correctional Facility ( um belo eufemismo pra PENITENCIÁRIA…)   não muito longe da estrada.  Aliás,  o lugar é  ideal para se construir um presídio ,  não é?    Nota:  Ao  longo da estrada vemos mais de uma placa  dizendo  :    “ Favor não dar carona à ninguem”.   (Principalmente se estiver  usando  um macacão alaranjado  , suponho eu…)

 

Afinal agora  a paisagem melhorou  bastante.   Estamos no meio do deserto do Novo México  e a impressão que se tem é de que a qualquer minuto um bando  de índios a cavalo vai surgir no meio deste descampado ou no alto de um dos morros. 

 

 Ah e vejam só, um vulcão !   Este,  se me lembro bem do curso de geologia,  é do tipo ‘composite’ .  Deve ter sido perigoso no passado mas agora está extinto.  Seu nome é Capulin.  Pena que não temos tempo pra explorar, já que  temos um longo caminho até chegarmos ao  alto da montanha na bucólica Breckenridge...

 

Mais depois.

 

P.S.  Este post acabou de ser publicado de um Mac Donald's com Wifi , em uma dessas cidadezinhas no meio do nada...

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.