Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Parada Essencial

Benvindos ao "Diário politicamente incorreto da Pâmelli" - uma brasileira/americana childfree, residente nos E.U.A. desde 2003 Viagens, cultura, desabafos e muito mais!

Parada Essencial

Benvindos ao "Diário politicamente incorreto da Pâmelli" - uma brasileira/americana childfree, residente nos E.U.A. desde 2003 Viagens, cultura, desabafos e muito mais!

O plano era irmos pra Espanha! lol

Pâmelli, 12.03.11

 

Wow,  faz tempo que não dou uma parada no Parada!

Mas tambem  faz quatro dias que estamos na Inglaterra -  depois de termos perdido o vôo para Sevilha  ( Graças ao meu marido, que viu o horário errado…)

Não é a primeira vez que isso acontece e,  de agora em diante,  estou DETERMINADA a sempre checar nossos vôos eu mesma! 

A verdade é que meu hubby trabalha DEMAIS  ( afinal ele é americano…) e dorme DE MENOS!  O resultado é que seu cérebro nem sempre funciona como deveria .  Sem falar no estresse  que sofre  ao trabalhar para a Dell Hell!

Em todo o caso,  e sempre pensando de maneira otimista, o tempo em Sevilha era para estar uma bela B*STa , e surpresa, surpresa… na Inglaterra a previsão era de tempo bom.  Então, já que tinhamos perdido o vôo para a Espanha,  resolvemos seguir em um outro para a terra de Shakespeare! Lol

 

Londres:

Nossa primeira parada foi , naturalmente,  Londres , onde ficamos dois dias.

Esta não foi minha primeira visita à capital inglesa;  portanto não estava tão ‘desesperada’ para ver seus highlights.

Ainda assim, demos nosso pulinho até a Trafalgar Square , com a coluna do Nelson e a National Gallery ao fundo, fizemos um passeio de barco pelo rio Tâmisa até a Tower Bridge, comemos nossos fish&chips em um pub típico,  seguimos pela Oxford Street e Picadilly Circus ( pra mim, a versão Londrina de Times Square) e o melhor:  conseguimos assistir à peça ‘The Mousetrap’  ( A Ratoeira) de Agatha Christie!

O teatro era uma graça – pequeno e chamoso -  e a peça, (pasmem!)  está em cartaz em Londres há 59 anos!!!  Aliás é a peça em cartaz há mais tempo no mundo.

 

Bath:

Depois de Londres  foi a vez de seguirmos  para a cidade de Bath , que eu sempre tive curiosidade em conhecer por ter sido o palco de dois romances ( ‘Northanger Abbey’ e ‘Persuasion’ )  de minha autora preferida: Jane Austen.

Ah…Bath.  Linda cidade spa ( cidade de águas termais) , com construções do Século 18 ou segundo os ingleses ,  no Georgian Style.

Nosso hotelzinho ( logo na saída do centrinho da cidade , apenas 5 minutos de ônibus…)  era simples mas muito aconchegante.  Trata-se do Wentworth House Hotel , pertencente a uma família Indiana , muito gentil e educada.

 Uma charmosa construção em pedra , no estilo English Cottage ( chalé inglês) ,  com um ótimo café da manhã e,  de quebra ,  o nome  Wentworth!! Lol  ( Quem leu o romance ‘Persuasion’ de Jane Austen sabe que estou pensando no Capitão…)

 

Mas voltando à Bath…

Alí as atrações são muitas e uma visita completa ao  Museu das Termas Romanas ( Bath foi dominada pelos romanos há dois mil anos atrás e lá eles descobriram a fonte de água quente e natural que llhes permitiu construir uma das mais belas termas na Europa…) é absolutamente um MUST!  As ruínas, que  só foram escavadas no final do século 19,  são realmente impressionantes.

And guess what…  A água quente ( 46 C) continua jorrando da terra até hoje e a cidade , muito inteligentemente,  resolveu construir uma terma atual e moderna para o desfrute de nossos contemporâneos.

O super complexo inclui duas piscinas ( com a temperatura constante de 34C), sendo que uma delas fica no topo do edifício e portanto, com uma magnífica vista da cidade (  incluindo sua cathedral do Século XV.)

 

Finalmente , e para as fãs de Jane Austen,  há o Jane Austen Center.    

A casa fica a apenas alguns metros de onde Jane morou em Bath e é um centro de culto a tudo o que se relacione a autora de Pride&Prejudice ( ‘Orgulho e Preconceito’)

É claro que eu quase enlouqueci na lojinha e saí de lá com alguns souvenirs típicos ( postais sobre Jane, sua família, Mr. Darcy, uma caneca com as vestimentas da época, além de  uma cópia dura de ‘Northanger Abbey’ – que eu resolvi reler , já  que a estória se passa em Bath e faz referência a vários  lugares que acabamos de visitar.)

 

Bem  neste momento estou escrevendo do trem , de Bath de volta à Londres.

A verdade é que depois de perdermos nosso vôo para a Espanha, resolvemos improvisar.  O plano agora é seguir para a França de ferry  ( como sou bastante claustrofóbica,  prefiro evitar o euro train ( o trem  que passa por dentro de um túnel cruzando o Canal da Mancha por debaixo d’agua…).

Eu sei.    Quase ninguem mais vai da Inglaterra para a França ( ou vice-versa) desta maneira. Lol

 Mas o barco é sempre algo que me relaxa e como estamos sem planos, reservas ou destino certo… , podemos simplesmente seguir conforme o vento – ou para onde nossa inspiração nos levar.

 

As fotos?

Deixo pra colocar aqui quando tiver uma conexão melhor e por mais tempo... Au revoir!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.