Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Parada Essencial

Benvindos ao "Diário politicamente incorreto da Pâmelli" - uma brasileira/americana childfree, residente nos E.U.A. desde 2003 Viagens, cultura, desabafos e muito mais!

Parada Essencial

Benvindos ao "Diário politicamente incorreto da Pâmelli" - uma brasileira/americana childfree, residente nos E.U.A. desde 2003 Viagens, cultura, desabafos e muito mais!

Sem escapatória! (No pun intended...)

Pâmelli, 28.10.10

 

 

Uma coisa que já deveria ter sido abolida há muito tempo  das sociedades modernas (pelo menos aquelas que se dizem democráticas e civilizadas...) é o Jardim Zoólogico.

 

Afinal o que é um Jardim Zoólogico??

 

 

Nada menos do que uma penitenciária de animais ! Pior: uma prisão onde TODOS os seus ocupantes são inocentes de qualquer delito - já que alí, ao contrário das penitenciárias humanas, não há um ÚNICO homicida, estuprador, sequestrador , ladrão ou pedófilo .

Não. O único crime que os residentes de um jardim zoológico cometeram na vida foi o de terem nascido ANIMAIS.

---

Esta semana , nossa professora de physical anthropology  nos deu duas opções: a de fazermos o segundo teste ( sobre os primatas) online , ou irmos até o zoo local e fazermos um written report sobre os diferentes tipos de macacos alí.

 

Como bem  podem imaginar, eu preferi a primeira opção. ( Seria MUITO diferente se pudéssemos fazer um safarí, por exemplo,  na África  e observarmos os bichos soltos e em seu habitat natural !!)

Mas de nada adiantou eu querer me preservar de ver cenas deprimentes de animais apáticos ou neuróticos ( pois é justamente isso o que se vê nos jardins zoológicos, mesmo naqueles mais 'avançados' e de' Primeiro Mundo'... ). O e-mail que recebemos na véspera da prova foi  o seguinte: 'Mesmo quem fôr fazer o teste online  terá de vir à aula amanhã para  OUVIR as observações dos colegas que foram ao zoológico!'  

 

&8^%7$%&!  TUDO. TUDO que eu sempre quis.

 

Naturalmente as estórias relatadas foram aquelas já esperadas:  Observações sobre 'macacos nervosos', 'filhotes apavorados se agarrando às mães' , comportamentos obcessivos, apatia e depressão.

 Alguem ainda observou que no setor dos gibbons , assim que uma turma de crianças entrou no ambiente, os bichos ficaram histéricos e , apavorados, subiram rapidamente até o topo da árvore mais alta que havia no cativeiro . (Qual a surpresa? Pois se são justamente os ' filhotes de humanos' aqueles quem mais costumam torturar os animais nos zoológicos , gritando, batendo nos vidros e , na falta de uma tela protetora, jogando coisas nos animais! )

 Sim, o Jardim Zoológico de hoje é o Coliseu dos romanos de antigamente.

 

Pra mim foi simplesmente uma TORTURA  ficar alí , sentada, ouvindo aquelas estórias. Duas vezes eu fingi que precisei ir ao banheiro e deixei a sala por alguns minutos.

Então, quando uma de minhas colegas comentou  que ' se sentiu culpada por estar fazendo aquela pesquisa já que ela estava alí por livre e expontânea vontade enquanto os bichos não escolheram de ficar presos...' eu aproveitei pra desabafar uma pouco minha frustração e completei:

 

-Foi por ISSO que optei em fazer o teste, ao invés de ir ao zoológico! Pra mim, observar animais em cativeiro é como fazer um sightseeing tour  por uma prisão humana! Qual é a atração? E quantas pessoas alí, REALMENTE estarão se comportando como seres humanos normais no seu dia a dia??

Diante disso houve uma pequena pausa desconfortável e a professora , meio sem-graça, me saiu com algo como ' É verdade que não é a mesma coisa que observá-los em seu habitat natural, mas ainda  assim eles continuam sendo macacos, agindo como macacos...'

Mui.

 

A verdade é que até o dia de hoje, só me lembro de duas experiências positivas em zoológicos - aliás, que me ficaram na memória para sempre. A primeira foi no Simba Safari em São Paulo ( quando ainda era criança) e a segunda no Homosassa Springs Wildlife State Park , na Flórida. Esses sim!

No primeiro , me lembro que fizemos todo o tour do parque  DE CARRO ( e eramos nós quem ficávamos 'enjaulados' com a proteção de grades que colocavam nos vidros dos veículos, lol ) enquanto admirávamos os animais andando soltos pelo parque. Um verdadeiro safari! :-) ( Naturalmente havia divisões entres as áreas que abrigavam os elefantes, as girafas, as onças , os leões, veados etc...).

Já na Flórida, o parque abrigava animais que tinham ficado órfãos, ou que haviam sido resgatados após sofrerem algum tipo de acidente ou tortura . Alguns tinham uma asa ou perna de menos, mas todos estavam alí soltos e bem cuidados,  em amplas áreas gramadas, rodeadas de árvores e pequenos lagos . E o melhor:  NADA de  jaulas, gritarias ou brincadeiras idiotas, já que  em todo o parque havia funcionários fiscalizando o comportamento dos visitantes.

And guess what...

Os bichos REALMENTE pareciam calmos e satisfeitos - como se fossem o seu próprio cão  no jardim dos fundos de sua casa!

 

  

Simba Safari e Homosassa Springs Wildlife State Park ... - estes sim são exemplos de 'Jardins Zoológicos a serem imitados mundo afora.

Os outros, há muito que já deveriam ter sumido do mapa e entrado para  'os momentos negros da história da humanidade' .

 Assim como o Coliseu de Roma, que durante anos serviu de palco para a luta bárbara entre gladiadores - além de cenário de 'banquetes' para tigres e leões,  onde a carne humana era o prato principal do dia.

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.