Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Parada Essencial

Benvindos ao "Diário politicamente incorreto da Pâmelli" - uma brasileira/americana childfree, residente nos E.U.A. desde 2003 Viagens, cultura, desabafos e muito mais!

Parada Essencial

Benvindos ao "Diário politicamente incorreto da Pâmelli" - uma brasileira/americana childfree, residente nos E.U.A. desde 2003 Viagens, cultura, desabafos e muito mais!

Austin , ou a capital do Texas...

Pâmelli, 13.03.10

 

Categoria de post:  turismo

 

 Ser a capital de um estado nos E.U. A. não quer dizer grande coisa.  Só para se ter uma idéia, algumas das principais, mais sofisticadas e famosas cidades na América, NÃO SÃO as capitais de seus estados - a ver: NY, Los Angeles, São Francisco, Miami,  Chicago...

Por outro lado,  ser a capital de um estado americano , ao menos  significa que você está em uma CIDADE  - e não apenas em um fim-de-mundo qualquer,  lá  em 'Deus me livre' , onde Judas esqueceu as botas!

 Sendo assim,  hoje eu dedico este post à cidade onde moro há 7 anos : Austin, a capital do Texas. ( Esse vai ser longo, portanto,  pegue um e sente-se confortavelmente antes de começar...) 

Muito bem, vamos lá. 

 

 Aqui , em geral , as pessoas são extremamente gentis, light e bem humoradas.  Na verdade , não fosse pelo fato de não termos praia ( quem nasceu e cresceu na beira do mar nunca se acostuma em viver longe dele...), eu diria mesmo que é 'Um excelente lugar para se morar '.

Nossa cidade tem tamanho  médio, (  cerca de 1 milhão de habitantes) e possui  todos os  principais hotéis,  lojas e franquias nos E.U., vários bons restaurantes,  excelentes hospitais, pouquíssima violência e um trânsito ainda  bastante suportável , mesmo na hora do rush.  De fato, se estivéssemos no Brasil,  Austin  seria  classificada como uma espécie de 'Curitiba' - a tal cidade 'modelo'.

Porém , aqui nos E.U.,   é apenas 'mais uma' ... :-)

 

Apesar de tudo isso ,  o lugar ainda guarda 'um certo ar de província',   com sua  gente calma,  sorridente, sem estresse ou agressividade.  Aqui,  quando algum desconhecido cruza com você na rua,  ele/ela lhe cumprimenta dizendo ' Oi , tudo bem?'  e quando um carro passa em frente à sua casa  e lhe vê mexendo no seu jardim,  as pessoas dentro  costumam lhe dar 'tchauzinho' !  lol  Aliás, este foi  um dos detalhes que mais espantaram minha mãe , quando veio nos visitar pela primeira vez , anos atrás...) 

Nota: Minha mãe mora no Rio de Janeiro.  (  Precisa dizer mais alguma coisa?? )

 

A coisa mais rara  nas ruas  de Austin ( inclusive mal vista !) é um motorista atrás de você lhe dar uma buzinada impaciente , seja porque o sinal já abriu e você ainda não percebeu , seja porque parou por algum motivo e está atravancando a rua  por alguns minutos.

Mas é claro que,  como em todo lugar ,  de vez em quando topamos com algumas figuras  'meio esquisitas' ...( Minha teoria é que se trata de pessoas neuróticas saídas de OUTRAS cidades  maiores e mais 'cosmopolitas' , do tipo NYC,  Houston, Dallas, Los Angeles etc...e sabe-se lá por que ,  resolveram vir  baixar o mal -espírito por aqui ! )

 

 E agora,  just for fun  e  indo contra tudo o que se imagina sobre o Texas ( a caipirice, o conservadorismo republicano, os imensos pastos cobertos de estrume e pipocados  de bois e cavalos,  os rodeios, os cowboys ...) , eis alguns lugares e programas 'bastante civilizados' , lol, que podemos encontrar nesta despretenciosa capital de estado:

 

1)  O Museu do French Legation-  a casa de madeira mais antiga da cidade ( simples para os padrões atuais , mas que  na época de sua construção ( 1840) ,  poucos anos após a fundação da cidade,  era considerada o auge do conforto e  requinte!    Foi alí que o diplomata  francês, Dubois de Saligny,  residiu e teve vários  'arranca rabos' com  alguns dos  rústicos habitantes locais...

(Quando cheguei à cidade em 2003 e ainda antes de ter meu greencard, foi lá que trabalhei durante cerca de quatro meses  como guia voluntária ...)

 

2)  O belo restaurante 'Mansion at Judges Hill' ,  no estilo 'E o vento levou'  , cuja construção data de 1895. 

( Eu heim!  A foto que estava aqui era a da fachada do restaurante - que fica tambem no hotel.  Agora apareceu esta do quarto... Vai entender!)

(Foi lá que este ano celebrei meu aniversário de número 44 ...)

 

3)  O Long Center -  o teatro de ópera e balé de Austin.  A construção, toda envidraçada,  oferece uma das melhores vista do skyline ( os prédios no centro )  da cidade...

 

4)   Town Lake  - o parque e a trilha em volta do  rio Colorado que corta a cidade...

 

5)  O campus da famosa e imponente Universidade do Texas  ( U.T.) .

 

6)   Barton Springs - a piscina de água natural ou  a 'praia' dos Austinites no verão.

Detalhe:  a água é corrente e limpa já que a fonte é logo alí...

 

 

   O fato é que a maioria das pessoas conhecem Austin como sendo uma cidade informal,  cheia de gente que gosta de natureza, esportes ao ar livre e muita, muita música.  ( Rock e Country) . ( Além de ser a única cidade do estado com uma maioria de eleitores democratas!)

 Aqui há muitos bares para se ouvir música ao vivo e se você não tiver o gosto musical muito exigente e  sofisticado ( ou seja, gostando principalmente de música  clássica, jazz e bossa nova...),  vai achar que a cidade  tem muita opção musical.

( Confesso que sinto falta de um bom clube de jazz ou piano-bar ao estilo 'Av. Paulista'/ Cerqueira Cesar  por aqui...lol)

 

 Finalmente,   talvez por causa de sua famosa universidade, Austin  é  principalmente uma cidade de gente jovem. Apesar disso, o fato de você não ter mais 20 anos não vai fazer com que se sinta 'fora de lugar' onde quer que esteja. 

O típico 'austinite' é um cara ou uma moça sorridente e boa praça, bem na dele e que  não tá nem aí se você já passou dos 40 e resolveu se tornar seu coleguinha de turma na faculdade local.  

A cidade tambem abriga um número considerável de  casais homossexuais - homens e mulheres - além de uma enorme comunidade latina, hispânica e oriental. 

Em suma:  Austin é ,  acima de tudo,  uma  cidade de inclusão social.

 

 

3 comentários

  • Imagem de perfil

    Pâmelli 09.10.2013

    Ola Ricardo,
    se voces tiverem visto para trabalhar legalmente sempre ha oportunidades , como professores de portugues ( na Berlitz, por exemplo) , espanhol etc.
    O melhor lugar para se morar, a meu ver, e perto da cidade - no norte ou logo ao sul do rio Colorado, perto do Centro. E mais em conta e mais pratico morar em um condominium de apartamentos , do que em uma casa. Voces precisarao dirigir para todos os lados, portanto deverao ter um carro. E praticamente impossivel morar em Austin , ou na maioria das cidades americanas sem carro... Boa sorte!
  • Sem imagem de perfil

    Ricardo Hasmann 10.10.2013

    Muito obrigado pelas orientações!!
    Espero em breve estar por aí também!!!
    Abraço!!
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.