Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Parada Essencial

Benvindos ao "Diário politicamente incorreto da Pâmelli" - uma brasileira/americana childfree, residente nos E.U.A. desde 2003 Viagens, cultura, desabafos e muito mais!

Parada Essencial

Benvindos ao "Diário politicamente incorreto da Pâmelli" - uma brasileira/americana childfree, residente nos E.U.A. desde 2003 Viagens, cultura, desabafos e muito mais!

Austin , ou a capital do Texas...

Pâmelli, 13.03.10

 

Categoria de post:  turismo

 

 Ser a capital de um estado nos E.U. A. não quer dizer grande coisa.  Só para se ter uma idéia, algumas das principais, mais sofisticadas e famosas cidades na América, NÃO SÃO as capitais de seus estados - a ver: NY, Los Angeles, São Francisco, Miami,  Chicago...

Por outro lado,  ser a capital de um estado americano , ao menos  significa que você está em uma CIDADE  - e não apenas em um fim-de-mundo qualquer,  lá  em 'Deus me livre' , onde Judas esqueceu as botas!

 Sendo assim,  hoje eu dedico este post à cidade onde moro há 7 anos : Austin, a capital do Texas. ( Esse vai ser longo, portanto,  pegue um e sente-se confortavelmente antes de começar...) 

Muito bem, vamos lá. 

 

 Aqui , em geral , as pessoas são extremamente gentis, light e bem humoradas.  Na verdade , não fosse pelo fato de não termos praia ( quem nasceu e cresceu na beira do mar nunca se acostuma em viver longe dele...), eu diria mesmo que é 'Um excelente lugar para se morar '.

Nossa cidade tem tamanho  médio, (  cerca de 1 milhão de habitantes) e possui  todos os  principais hotéis,  lojas e franquias nos E.U., vários bons restaurantes,  excelentes hospitais, pouquíssima violência e um trânsito ainda  bastante suportável , mesmo na hora do rush.  De fato, se estivéssemos no Brasil,  Austin  seria  classificada como uma espécie de 'Curitiba' - a tal cidade 'modelo'.

Porém , aqui nos E.U.,   é apenas 'mais uma' ... :-)

 

Apesar de tudo isso ,  o lugar ainda guarda 'um certo ar de província',   com sua  gente calma,  sorridente, sem estresse ou agressividade.  Aqui,  quando algum desconhecido cruza com você na rua,  ele/ela lhe cumprimenta dizendo ' Oi , tudo bem?'  e quando um carro passa em frente à sua casa  e lhe vê mexendo no seu jardim,  as pessoas dentro  costumam lhe dar 'tchauzinho' !  lol  Aliás, este foi  um dos detalhes que mais espantaram minha mãe , quando veio nos visitar pela primeira vez , anos atrás...) 

Nota: Minha mãe mora no Rio de Janeiro.  (  Precisa dizer mais alguma coisa?? )

 

A coisa mais rara  nas ruas  de Austin ( inclusive mal vista !) é um motorista atrás de você lhe dar uma buzinada impaciente , seja porque o sinal já abriu e você ainda não percebeu , seja porque parou por algum motivo e está atravancando a rua  por alguns minutos.

Mas é claro que,  como em todo lugar ,  de vez em quando topamos com algumas figuras  'meio esquisitas' ...( Minha teoria é que se trata de pessoas neuróticas saídas de OUTRAS cidades  maiores e mais 'cosmopolitas' , do tipo NYC,  Houston, Dallas, Los Angeles etc...e sabe-se lá por que ,  resolveram vir  baixar o mal -espírito por aqui ! )

 

 E agora,  just for fun  e  indo contra tudo o que se imagina sobre o Texas ( a caipirice, o conservadorismo republicano, os imensos pastos cobertos de estrume e pipocados  de bois e cavalos,  os rodeios, os cowboys ...) , eis alguns lugares e programas 'bastante civilizados' , lol, que podemos encontrar nesta despretenciosa capital de estado:

 

1)  O Museu do French Legation-  a casa de madeira mais antiga da cidade ( simples para os padrões atuais , mas que  na época de sua construção ( 1840) ,  poucos anos após a fundação da cidade,  era considerada o auge do conforto e  requinte!    Foi alí que o diplomata  francês, Dubois de Saligny,  residiu e teve vários  'arranca rabos' com  alguns dos  rústicos habitantes locais...

(Quando cheguei à cidade em 2003 e ainda antes de ter meu greencard, foi lá que trabalhei durante cerca de quatro meses  como guia voluntária ...)

 

2)  O belo restaurante 'Mansion at Judges Hill' ,  no estilo 'E o vento levou'  , cuja construção data de 1895. 

( Eu heim!  A foto que estava aqui era a da fachada do restaurante - que fica tambem no hotel.  Agora apareceu esta do quarto... Vai entender!)

(Foi lá que este ano celebrei meu aniversário de número 44 ...)

 

3)  O Long Center -  o teatro de ópera e balé de Austin.  A construção, toda envidraçada,  oferece uma das melhores vista do skyline ( os prédios no centro )  da cidade...

 

4)   Town Lake  - o parque e a trilha em volta do  rio Colorado que corta a cidade...

 

5)  O campus da famosa e imponente Universidade do Texas  ( U.T.) .

 

6)   Barton Springs - a piscina de água natural ou  a 'praia' dos Austinites no verão.

Detalhe:  a água é corrente e limpa já que a fonte é logo alí...

 

 

   O fato é que a maioria das pessoas conhecem Austin como sendo uma cidade informal,  cheia de gente que gosta de natureza, esportes ao ar livre e muita, muita música.  ( Rock e Country) . ( Além de ser a única cidade do estado com uma maioria de eleitores democratas!)

 Aqui há muitos bares para se ouvir música ao vivo e se você não tiver o gosto musical muito exigente e  sofisticado ( ou seja, gostando principalmente de música  clássica, jazz e bossa nova...),  vai achar que a cidade  tem muita opção musical.

( Confesso que sinto falta de um bom clube de jazz ou piano-bar ao estilo 'Av. Paulista'/ Cerqueira Cesar  por aqui...lol)

 

 Finalmente,   talvez por causa de sua famosa universidade, Austin  é  principalmente uma cidade de gente jovem. Apesar disso, o fato de você não ter mais 20 anos não vai fazer com que se sinta 'fora de lugar' onde quer que esteja. 

O típico 'austinite' é um cara ou uma moça sorridente e boa praça, bem na dele e que  não tá nem aí se você já passou dos 40 e resolveu se tornar seu coleguinha de turma na faculdade local.  

A cidade tambem abriga um número considerável de  casais homossexuais - homens e mulheres - além de uma enorme comunidade latina, hispânica e oriental. 

Em suma:  Austin é ,  acima de tudo,  uma  cidade de inclusão social.

 

 

5 comentários

  • Imagem de perfil

    Pâmelli 06.11.2011

    Olá Vanessa,
    não. Não vale a pena trazer roupas de verão para cá nesta época - ainda mais se você fôr friorenta. Aqui o frio no inverno é como se estivesse na serra aí no Brasil - Teresópolis, Campos do Jordão etc. Às vezes chega até a nevar - embora seja muito raro. A diferença é que todo lugar aqui tem aquecimento , portanto você não sentirá frio dentro dos ambientes , carros etc. Traga pulóvers, calças jeans, de veludo e botas. Você precisará de um bom casaco , mas se ainda não tiver um , compre aqui quando chegar. As coisas são muito mais baratas nos E.U. do que no Brasil. Se tiver boa de grana, recomendo a Nordstrom - elegante loja de departamento e que tem um excelente café dentro. Se precisar economizar, vá até a ROSS , que costuma ter coisas boas e baratas - muitas vezes de griffe. Um abraço,
  • Sem imagem de perfil

    Vanessa Lucas Ribeiro 06.11.2011

    Oi Pâmelli, obrigada pela atenção, gostaria de fazer só mais uma perguntinha: É fácil ou difícil viajar de Austin para Lake Tahoe ou para o Gran Cannyon? Sou bem econômica e vou trabalhar no Omni Hotel aí em Austin, mas, sei que vou ganhar pouco. Quero saber se precisarei levar muito dinheiro para fazer uma viagem de Austin para o Arizona por exemplo. Sei que essas preocupações são meio absurdas, mas, tenho medo de não conseguir ir a lugar algum, entende? A noite parece ser muito boa aí e os pontos turísticos também são lindos, mas, considerando que estarei em outro país gostaria de ir a outros lugares também... Obrigada......

    Vanessa
  • Imagem de perfil

    Pâmelli 09.11.2011

    A maioria das pessoas nos E.U. viaja de avião de um estado ao outro e aluga um carro quando chega no seu local de destino. Os vôos costumam ter bons preços e a Southwest Airlines é uma das mais baratas. ( Você compra as passagens online e imprime o próprio bilhete, mas não há lugares marcados...).
    Dentro do Parque Nacional do Grand Canyon há bons hotéis mas são caros. Contudo nos arredores há lugares mais em conta para se ficar.
    Sugiro que você compre o guia Eyewitness ( o melhor de todos ) , ou sua versão em português no 'Guia da Folha de São Paulo' e leia a respeito dos lugares que deseja visitar e assim possa planejar sua viagem. Tambem não se esqueça de Nova Orleans que fica há apenas 9 horas de carro de Austin e , ao meu ver, é uma das cidades mais interessantes dos E.U. ( principalmente para quem gosta de jazz...).
    Boa sorte!
  • Sem imagem de perfil

    Vanessa Lucas Ribeiro 14.11.2011

    Entendi......... Muito obrigada Pâmelli. Se eu tiver mais dúvidas vou recorrer a você.... Obrigada!!!

    Vanessa
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.