Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Parada Essencial

Benvindos ao "Diário politicamente incorreto da Pâmelli" - uma brasileira/americana childfree, residente nos E.U.A. desde 2003 Viagens, cultura, desabafos e muito mais!

Parada Essencial

Benvindos ao "Diário politicamente incorreto da Pâmelli" - uma brasileira/americana childfree, residente nos E.U.A. desde 2003 Viagens, cultura, desabafos e muito mais!

Vida de estudante de meia idade...

Pâmelli, 13.02.10

 

 

Categoria de post :  diário

 

 Bom,  e por aqui continuo  com MUITA, MUITA leitura no Community College - fora os trabalhos de casa.

Ao todo, resolvi seguir três cursos este semestre : Cultural Anthropology , American History e...a obrigatória Matemática ! Humph.

( De início havia me inscrito em mais um curso  ( English Composition) , mas  acabei desistindo pois cheguei a conclusão que não daria conta de tanta coisa! 

Afinal ainda continuo casada ,  dona de casa   e professora part-time....

Sem falar que não posso deixar de subir os degraus de meu stair-master  na academia pelo menos duas vezes por semana! ( O coração e o traseiro agradecem... lol)

 

Até agora já foi muita coisa interessante que aprendi , principalmente em relação à Antropologia. 

Voilà , por exemplo,  dois pontos que achei de especial interesse:

1) Nos Estados Unidos ( ao contrário da Europa),  o curso de Antropologia inclui obrigatoriamente 4 áreas :  Physical Anthropology ( a biológica),  Archaeology ( arqueologia), Linguistics ( linguística) e  - o curso que estou seguindo no momento -  Cultural Anthropology ( a social).  

Pessoalmente,  penso que o 'Physical'  e  o 'Anthropological' devam ser os mais interessantes já que são os que englobam os estudos das origens do  Homo Sapiens  e o  das antigas civilizações humanas...

2) De maneira simplificada ( nem sempre verdadeira,  mas o mais comum de se ver...) ,  a diferença entre um antropólogo e um sociólogo é que o primeiro costuma viajar e estudar países e sociedades mais  'primitivas'... Já o segundo costuma fazer suas pesquisas no mundo industrializado.  Daí que países como o Brasil frequentemente despontam em algum estudo antropológico aqui e alí...  (Só que nestes casos,  os antropólogos não costumam seguir para as grandes cidades e sim para aqueles lugares lá no interior do país onde Judas perdeu as botas !! )

No meu livro de Antropologia , por exemplo, tem VÁRIOS textos sobre estudos que foram feitos no Brasil e em um dos textos eles falam de um tal lugar na Bahia chamado Ambepebe...

( W(where)TF is that???

 

 Finalmente,  estou satisfeita com meus três professores.

A antropóloga é uma moça nos seus trinta anos,  visivelmente apaixonada pela profissão.

De quebra gostei do seu sotaque - que NÃO é texano e sim canadense! lol

( É interessante notar que o inglês falado no Canadá se parece muito com o inglês americano  standard  BEM FALADO e ARTICULADO; já o francês canadense é feio de doer!!!  - principalmente quando comparado ao francês original da França...)

 

O professor de História Americana  deve  ter uns cinquenta e tantos anos  e é ENORME! 

Mr. D.   só usa calças  com suspensórios e camisas boas, de griffe  :-) . ( Suponho que tenha sido um yuppie na juventude...:-) 

E sim,  às vezes , por alguns segundos , eu me esqueço dos índios, de Colombo e dos pilgrims  enquando observo o cavalinho Polo  bordado em seu bolso esquerdo . ( Eu sempre gostei de camisas Polo masculinas , lol).

 

Anyway,  American History é uma  matéria bastante  interessante ( pelo menos eu acho...)  e esta semana  estamos estudando a sociedade puritana  no estado de Massaschusetts  no Século 17 . (   Estou até lendo um livro  -' Judge Sewall's Apology' - que é a biografia do ÚNICO juiz que participou dos processos contra 'as bruxas de Salem' e que depois se arrependeu e pediu perdão publicamente.)  

Casseta, a  coisa naquela época era PRETA mesmo.

Eu, se tivesse vivido naqueles tempos,  provavelmente teria sido enforcada!    Ou melhor:  teria me auto-exilado na  colônia de Rhode Island, que era a mais tolerante e aceitava todo tipo de gente e crenças . 

Na verdade, acho que  durante o período colonial americano,  Rhode Island devia ser como a cidade de Austin aqui no Texas hoje em dia :  o  ÚNICO  pontinho  liberal e democrata , situado  bem no meio de um estado  cheio de  gente  republicana e ultra conservadora !!

( Um dia destes ainda  pretendo escrever um post  sobre Austin...) 

 

 

Mas voltando aos professores...

O de matemática ( pra minha sorte , que sempre fui ruim na matéria ...Além de não ter o menor tesão pelo assunto...) é  bonitão , boa praça e divertido .   Que sorte!!

 Por fim, os livros ( das três matérias) são todos excelentes - inclusive ,  believe it or not,  o de matemática.

 Resumindo:  Minha impressão com o Community College  de nossa cidade realmente não poderia ser melhor.

 

Alguem mais por aí a fora anda tão bem impressionado  e satisfeito com seu Instituto de Ensino Superior??

 

P.S.   E a propósito:  Amanhã é Valentine's Day ( Dia os Namorados) e no dia seguinte é meu aniversário!  

Nada mal, heim?

( Como vêem,   não sou o tipo de pessoa que fica deprimida no dia do seu aniversário.

É que eu sempre achei que este é o SEU dia;  o dia que o MUNDO ganhou VOCÊ de presente ! :-)))  

E tambem o dia em que você deve receber ( ou pelo menos se dar...)  alguns.