Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Parada Essencial

Benvindos ao "Diário politicamente incorreto da Pâmelli" - uma brasileira/americana childfree, residente nos E.U.A. desde 2003 Viagens, cultura, desabafos e muito mais!

Parada Essencial

Benvindos ao "Diário politicamente incorreto da Pâmelli" - uma brasileira/americana childfree, residente nos E.U.A. desde 2003 Viagens, cultura, desabafos e muito mais!

O magnífico Metropolitan de N. Y.

Pâmelli, 16.04.09

 

 

Então após deixar o Frick Collection,  pela altura da rua 70,  continuei ao longo da Quinta Avenida durante mais umas 12 quadras, até a rua 82 , onde fica o Metropolitan Museum of Art.

 

Eu  já  tinha caminhado  perto de  40 quadras ( já que nosso hotelzinho ficava na rua 46...)  ,  era quase uma hora da tarde e eu precisava urgentemente de uma PAUSA!   Precisava repôr algumas calorias ,  descansar um pouco os pés e as pernas ...  Foi então  que lembrei de minha última ida ao Met , dois anos antes,  e de seu ótimo restaurante!  lol

Uma dica:  Quando fôr ao Museu do Metropolitan,  a menos que esteja  realmente contando os centavos na carteira ou empencado com a família inteira ( incluindo as crianças),  NÃO coma na cafeteria! 

Ao invés disso , siga para o restaurante  todo envidraçado,  com vista para o Central Park !    O serviço é excelente, o  cardápio  à la carte é variado ( Uma entrada, taça de vinho e prato principal lhe custará entre 30 e 40 dólares...)  e isto lhe proporcionará todo o descanso e a energia necessária para depois poder apreciar  devidamente toda a riqueza cultural que aquele museu  fantástico tem a lhe oferecer!

 

Portanto  foi  para lá  que eu segui  assim que comprei minha entrada .

Tive de esperar cerca de meia hora na fila e acabei  conhecendo uma senhora de Connecticut que,  naquele dia ,  tambem estava visitando o museu por conta própria .  Resolvemos almoçar juntas e dividirmos  uma pequena mesa para dois , desta forma ganhando  tempo.

 

A primeira vez que estive no Met,  em 2007,  passei  literalmente o dia todo alí. lol

Apesar disto,  só pude conhecer a parte do Egito, Grécia e Roma Antiga ( que  é  absolutamente fantástica !  -  em especial o do Egito antigo...)

Muitas pessoas querem ver MUITO em um único dia ou em poucas horas , mas não creio que isto seja uma boa idéia.   O melhor, penso,  é escolher um ou dois setores do museu que  REALMENTE lhe interessam  e se concentrar neles.  Arte Americana,  Africana, Medieval, Bizantina, Grega, Romana,  Egípcia, Européia...É só escolher.

Desta vez,  apesar de ter acabado de sair do Frick ( que possui principalmente arte européia ) foi novamente para este setor do Met que eu resolvi seguir.

 

Eis alguns dos meus 'momentos mais inspiradores '  por lá  :-)

 

1)

A morte de Sócrates , por Jacques-Louis David , francês , Século 18 

 

2)  

 Vermeer,  pintor holandês ,  Século 17

 

3)

 Bruegel e suas famosas cenas de camponeses,  holandês  , Século 16

 

4)

Gainsborough , pintor inglês , Século 18

 

5)

 Goya,  espanhol,  Século 19

 

6)

Outro Vermeer...

Alguem assistiu ao filme ' The Girl with the pearl earring'  ( A moça com o brinco de pérola?)  , com Scarlett Johansson??

Eu diria que foi este o quadro que inspirou o livro,  que depois virou filme...:-)

 

7) 

 Gostei demais deste Cristo , de Zurbarán...

Pintor espanhol , século 17

 

8)

E que tal este lindo Frans Hals?   (Holandês, 'Século 17)

 

 

 ( O Hall de entrada do museu, visto do segundo andar)

 

 

Afinal,  vale ou não a pena passar um dia inteiro no Met? lol

 

Pessoalmente,   não trocaria isto por nenhuma Bloomingdale's,  Macy's  ou Saks da vida...

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.