Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Parada Essencial

Benvindos ao "Diário politicamente incorreto da Pâmelli" - uma brasileira/americana childfree, residente nos E.U.A. desde 2003 Viagens, cultura, desabafos e muito mais!

Parada Essencial

Benvindos ao "Diário politicamente incorreto da Pâmelli" - uma brasileira/americana childfree, residente nos E.U.A. desde 2003 Viagens, cultura, desabafos e muito mais!

St. Augustine- a verdadeira pérola da Flórida

Pâmelli, 20.03.12

Bem,  esta semana já estamos de  volta à Austin e ao batente ( dos estudos e trabalho).

Mas hoje venho  ao Parada para  deixar umas fotos que tirei durante nossa semana na Flórida – mais especificamente na cidade histórica de Saint Augustine!

 

O lugar é de se tirar o chapéu .  Dez vezes.   Aliás, pra mim,  é a cidade mais bonita, a mais charmosa  e definitivamente, a mais ‘européia’   da Flórida!  – e possivelmente dos States.  Coloca Miami e todas as outras da ‘salsicha’  no chinelo.

 

Eis alguns fatos  interessantes sobre essa pequena pérola no sul dos E.U. :

 

 - St. Augustine  foi fundada  em 1565 ( a mesma data da fundação da cidade do Rio de Janeiro! ) pelo espanhol  D. Pedro Menéndez de Avilés .   Em 1513 ,  outro espanhol ( Ponce de León),  havia descoberto a Flórida, que então  passou a pertencer à Espanha.

 

-St. Augustine é a cidade mais  antiga dos E.U.A.   Mesmo!

 

- Está localizada na costa  leste  ( daí que tem uma ótima e longa praia ),  no Oceano Atlântico,  a  umas quatro horas ao norte de Miami.

 

- A população fixa de  St. Augustine  tem apenas cerca de 20.000 habitantes . A cidade é portanto pequena e lá o turista pode tranquilamente dispensar o seu carro ( coisa impensável em 99% das cidades americanas…)  e fazer todas as suas excursões e explorações a pé – ou simplesmente tomando o bondinho turístico .

 

-Apesar de ter uma bela universidade ,  A Flagler College,   St. Augustine não é cidade de garotada.  O típico turista que vai para lá é um casal de meia idade,   bem de vida e interessado em história e gastronomia   -  e frequentemente acompanhado do seu  baby ( que é, naturalmente , um cãozinho !  lol).

Nota:  o balneário para as  GRANDES FAMÍLIAS eu diria que  é mais  em baixo …Ao  sul de St. Augustine,  e  se chama  Daytona Beach. ( Tô fora!)

Ou Orlando,  é claro ,  por causa da  Disneyworld...

 

 - Last but not least,  para quem gosta de comprar compulsivamente ( por exemplo,   o típico turista brasileiro...),  St. Augustine não decepciona .  Nos arredores da cidade há um outlet mall com todas as lojas de grifes onde você pode gastar tudo o que tem,  e o que não tem também.   (Essa foi a única parte da cidade que eu não fiz questão de conhecer, ( pelo menos desta vez)  já que não sou  fanática por compras...)

 

E agora,   algumas fotos que tirei  da minha cidade preferida na América:

 

   -O Forte San Marcos, de 1695

  

   - Avilés Street-  a rua mais antiga dos E.U.  Ali há um ótimo Café cubano para se comer empanadas e em breve haverá também um restaurante brasileiro, ao lado.

 

    -Bridge of Lions: a ponte com duas estátuas de leões e que nos leva para a Praia de St. Augustine, do outro lado da ilha.

   

                                                                           

                                                                         

                                                        

- o Café Hidalgo - um ótimo lugar para se comer tapas e se beber um vinho no happy hour.  Do balcão  do segundo andar, podemos ver o pessoal passeando na rua lá em embaixo.  

 

 

   - a linda Universidade Flagler,  construída para ser um hotel de luxo no século 19.  

   - Henry Flagler,  o magnata que tinha 3 hotéis de luxo na cidade então...

  

 

 - Dá pra acreditar que este é o prédio da delegacia em St. Augustine?? lol

 

 - o bondinho passando pela linda Magnolia Street  ( toda recoberta de árvores!)

     - O charmoso Sara's Café . Comida russa e um ótimo lugar para se tomar um sorvete no final do dia. A  dona acabou de fazer cem anos!                    

                                                      

                                                                                              

 

 - O local onde D. Menéndez mandou rezar a primeira missa , em 1565.

 

  - Veleiros ao lado da ponte

 

  -  O 'típico' casal que visita St. Augustine , lol. 

 

   - Uma jovem surfista ( certamente uma habitante local).

              

 

 Pássaros felizes.  {#emotions_dlg.smile}Afinal , eles moram em St. Augustine! 

 

 

 

 

Com o pé-na-estrada

Pâmelli, 13.03.12

 Pois é.  Já estamos  on the road again e ( naturalmente) de volta a Flórida!

Acontece que esta é a semana de Spring Break ( as ‘férias da primavera’ dos Americanos ) e portanto quando  as escolas e universidades por aqui interrompem suas aulas por uma semana.   É a chegada oficial da primavera!

Somente hoje cruzamos  TODO  o norte do  estado da Flórida , do  oeste ao leste, ao longo de uma única rodovia em linha reta - a Interstate 10.  Nosso destino?  O charmoso balneário de Saint Augustine, onde já estivemos em 2010, e que é  minha cidade preferida , no meu estado preferido.

 

A viagem  do Texas até a Flórida ( de carro)  leva dois dias.

Ontem,  cruzamos os estados da Louisiana, Mississippi e Alabama e chegamos até a cidade de Pensacola, já na Flórida.  Quase ninguém faz isso aqui na América :  viajar de carro!  Lol  ( Ainda mais uma distância dessas…).  Mas nós gostamos de dirigir entre os estados – afinal as estradas são ótimas,  quase todas em linha reta,  com motoristas responsáveis e sem o perigo de assaltos. É uma ótima maneira de se conhecer verdadeiramente o país,  suas estradas e a topografia típica de cada estado.

 

Então hoje deixo aqui algumas fotos que tirei pelo caminho  enquanto cruzávamos  a  Louisiana.  – o mais ‘francês’ de todos os estados Americanos.   Dessa vez não deu tempo de pararmos em New Orleans ( que eu adoro!) mas ainda assim,  a influência francesa está por toda parte , até mesmo nas estradas!   

A Louisiana é uma espécie de” Bahia dos Estados Unidos ”,  e New Orleans,   a sua Salvador!  Lol .  Afinal ali uma grande parte da população é negra,   sua  culinária  exótica  e apimentada é  conhecida nacionalmente,  assim como a sua música.  Só que no caso de New Orleans não estamos falando de axé, e sim de jazz! {#emotions_dlg.smile}

  

Ao cruzarmos o estado do Mississippi,   fizemos um pit-stop mais do que merecido na  cidade-cassino de Biloxi ( que não é nenhuma Las Vegas , mas ainda assim é bem charmosa e agradável…). Ao chegarmos ali, e ainda no carro ,  trocamos  por uma  roupa melhor,  pusemos um perfuminho , lol , e bem disfarçados de 'civilizados',  ( ninguem diria que estávamos dirigindo há mais de dez horas!!)  aproveitamos para jantar no Hard Rock Hotel & Cassino.  ( Há cinco restaurantes no hotel , inclusive um Hard Rock Café , é claro…  Mas o que recomendo é o ‘Vibe’ -  aconchegante, romântico,  com pianista e um excelente cardápio de sushi  além de outro com  comida internacional.  E o melhor:  com preços super razoáveis! )

A verdade é que lá em casa ninguem é chegado à jogo, mas pessoalmente,  adoro os hotéis-cassinos  - que são  sempre animados,  com bons restaurantes e casas de shows.

 

Por fim,  ao  deixarmos Biloxi, ainda dirigimos umas duas horas até cruzarmos a fronteira e chegarmos à Pensacola, na Flórida. 

De lá até Saint Augustine são cerca de sete horas a mais, mas podem crer que vale a pena.  A cidade é linda - e única.   

 

 

Eis  alguns shots de nosso longo percurso através de  quatro estados americanos:

 

 

 1) Na estrada, ao cruzarmos a fronteira do Texas e entrarmos na Louisiana, a placa de 'benvindos' nas duas línguas - inglês e francês - e a flor de lis , que é o símbolo da monarquia francesa...

 

2) Tambem vimos vários  anúncios de estabelecimentos que vendiam boudin, um tipo de salsicha bem típica francesa...

 

 

3) Visão de um dos vários pântanos da região.  Mais uma 'marca' da Lousiana...

  

 

4) E já no Mississippi,  o Hard Rock Hotel Cassino .  A guitarra, naturalmente,  é o seu símbolo.

 

 

 

5) O cassino dentro do hotel - com guitarras em néon por todos os lados...lol  O lugar fica muito cheio e animado no sábado à noite.

    Para o pessoal mais jovem ou informal,  o Hard Rock Café é uma boa pedida.  Já para os mais exigentes ... o Vibe Restaurant é a melhor opção.

 

 

 

E agora ficaremos em St. Augustine a semana toda. 

É aguardar o próximo post.