Quinta-feira, 15 de Dezembro de 2011

O belo estado do Colorado

 Categoria de post:  turismo,  diário

 

Depois de 5 dias no Colorado , já estamos de novo com o pé na estrada e voltando  para o Texas.

Em Breckenridge,  aproveitamos para encontrar  com meu cunhado e sua mulher,   esquiar direito  ( meu marido)  ou praticar o  “esqui dos bundões” ( Eu, lol, que  só fiquei  no setor dos iniciantes,  na parte baixa da montanha...).  Tambem comemos bem  ( cá entre nós, a comida no Colorado  é BEM  melhor do que no Texas!) e claro,  relaxamos no hot tub  do nosso  hotel , que fica ao lado da piscina e com  uma linda vista para as montanhas.   

 

Como já escrevi em detalhes sobre a região ,  (A ver os posts com tags de “Colorado”) ,  hoje deixo aqui  principalmente as fotos que tirei de Breck e seus arredores.

 

1)      A Main Street  - a rua principal da cidade com suas construções típicas  no estilo Western ,  muitas das quais datam de meados de 1900’s ( a época da descoberta do  ouro na região e da fundação da cidade).  Nesta época do ano fica tudo decorado para o Natal, com direito a snowmen e tudo :-) 

 

2)      Os arredores de Breckenridge,   onde há várias outras estações de esqui   ( Keystone,  Arapahoe  Basin , Copper Mountain ,  Beaver Creek, Winter Park etc. ), menores e menos conhecidas, mas igualmente charmosas.

 

3)       O Lago Dillon  nesta época parcialmente congelado .

   

4) A pequenina Frisco , que fica  a apenas  nove milhas ( cerca de 15 km)  de Breckenridge, tem o excelente  Steak House  ‘Silverheels’  ( o nosso preferido na região) , assim como um ótimo  pub/cervejaria  chamado  Backcountry Brewery.  O lugar é  perfeito para um happy hour no final do dia.  Nota : as potato skins  ( batatas de forno) e a pizza  são  muito boas ( mas atenção: as porções são ENORMES!).  O lugar tem um ar de pub rústico aconchegante,  com vista para a Marina no  Lago Dillon.

                                                                                                                                                                             ( foto tirada ao pôr-do-sol)

 

5) Por fim,   a vista que temos ao longo da estrada   entre Breckenridge e  Denver, a  capital do estado.  ( Aliás,  a cidade definitivamente vale uma visita!).   O percurso dura cerca de duas horas  e  as várias cidadezinhas  incrustadas  no  meio das Rocky Mountains são  uma graça -  em especial Georgetown e Idaho Springs. Muitas delas são antigas cidades mineiras mas que hoje vivem do turismo ou , como Breckenridge,  do esqui. 

 

---

Cerca de duas horas após deixarmos  Breckenridge,   aproveitamos para dar uma parada  no centro de Denver e conhecer o Denver Art Museum.  É  que eu estava curiosa para ver  sua construção em estilo  Deconstructivist ( Arquitetura Desconstrutivista)  que acabei de aprender em meu curso de História da Arte. 

 Realmente vale a pena ir até lá  só para  ver o projeto! O acervo do DAM  é principalmente de Arte Contemporânea  (que eu não gosto nem um pouco).   Contudo,  há um setor de Arte Africana e da Oceânia bastante interessantes,   um de Arte Pré-Colombiana  (que não tivemos a ocasião de ver)  e um pequeno, mas excelente,  de Arte  Moderna, europeia e americana.  Vejam alguns de seus highlights :

  

Um Monet -  A ponte de Waterloo... , uma paisagem de Pissarro e uma camponesa de Millet...

 

Sem falar nestes dois   que tambem gostei bastante , mas cujos nomes dos artistas não me recordo .    O primeiro é de um americano;  o segundo (com o cachorro) , feito com pedaços de jornais,  é de um artista dinamarquês.

 

Mas,  a verdadeira estrela do Denver Art Museum  é,  sem dúvida, a construção em si - tanto por dentro quanto por fora !  

  

 

sinto-me: Inspirada pelo Colorado
publicado por Pâmelli às 16:48
link do post | Comentários | favorito
Terça-feira, 13 de Dezembro de 2011

Houston, Texas : a São Paulo do Primeiro Mundo

Categoria de Post:  turismo, arte,  cultura

 

Agora que estou de férias e relaxando aqui em Breckenridge ( Colorado) ,volto atrás uma semana para escrever sobre nossa visita sábado passado  ao Museum of Fine Arts de Houston.

Nossa curta escapulida até a maior cidade do Texas (e a quarta maior dos E.U.) se deu na sexta-feira.   Dirigimos 3 horas até lá, passamos a noite,  e no dia seguinte seguimos para o MFA , que é   o mais importante da cidade e o maior do Texas.

 

O que fomos ver lá?

 A exposição “Tutankhamun, the Golden King and the Great Pharaohs …”  ,  sobre o antigo Egito e o mais famoso de todos os seus faraós : Tutankhamun , cuja  tumba,  repleta de tesouros ,   foi  descoberta em 1922.

---

O MFA de Houston fica em uma bela  área  da cidade chamada de Museum District .

Ao chegarmos à cidade, minha mãe ( que sempre vem pra cá nesta época do ano…) imediatamente  comentou :

-Puxa, como esta cidade lembra  São Paulo!

De fato,   Houston lembra muito S.P.  -  mas a parte RICA  da cidade !!  Aliás,  a área do Museum District é a cara dos Jardins.  O centro é cheio de belos prédios,  tudo muito moderno e  iluminado, com milhares de viadutos de vias expressas -  só que ao contrário dos de São Paulo, estes são   sem pichação ou gente  morando debaixo. 

As ruas de Houston são  largas ,  limpas e sem buracos e  não há  qualquer  sombra de mendigos  ou pivetes.  E quanto à favelas  … ( se em S.P., elas ficam principalmente na periferia da cidade - e não BEM DENTRO dela e ao lado dos melhores bairros , como é o caso do Rio de Janeiro…) , em Houston elas são simplesmente  inexistentes.

O  risco de alguém ser assaltado por lá?   

É o mesmo de um brasileiro sofrer um atentado terrorista em  plena Avenida Paulista! Ou seja:  Impossível não é. Mas é muito, muito pouco provável.

Pois é, caros amigos.  Este é o retrato da  América atual , que ‘ficou pobre e está em decadência…” ,  coitadinha.

 

Ok,  mas voltemos à múmia mais famosa da antiguidade…

A exposição do King Tut  vai estar no MFA de Houston até abril de 2012 , e além desta,  havia mais outras três exposições temporárias  igualmente interessantes :    uma sobre  o “Luxo do Barroco na França do  Século 18” ,   uma sobre as Arábias e a outra sobre os grandes Mestres holandeses!   Tá bom , ou quer mais?  

Infelizmente como estávamos com o tempo limitado, tivemos de nos contentar  em visitar somente a do King Tut ( alias, a razão de nossa viagem até Houston)  e dar uma  rápida passagem pelo acervo permanente de pinturas europeias do museu.

---

Quer saber?   Eu tiro o chapéu para o MFA de Houston!    Quem dera que tivéssemos em Austin um museu deste porte.  A coisa melhor que temos por lá  ( em termos de museu…) é o Bob Bullock , especializado na História do Texas.  ( Este até é bastante interessante e fica em um belo prédio).  Já o tal do Blanton Museum,  que é o  ‘Museu oficial de arte da cidade’ ...  Arre égua!  Que pobreza.    Ok, o  prédio é até bonito, mas o acervo… *Suspiro*

 

Mas voltando ao King Tut…

O único senão da Expo do Egito é não podermos tirar fotos.   Uma pena,  pois logo na entrada  recriaram uma espécie de tumba, com um vídeo explicativo sobre o Egito Antigo .  Uma vez lá dentro,  são várias as estátuas  que podemos admirar dos  três Reinos do Egito  ( o Old, Middle e New Kingdoms), móveis e até uma latrina da antiguidade!  Lol  Já na parte da tumba do King Tut, podemos ver  jóias magníficas  que estavam sobre sua múmia , vários artefatos, estatuetas e até alguns coffinettes  ( espécie de  ‘tumbinhas’ do faraó,  lindamente decoradas em ouro, turquesa e outras  pedras preciosas,  e que era  onde se colocavam os órgãos do  morto –  o que fazia parte  do processo da mumificação… ). Tem  até  uma cópia idêntica à  múmia  do faraó ( já que a original se encontra no Egito e jamais saiu de lá ).

 

Bom,   se não pude tirar fotos dos tesouros do King Tut,  ao menos pude registrar o  prédio do museu , assim como algumas  das pinturas de seu acervo permanente.

 

Eis aqui alguns dos quadros que mais gostei nos setores do Século 19 e 20 de Arte Européia  . (  A coleção vai dos Séculos 14 ao 20, mas só tivemos tempo de  visitar os dois últimos ).

 

 

  Este Manet de pescadores foi o meu preferido...

  Um Picasso bem doidaço...

 

   

 Um charmoso Kandinsky, um Van Gogh e um Monet quase abstrato.

                                         (Estes são os que me lembro)

 

 Já estes de baixo eu tambem adorei, só que não me lembro dos nomes dos artistas.  Preciso ver no catálogo  que comprei na lojinha do museu e que ficou lá em casa , em Austin.  Imaginem,  um lindo catálogo da coleção europeia do MFAH,   por apenas 5 dólares!!

 

Les voilà:  ( Não são lindos?) 

 

    

 

 

 

 

sinto-me: Tirando o chapéu para o MFAH!
publicado por Pâmelli às 06:37
link do post | Comentários | favorito
Sexta-feira, 9 de Dezembro de 2011

Escrevendo do carro, no buraco do nada...

Categoria de post: diário,  viagem

 

Ontem,  Graças à Deus, terminei minha última prova do ano no Community College e  até o ano que vem estou livre dos estudos! {#emotions_dlg.smile}

 

Agora estamos aqui no meio do NADA , na estrada,  e acabando  de entrar no estado do Novo México.  Nosso destino é a pequena Breckenridge  (estação de esqui), no belíssimo  Colorado.  ( Já escrevi mais de um post sobre o lugar,  portanto se quiserem saber mais ,  é só procurar nos tags de ‘Colorado’ …)    Alí meu  hubby aproveita pra pôr o seu esqui em dia e eu a leitura – e por  que não,  o blog!  lol -  em meio  às magníficas Rocky Mountains .  Ah,  o Southwest tem algo de mágico...

 

A viagem de carro de Austin ( Texas) até Breckenridge  dura dois dias – cerca de 9 horas cada. 

Saímos ontem de tarde,  e depois de dirigirmos mais de 11 horas (parando pra dormir  na cidade de Amarillo), só agora conseguimos deixar o Texas !  Dá pra acreditar??   Esse estado  MONSTRO  parece que nunca acaba…

Mas enfim,  o trecho do Novo México  ( o qual estamos percorrendo agora ) será  curto e logo depois entraremos  no Colorado. 

Belo, belo estado americano!!  Esse sim,  com suas montanhas imponentes e lindos lagos ( nesta época do ano congelados).   Cá entre nós, o Colorado,  em matéria de beleza, dá de 1000 no Texas!

 

Mas por enquanto  ( no estado do Novo México) , esta é a paisagem que temos a nossa  volta.    E só.

 Mas ainda estamos muito perto do Texas.  Daqui a pouco vai ficar bem mais bonito , com cara de filme de cowboy– o verdadeiro Southwest Americano! {#emotions_dlg.smile}

As ‘cidadezinhas’ que nos aparecem a cada duas horas…. Arre égua!  Cada buraco mais deprimente que o outro ,  com meia dúzia de barracos ( não barracos no estilo ‘favela brasileira’ ,  mas no estilo ‘casebres à la Chernobyl’ ) com nomes de lojas,  restaurantes e até hotéis  onde nem mesmo o mais cansado e esfomeado dos turistas jamais pensaria em entrar.   Os lugares parecem mesmo com Chernobyl   depois da explosão nuclear.  Só sobraram três gatos pingados pra contar a estória.

Quanto a comida na estrada…  Com sorte você topa com  um Mac Donald’s.  Com mais sorte ainda, um Subway...

 

Ok,  pelo menos os postos de gasolina têm banheiros decentes  - afinal isto é a América. 

A estrada tambem,  é de mão única e em linha reta, com  o asfalto  liso e perfeito  como a pele da Claudia Raia.  O céu está  azul e límpido , apesar da temperatura de 2 graus negativos.  Contudo, muitos trechos têm limite de velocidade de 55 milhas ( muito devagar).  E claro que há policiais na moita, só esperando pra lhe dar uma multa. Pelo visto é assim que se ganha um dinheirinho e se revitaliza um pouco a economia  nesses buracos no meio do nada! lol

 

Agora a pouco avistamos um Correctional Facility ( um belo eufemismo pra PENITENCIÁRIA…)   não muito longe da estrada.  Aliás,  o lugar é  ideal para se construir um presídio ,  não é?    Nota:  Ao  longo da estrada vemos mais de uma placa  dizendo  :    “ Favor não dar carona à ninguem”.   (Principalmente se estiver  usando  um macacão alaranjado  , suponho eu…)

 

Afinal agora  a paisagem melhorou  bastante.   Estamos no meio do deserto do Novo México  e a impressão que se tem é de que a qualquer minuto um bando  de índios a cavalo vai surgir no meio deste descampado ou no alto de um dos morros. 

 

 Ah e vejam só, um vulcão !   Este,  se me lembro bem do curso de geologia,  é do tipo ‘composite’ .  Deve ter sido perigoso no passado mas agora está extinto.  Seu nome é Capulin.  Pena que não temos tempo pra explorar, já que  temos um longo caminho até chegarmos ao  alto da montanha na bucólica Breckenridge...

 

Mais depois.

 

P.S.  Este post acabou de ser publicado de um Mac Donald's com Wifi , em uma dessas cidadezinhas no meio do nada...

 

 

sinto-me: Feliz por estar de férias!
publicado por Pâmelli às 21:58
link do post | Comentários | favorito
Quinta-feira, 1 de Dezembro de 2011

ARTE - que arte??

Ai que bom! Só mais uma semana e estou livre dos estudos,  e de férias da faculdade!!

Ufa.   Nem vejo a hora de poder descansar e poder  ler somente o que me der na telha.

Um romance bobo.  Minhas revistas VEJA atrasadas…  Meus sites e blogs preferidos na Net…  Os  resumos da novela idiota das oito, no Terra...  É sério.

 

Este semestre foi duro .  Interessante, mas DURO. 

O curso de geologia,  com o meu professor cientista, dificílimo!  ( Tou suando pra me sair com um B …)    O de História da Arte idem. (Mas pelo menos neste estou com média A...) 

 

E por falar em Arte...

Neste  final de semestre,    que coisa MAIS CHATA o estudo da ‘arte’ do Século XX!  Aliás, que piada. 

Nunca vi tanta coisa horrorosa, deprimente e sem a mais remota gota de talento - intitulada de 'arte'.  Humph.    

Até a primeira metade do século passado ainda vai.   O Cubismo de Picasso,  o Surrealismo do Dalí.  Mas depois….Quelle horreur!!

Ok,  eu não sou, nem nunca fui,  uma pessoa apaixonada pelo Século XX  - tirando a medicina e os transportes.  Mas mesmo assim,  a suposta 'arte' desse nosso século é ruim DEMAIS!

E esse monte de termos inventados ( Superrealismo, Suprematismo, Futurismo, Desconstrutivismo, Minimalismo e por aí vai...) - Quanto blábláblá, pra tanta porcaria! ( Com uma ou outra exceção). 

E pensar que no passado, um século INTEIRO  tinha apenas dois ou três ISMOS a definir sua arte (Classicismo, Neo-classicismo,  Romantismo,  Realismo,  Impressionismo etc)  -  e que ARTE!!

 

Enfim,  como por  estes dias só o que tenho tempo de fazer é estudar,  fica aqui hoje no Parada umas pictures bem divertidas que recebi esta semana de uma amiga.

 Pelo menos NESTE tipo de arte, o século XXI até que tem algum talento…{#emotions_dlg.happy}

 

---

Vejam só como eles existem de verdade!!  lol

 

  

   

sinto-me: Cansada, mas divertida
tags: ,
publicado por Pâmelli às 16:56
link do post | Comentários | favorito

.Mais sobre mim

. Meu Livro

COPADRAMA

- A Brazilian Tragicomedy

(um romance em inglês de I. Pamelli M.)

. Comprar na AMAZON.com

.Janeiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Romance para este inverno...

. Visita ao maior Santuário...

. Dica de leitura para este...

. Leitura de verão: Três ro...

. Copadrama -Uma tragicoméd...

. De volta , mas nem tanto....

. Loucura, desgraça e um sh...

. Sorria, você está na Flór...

. De novo rumo à Flórida

. Safari Africano, Texas st...

.arquivos

. Janeiro 2018

. Novembro 2017

. Junho 2017

. Abril 2016

. Julho 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds