Sábado, 28 de Agosto de 2010

Chá pra mim...Só se fôr o ' afternoon tea' dos inglêses!

 

Categoria de post:   humor  childfree

                                 politicamente incorreto 

 

 

 

Se tem um coisa da qual eu FUJO igual gato foge de água e o diabo da cruz...  São 'baby showers'!! ( Chás de bebés )

 

Aquela concentração de mulheres ( pois os homens costumam ser poupados de tais  'programas- de- índio...) , e o falatório principalmente girando em torno de 'partos,  fraldas, mamadeiras, chocalhos e sei lá eu mais o quê!

 URGH!   Ninguem merece.

 

Logo que cheguei aqui nos E.U. fui convidada para um desses 'programaços' e nem  posso descrever o quanto padeci naquela tarde. 

Desde então , prometi a mim mesma nunca mais participar de algo parecido. 

( Hoje, o que faço é o seguinte:  mando um  cartão, um belo presente - pois afinal  este é o principal  objetivo de um chá de bébé : ganhar presentes para o bébé !!- e uma desculpa por não poder ir ao 'evento'.  Voilà: mission accomplished.

 

  Umas das muitas vantagens que temos depois dos 40, é que  chegamos  à seguinte conclusão:    não importa o que você  faça ou deixe de fazer...Sempre haverá aquelas pessoas que gostam , simpatizam e a admiram pelo que você é.   E aquelas que nunca vão passar a gostar , simpatizar ou admirar você pelo que você finge ser e não é! 

Seus 'santos' simplesmente não se cruzam.   ( E às vezes essa pessoa pode ser uma prima , uma tia,  um irmão ou até mesmo seu pai ou sua mãe ! ) Culpe a  astrologia, se quiser.  Mas  o fato é que , mesmo que você tente se anular e fingir ser outra coisa, o máximo que conseguirá  vai ser  evitar um 'barraco'   familiar.  E , é claro,  continuará sendo o primo, a irmã ou filho 'preterido'...

 

Mas,  voltando ao tópico deste post ( humor e childfreedom )...

 Esse foi o cartoon  ( ver o url abaixo)  que vi esta semana em um de meus

 childfree sites preferidos.   

Needless to say,  a comunidade childfree adorou !

 

  Já o mesmo não se pode dizer dos pró-natalistas  ( que subiram nos tamancos e enviaram milhares de comentários politicamente corretos ou indignados contra a charge de Scott Adams) 

 

Para ver a charge ,  o jeito agora é dar um pulo até o blog da Mandy ( www.childfreedom.blogspot.com)  pois no site do Scott Adams já mudou ( ou foi censurada!!)  

 

 

sinto-me: Divertida com Dilbert!
publicado por Pâmelli às 22:04
link do post | Comentários | favorito
Quarta-feira, 25 de Agosto de 2010

Aspen , árvore da fortuna ou o cenário perfeito para Jane Austen...

A vista da cidade enquanto subíamos na 'gôndola'...

 

Categoria de post:  turismo/opinião

 

Ok, eis as minhas impressões ( muito pessoais!) sobre a estação de esqui mais famosa dos E.U.; aquela frequentada por tantas 'celebridades' , tanto locais quanto internacionais.

 

Em primeiro lugar, é bom lembrar que foi no verão que estivemos lá . O belo e agradável 'verão' nas montanhas, a mais de dois mil metros de altitude...

Em segundo...Bem, não sou esquiadora. Portanto minha perspectiva é a da 'pura e simples turista' - uma turista, diga-se de passagem, mais interessada em 'cultura, história e gastronomia', do que em compras!

 

Sendo assim, comecemos pelo lado positivo :

 

A cidadezinha em si - do ponto de vista geográfico e da arquitetura - é uma graça.

 

Rodeada de belas e imponentes montanhas cobertas de pinheiros e ASPENS   ( pois este é o nome destas árvores tão comuns na região...) , a cidade fica num vale , cortada pelo rio Roaring Fork.

São cerca de oito ruas básicas - quatro verticais e quatro horizontais - com inúmeras lojas, cafés e restaurantes. 

 Há inclusive uma maison Dior,  - em estilo 'western'! lol -   uma Gucci e uma Burberry para aqueles turistas , digamos , com 'crédito ilimitado' . Aquele tipo de gente, sabem,  que quando entra numa loja,  nunca  faz a pergunta   'Quanto custa ?' , mas simplesmente diz  'Quero experimentar...' ou 'Vou levar' !

 

Passeios: Há um bastante agradável que se pode fazer nas 'gôndolas'  que sobem até o alto da montanha (de onde, no inverno,  se desce a TODA esquiando! lol).

 O café lá em cima não é exatamente cozy , ( já que é básicamente uma 'cafeteria chique' do tipo que serve comida no bandejão) , mas a vista lá do alto é realmente de tirar o chapéu -  ou melhor, o fôlego ( tanto no sentido literal, quanto figurativo) . 

 Além do mais, a subida nas pequenas 'gaiolinhas'  leva cerca de 15 minutos e é bastante relaxante e  romântica :-)

Bom, eis o que posso dizer sobre os pros de Aspen.

 

Já quanto aos cons...

 

Pra início de conversa , devo confessar que me decepcionei bastante com os restaurantes e cafés na cidade - nenhum deles realmente aconchegante , charmoso e muito menos com 'classe'.  (Supostamente nos dois hotéis famosos da cidade, o Little Nell e o Jerôme, há dois ótimos restaurantes...).

As lojas, em sua maioria,  ou são joalherias ou galerias de arte. Mas,  pra dizer a verdade, não fiquei impressionada com nenhuma em especial pois assim como os cafés e restaurantes alí , faltava ...algo.

A impressão que se tem é que, se por um lado sobra $$$$$$$ em Aspen , por outro falta CHARME em praticamente tudo alí (salvo a natureza ao redor e a arquitetura da cidade...) - a começar pelas pessoas !

 

 De fato , Aspen me lembra alguns lugares 'chiques'  aqui em Austin.

Lugares como os supermercados Randalls, os 'Gold Class Cinemas' , o restaurante Jeffreys ...( o favorito de George W. Bush quando era governador da cidade ). Lugares frequentados pelos supostos 'Vips' da cidade...

(Só que quem é exigente com a qualidade dos alimentos e REALMENTE sabe cozinhar , faz compras no Whole Foods ou Sprouts; quem gosta de um cinema mais 'internacional' ou 'original' , frequenta o Arbor ou o Alamo Drafthouse, e quem REALMENTE sabe o que é comer fora  desfrutando de ' qualidade, classe e tradição...', vai ao Green Pastures !!)

 Do you get the picture??

 

Mas voltando à Aspen...

Você senta em um café , olha em volta e vê gente de bermuda e tênis , com um BAITA relógio cravejado de brilhantes ( falso ou verdadeiro, não importa) e pensa :  Urgh.  Quanta breguice chique!  lol

Aliás, gente que provavelmente está olhando pra você de soslaio e pensando: 'Uhm...qual será a marca dos óculos dela? Me parece um Versace, mas não tenho certeza...'

 

Fico  bem imaginando o que a Jane Austen escreveria sobre o lugar se o tivesse conhecido.

 Sim, Aspen , é a CARA da Miss Bingley! lol

Aliás, meu marido que esteve lá com um grupo de amigos muitos anos antes de me conhecer, me disse que o assunto principal nas rodas era o de o quanto cada coisa ou pessoa 'valia'. Literalmente.  A conversa ia algo assim:

 

-O carro de Beltrano vale ...mil dólares.

 

-O marido de Fulana vale tantos milhões de dólares.

 

É sério. Agora, vai me dizer que isso não lembra Jane Austen?!

 Parece até que estou ouvindo a Mrs. Bennet falando: "Mr .Bingley has FIVE THOUSAND a year and  Mr. Darcy is the richest man in Derbyshire. What a fine prospect for our girls, Mr. Bennet..."

 

Sim, Aspen teria dado um cenário perfeito para a sequência de 'Orgulho e Preconceito' . Pena que a nossa querida Jane não viveu para conhecer.

 

 

 Quanto à mim,  Gostei de ter ido até lá e visitado o famoso ski resort.  

 E fiquei mais  contente ainda de ,  no final do dia ,  pegarmos o carro e voltarmos para Breckenridge! lol

  Alí sim, é a minha praia  montanha.

 

  

E agora...

Vestindo seu casaquinho de penas grossas...   

 

                                                                            

ou cochilando  gostoso em uma galeria de arte no centro da cidade...                                                                    

                                                                        ... as VERDADEIRAS   'celebridades'  de Aspen!! 

 

 

sinto-me: Proud of Breck!
publicado por Pâmelli às 16:50
link do post | Comentários | favorito
Sábado, 21 de Agosto de 2010

Explorando a região...de bicicleta!

 

 Categoria de post: diário /turismo

 

 Faz quatro dias que chegamos ao Colorado.

 Nosso point aqui é a cidadezinha de Breckenridge - uma das muitas estações de esqui na região.

É claro que nesta época do ano ninguem vem aqui para esquiar e sim para aproveitar o excelente clima das montanhas, admirar a natureza , praticar esportes ao ar livre  ou simplesmente relaxar!

 

  No primeiro dia resolvemos  descansar no hotel .  No segundo, alugamos duas bicicletas e seguimos até a cidadezinha vizinha de Frisco.

 São 10 milhas até lá ( cerca de 15 quilômetros) , em uma agradável 'ciclovia'.

 O percurso de Breckenridge até Frisco é bem light - basicamente uma descida. ( Quem prefere fazer um passeio mais puxado sempre pode fazer o roteiro  de ida E volta  - ou seja, cerca de 30 quilômetros , incluindo a SUBIDA  de volta à Breckenridge , que fica uns 200 metros acima de Frisco).

 Nota:  É importante levar filtro solar , água e alguma comidinha para 'repor a energia ' já que no caminho não há paradas para comprar nada...

 

  No inverno Frisco perde muito para Breckenridge pois alí não há pistas de esqui.

 Contudo, por ser mais simplesinha , muitos esquiadores com o orçamento mais limitado preferem se hospedar  lá  já que as diárias dos hotéizinhos na cidade  são bem mais em conta.  Depois é só pegar o  ônibus local ( gratuito)  e ir esquiar em Breck. 

 

  No verão , Frisco adquire um charme especial, já que fica ao lado do belo Lago Dillon e  sua main street ( a única e principal rua do vilarejo ) fica especialmente agradável com seus floridos cafés, restaurantes e lojinhas.

 

Eis algumas fotos :

 

1)

A ciclovia que vai de Breckenridge  à Frisco

( cerca de 15 km) -  ao lado , o Blue River que corta a cidade...

O nome 'Blue' é bem apropriado , não acham?  :-) 

 

2)

'Paradinha' no meio do caminho para um pequeno snack e refresco...

 

3)

'Detalhe ecológico' :-)

Ao deixar o lugar, quem não quis levar o próprio lixo na bolsa  resolveu 'decorar' o teto da 'parada'...

Como eles  penduraram as latas lá? 

 Fincaram nos pregos que saiam da própria madeira! lol 

 

4)

A simpática marina de Frisco no Lago Dillon

 

5)

A Main Street ( única e principal rua) de Frisco com seu estilo 'western'  de construções, típica do Southwest dos E.U.

 e o excelente steak house 'Silverheels'  ( o nosso preferido na região), todo florido nesta época do ano.

 

 

Como vêem , aqui tudo é  muito low profile - agradável, relativamente  simples e principalmente,   relaxante!

 

Agora, pra quem gosta de algo mais 'cintilante' e faz o gênero 'See and be seen' ...,  seu point   fica a duas horas e meia de Breckenridge ( cerca de 4 horas de carro de Denver, a capital).

 

 É claro que estou falando de Aspen  -  mas isto fica para o próximo post...:-)

 

 

 

sinto-me: Relaxada em meio a natureza...
publicado por Pâmelli às 06:58
link do post | Comentários | favorito
Segunda-feira, 16 de Agosto de 2010

Dirigindo pelo Southwest

 

Categoria de post: viagem/diário/turismo

 

 

 

Estamos a caminho do estado do Colorado ...de carro!

São dois dias de viagem ( cerca de 9 horas por dia...) - saindo de Austin , no Texas, até a cidadezinha de Breckenridge no Colorado, onde fica nosso studio.

Este é o segundo ano que subimos para as montanhas no verão ( vejam o post 'Breckenridge e as Rocky Mountains' de agosto de 2009 ...) e, cá entre nós, para quem não esquia como eu, ESSA é a melhor época para se visitar a região!

Tudo fica florido , como se estivéssemos na primavera. Os lagos descongelam e se transformam em um azul cristalino que brilha debaixo de um sol gostoso. O clima, no alto das montanhas do Colorado , ao contrário do calor húmido de quarenta graus no Texas, tem um ar leve e seco e a temperatura raramente passa dos vinte graus.

Para a maioria dos americanos que toma o avião para ir de uma cidade à outra, assim como os parisienses pegam o metrô ou os cariocas caminham pelo calçadão..., nossa escolha de passar dois dias na ESTRADA ao invés de 2 horas no AR , à princípio pode parecer absurda. Mas temos nossas razões.

 

Do ponto de vista prático (financeiro) , mesmo depois de contar os gastos com gasolina, comida e uma noite de hotel em Amarillo ( que fica na metade do caminho) , são cerca de $500 o que economizamos dirigindo ( já que se voássemos, além das passagens aéreas, teríamos que alugar um carro em Denver - a capital do Colorado- para só então seguirmos para Breckenridge.

 

Se no Brasil voar é muito mais 'civilizado' , seguro e confortável do que pegar uma estrada..., aqui nos E.U. é somente do ponto de vista da rapidez que se ganha ao se optar por um avião ao invés do carro.

A verdade é que viajar de avião na América é como viajar de ônibus no Brasil :  uma experiência mais torturante do que prazerosa e, definitivamente , NADA glamurosa!

As pessoas viajam apertadas como sardinhas em lata, não há qualquer refeição servida a bordo ( a menos que você considere 'refeição' um saquinho de amendoim com coca-cola ou suco de laranja ) - e em se tratando de um país de proporções continentais como este , o normal é se voar 2, 3, 4 horas ou mais de um estado ao outro! Além do mais, desde o 11 de setembro , ficou proibido circular pelos corredores dos aviões em vôos domésticos ou mesmo fazer fila na porta dos toaletes. Aliás, penso eu,  que por medo de processos em caso de algum 'acidente' durante uma turbulência, os pilotos das companhias americanas levam uma eternidade até finalmente  resolverem apagar os avisos de 'apertar os cintos' após a decolagem. Ou seja:  Você fica alí sentada , apertada  (por dentro e por fora já que normalmente está sentada entre dois obesos ...) e sem poder se levantar durante uma hora ou mais!

Sem falar naquelas pessoas que, já sabendo de antemão que no vôo não haverá comida, decidem levar a própria' marmita' na viagem (geralmente um saco de  'happy meal' do Mac Donald's ou Burger King...)  , que  naturalmente empesteia todo o ambiente fechado do avião.

 Absolute horror.

 

Já nas estradas americanas o sossego é total.  Quase não há ônibus ou caminhões. As rodovias são excelentes ( geralmente uma linha reta, quase sem curvas, chegando a ficar às vezes até monótono ... ) . E o melhor: livres de assaltos e motoristas irresponsáveis ! (Ring a bell , anyone??)

 

Então agora estou eu aqui, escrevendo este post, no meio do caminho entre Amarillo e Colorado Springs.

 A medida que nos aproximamos das fronteiras do Novo México, Oklahoma e Kansas,  a paisagem vai ficando tãaaao plana,   que se tem  a impressão de que a Terra NÃO é redonda! lol

 

Nossas paradas são sempre em postos de garolina - que geralmente têm banheiros descentes.

Aliás, o último que paramos, pouco antes de deixarmos o Texas e entramos no Novo México,  já deu pra ver pelo tipo de souvenirs  a venda em sua lojinha , que estamos mesmo chegando à 'terra dos índios', lol  -  ou como os americanos preferem dizer: os Native Americans.

 

Quanto à comida na estrada, a melhor estratégia para se evitar o fast food são as franquias SUBWAY ( que servem sanduíches saudáveis de peru ou atum com salada em pão integral) e o CRACKER BARREL ( outra franquia) , cujo estilo 'country house' serve uma comida simples e honesta :-) , tanto para café, almoço ou jantar.

Nota: Seus 'French Toasts' ( que eu sempre peço com mel, ao invés do insuportavelmente doce maple syrup ...) são ótimos, mas é bom lembrar que alí é 'terra de americano carola' e portanto a casa não serve qualquer tipo de bebida alcóolica! lol

 

Enfim, se você fôr como eu ( não muito fã de voar, principalmente em vôos domésticos nos E.U.A....), que gosta de ler ou escrever no conforto e privacidade de seu próprio carro...Da próxima vez que tiver alguns dias de folga e fôr cruzar até dois ou três estados americanos, pense em alugar um carro ao invés de voar. A paisagem de um estado para o outro muda visivelmente e em alguns deles ( como o Novo México, Arizona ou Colorado) a visão de seus desertos , vales e montanhas cobertas de pinheiros pode ser realmente inspiradora...

 

Voilà alguns shots que fiz durante nossa viagem do Texas ao Colorado:

 

1)

O estado do Novo México nos lembra cenários de filmes de cowboys e índios no velho oeste. ( O Southwest)

Quase que podemos 'vê-los' à cavalo, com seus cocares, seus  penachos de guerra e  espingardas ...  E é claro, as imensas manadas de búfalos que no passado habitavam a região...

 

2)

A entrada do parque 'Garden of the Gods' ( Jardim dos Deuses) nos arredores da cidade de Colorado Springs, com suas intrigantes  formações rochosas...

 

 

3) E o  estado do Colorado , entrecortado pelas Rocky Mountains com seus vales e lagos deslumbrantes...

      

 

sinto-me: De férias, mesmo que curtas...
publicado por Pâmelli às 19:17
link do post | Comentários | ver comentários (3) | favorito
Sexta-feira, 13 de Agosto de 2010

Intervalo das aulas -ufa!

Categoria de post :  diário / observação/ opinião

 

O intervalo das aulas

 

Eu ainda tenho um blog??

Nossa,  faz AGES que passei pelo Parada!

Mas a boa notícia é que o curso de verão terminou esta semana  e agora vou ter 10 dias pra relaxar e ...não abrir um único livro de estudos!

Em compensação tenho uma pilha de VEJAs que ainda não pude ler e o meu ‘Moby Dick.’..-  a pobre baleia branca ,  esquecida há meses!

Bem,  pelo menos  agora vou poder  catch up na leitura atrasada...

 

O quotidiano

 

O que  tenho feito nestas últimas semanas além de estudar, estudar, estudar...?

Bem,  meu hubby e eu começamos a ter aulas de dança de salão às quintas

O professor é ótimo : super divertido , além de possuir  uma sólida base de balé clássico e ter morado em NYC vários anos.

 Eu sempre acho que pessoas que moraram em cidades grandes e interessantes,  ( assim como NYC ...) costumam ser mais divertidas  do que aquelas que moram em cidade menores e mais insignificantes...Assim, tipo,  Austin Texas!!

 Ok,  há suas exceções , mas falo de uma maneira geral.

 É que elas costumam ter  algo de ‘worldly about them...’ - aquela coisa meio cosmopolita,  espirituosa,  um certo cinismo que, desde que não denote amargura de vida,   não deixa de ser intelectualmente estimulante.  

Sim , eu adoro  a CIDADE.   Esse negócio de ficar  ‘vendo estrelas no meio do mato...’ nunca foi a minha praia  ( no sentido literal e figurativo! Lol)

 

 

E o Community College?    

 

Devo dizer que neste final de curso de verão  tive DUAS surpresas -  uma boa e outra menos , mas a segunda  na verdade só serviu pra confirmar o que já há algum tempo eu venho suspeitando sobre os Estados Unidos da América:   Que infelizmente  este  país não é mais o que já foi no passado e a razão é que os americanos de hoje  ,  são MUITO DIFERENTES  daqueles que fundaram, construíram e viveram aqui  há 300, 200 ou até mesmo 50 anos atrás!

 

A notícia  boa se refere ao meu  curso de math, -aquela matéria que eu sempre fui hor-ro-rí-vel na época de escola.  ( Ou pelo menos assim eu pensava...)   

Surprise, surprise...

Apesar de não ter podido fazer 90% dos deveres ( por falta de tempo mesmo!) , ainda assim terminei com um B!    

O que aconteceu comigo desde os tempos de escola-  mais de vinte anos atrás??

Meu cérebro cresceu??  Como posso estar melhor HOJE ,  aos  40 , do que quando tinha 18 anos??   O normal não é você ficar mais ‘burra’  ou pelo menos , menos sharp  com a idade??  O que aconteceu comigo desde o tempo que deixei o High School nos anos 80??

 

Ok. Eu li bastante... Viajei bastante...Continuei me exercitando regularmente...Hoje me alimento melhor do que na época da adolescência...Sou menos estressada.   Será isto a razão?

Vai ver é simplesmente o fato de que NINGUEM hoje espera nada de mim – nem mesmo eu mesma!  Lol    A opção de voltar para a facultade foi justamente isso – uma opção , uma escolha feita  totalmente por livre e expontânea vontade.

 Sequer penso em  procurar  trabalho quando terminar o curso de antropologia.  Afinal , com tanta gente jovem e já formada por aí e sem emprego..., melhor é não fazer plano nenhum. (E felizmente não preciso disso pra viver.)

 

Outro dia meu professor de speech perguntou pra nossa  turma :  ‘E então?  Onde vocês se vêem daqui há uns cinco anos  e fazendo o quê?

Cada um teve de responder em voz alta e as respostas iam de ‘trabalhando como engenheiro’,  ‘enfermeira’, ‘psicólogo’  etc..  até que, quando chegou   a minha vez eu  lhe disse :

 

‘Espero estar  APOSENTADA ,  morando na beira do mar e escrevendo livros ! ‘ lol

A turma toda caiu na gargalhada  e o professor pareceu gostar especialmente da parte ‘morando na beira do mar e escrevendo livros ...’

 

 

O declínio do Império Americano...

 

 

Quanto à segunda ‘surpresa’ menos agradável  que tive ( e que teve a ver com o curso de speech) ,  voilà o que aconteceu:  

  

  Algumas semanas atrás o professor ,  na maior cara de pau,  vai e  nos diz o seguinte : 

 

-Sabe pessoal... Este mês vai ter um dia que vou faltar a aula porque minha irmã vai ter gêmeos -  ou seja, eu vou ser titio!

 

Juro que não estou mentindo.

Dá pra acreditar que isto se passou em uma faculdade em pleno E.U.A. em 2010??

Agora , cá entre nós ,  e tirando todo o meu cinismo de mulher  childfree à parte...  Isto por acaso faz algum sentido para  alguem??  Titio??  What the hell... E EU  com isso!!?

Se ainda fosse seus próprios filhos que iam nascer...  Mesmo assim,   acho que seria mais profissional se ao menos ele ( já sabendo de antemão do dia do parto...) tentasse arrumar um substituto.  No final, em 5 semanas e meia de aula, o cara matou 4 dias -  dois por causa do ‘nascimento dos gêmeos’ e dois outros sem razão nenhuma exceto o fato  de que um deles foi o primeiro dia de aula e o outro o último.  Haja enganação! 

Na véspera do parto o  e-mail que nos mandou dizia simplesmente o seguinte :

 ‘ Babies are coming . No class today or tomorrow.’    É mole?? 

 

Sinceramente,  é nessas horas que eu penso:

Este país não é mais o mesmo  e do jeito que vai  indo,  dificilmente vai voltar a ser o que já foi !    A miscigenação nos E.U.A.  é um tiro que definitivamente  saiu pela culatra.

Se no Brasil,  o’ povinho xinfrim’  original  foi melhorando aos poucos (  principalmente depois que  chegaram os imigrantes  japoneses, alemães e italianos...)   ,  aqui essa  ‘latinização’ dos anglo-saxônicos originais tem bagunçado bastante o coreto e o resultado é  o vemos por aí :   A economia brasileira tá melhorando dia após dia  e a americana despencando a olhos vistos!

E a propósito:  não há nenhum componente racista no que estou dizendo. É apenas uma observação pessoal baseada em uma longa vivência nos dois países.

 

São pequenas (grandes)  coisas deste tipo que venho notando desde que vim para cá há 7 anos.

Outro dia foi o funcionário do Mac Donald's  no drive through que não prestou atenção ao meu pedido de  'UNSWEET iced tea'  ( chá sem açucar)  e me deu a bebida adoçada!    Eu tive de voltar , estacionar o carro e entrar na lanchonete pra pegar outra.  E   como estava atrasada para ir dar uma aula, sem conseguir me conter , perguntei ao funcionário:   Como é que seria se eu fosse diabética, heim?  Podia ter um troço e cair inconsciente sobre o volante enquanto dirigia! 

Ok,  pode ter sido meio melodramático mas,  ONDE  está a cabeça das pessoas que nos servem?  Será que ficaram tão embrutecidas depois comerem tanto   junk food e passarem horas diariamente  diante da T.V. , ou com seus I-phones e computer games??

 Ah, e o número de OBESOS literalmente se arrastando pelas ruas da cidade  é assustador.  Ben Franklin, Thomas Jefferson  e Co. teriam ficado apavorados  se tivessem visto um trailer da América no futuro...

 

  We're going down man...and it sucks.

 

 

 

sinto-me: Deprimida com o futuro dos E.U
tags: , ,
publicado por Pâmelli às 05:02
link do post | Comentários | favorito

.Mais sobre mim

. Meu Livro

COPADRAMA

- A Brazilian Tragicomedy

(um romance em inglês de I. Pamelli M.)

. Comprar na AMAZON.com

.Julho 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

30
31


.posts recentes

. Um romance de memórias e ...

. Romance para este inverno...

. Visita ao maior Santuário...

. Dica de leitura para este...

. Leitura de verão: Três ro...

. Copadrama -Uma tragicoméd...

. De volta , mas nem tanto....

. Loucura, desgraça e um sh...

. Sorria, você está na Flór...

. De novo rumo à Flórida

.arquivos

. Julho 2018

. Janeiro 2018

. Novembro 2017

. Junho 2017

. Abril 2016

. Julho 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.flag counter

free counters

.subscrever feeds