Terça-feira, 30 de Setembro de 2008

Arles e Avignon

Estas duas cidades foram especialmente interessantes.

 

Arles,  na verdade,  eu já conhecia desde o ano passado, quando visitei a Provence por conta própria,  após ter acompanhado meu marido em uma viagem a trabalho  à Irlanda .

Então quando ele teve de retornar aos E.U. ,   resolvi ficar  mais alguns dias  na Europa e seguir para a charmosa cidade na antiga província romana . 

Passei cinco dias lá , fazendo de Arles meu pit stop oficial :-)),  entre uma escapulida até a cidade pesqueira de Sête ou uma visita à Nîmes e o famoso Pont du Gard (  o aqueduto romano construído há 2000 anos atrás! ) .

  Adorei o meu hotelzinho em Arles  -  "Le Cloître"  ( O Claústro :-))   -  localizado bem no centrinho da cidade e que era uma extensão do prédio do cláustro da igreja mesmo!  LOL  

 

Na semana que passei em Arles , caminhava horas e horas por dia .  Explorei  tudo do período romano que existe para ver na cidade -  o anfiteatro ( Les Arènes)  , as ruínas das termas de Constantino   ,  o teatro antigo... 

Além da parte da cidade que tem a ver com a estadia de Van Gogh por lá  -   o Espaço  Van Gogh  (hoje um centro cultural ) que foi onde o pintor ficou internado ,  o Café de la Nuit que ele pintou na Place du Forum  ( a praça do antigo Forum da cidade na época dos romanos...)  ,    a pequena , velha e enferrujada ponte das lavadeiras que  ele pintou de amarelo  e que existe até hoje...

Enfim,  isto tudo foi o ano passado e desta vez pude novamente passear  por todos este lugares com o grupo do Viking.

 

Arles é realmente uma graça e para quem é amante da arte de Van Gogh,  do périodo romano e de touradas ...Não tem melhor !   (  Eu, de touradas estou fora...)

 

No dia em que chegamos lá com o navio do Viking , estava justamente acontecendo um destes festivais  com shows dos famosos cavalos da Camargue,  as touradas no anfiteatro  e toda a animação envolvendo  estes típicos  eventos  de  Arles.   Sorte a minha que já tinha visitado o anfiteatro por dentro  no ano anterior , já que durante estas ferias , o lugar fica fechado para os turistas e somente quem comprou ingresso para as touradas e espetáculos  pode entrar...

 

Pobre Van Gogh!

Quando morou em Arles, entre 1889-89,  o grande gênio da pintura pós-impressionista era pobre, doente e completamente malvisto na cidade.  A população local chegou mesmo a fazer um abaixo assinado para que ele fosse internado e não ficasse 'a solta' , dando ataques e perturbando a paz  local .

Hoje,  milhares de turistas do mundo inteiro vão à Arles,  por causa de Van Gogh -  até mais do que pelas ruínas romanas!  Todos os lugares que ele pintou são lembrados e alguns foram até pintados de amarelo , (aparentemente sua cor preferida...) assim como ele fez em suas telas.  Tudo virou cartão postal e são milhares os lugares (  cafés , galerias e  espaços culturais...) com o seu nome;  milhares os suvenirs em forma de echarpes, lenços, porta-copos, camisetas, calendários etc... reproduzindo seus mais famosos  quadros.

Só falta mesmo um Museu Van Gogh com telas suas de verdade!  ( Mas segundo nossa guia,  'a cidade hoje  não tem dinheiro para comprar nenhum Van Gogh  original  e abrir um museu exclusivamente dedicado ao pintor...'

E pensar que o pobre só conseguiu vender uma ÚNICA  tela durante a vida toda ! :-(  

Quanta ironia!!!

 

 

 Já a cidade de Avignon tem toda uma história especial envolvendo o período quando os Papas de Roma resolveram se mudar para a França.  Alí eles construíram o famoso Palais des Papes ( Palácio dos Papas) e residiram entre 1309-1377).  Ao todo foram sete Papas oficiais a reinarem em Avignon.

 

A construção é bastante imponente de fora mas por dentro não tem praticamente nenhum mobiliário ou obra -de arte.  Tudo foi saqueado  ou destruído durante a Revolução Francesa.

Quantos aos Papas de Avignon... Poucos  foram aqueles que ficaram conhecidos por sua 'santidade'.

Viviam como reis no meio de todo aquele luxo e pompa -  o palácio mais parece uma cidadela medieval ! 

Um deles,  Clemente V,  morreu comendo esmeraldas em pó,  que acreditava ser bom para curar indigestão!!   ( Imaginem o quanto  a criatura não devia se empanturrar diariamente ...)

Épouvantable!

 

Enfim,  em Avignon nós terminamos o cruzeiro e o plano original era seguirmos  para  Paris , onde ficaríamos a última  semana .

Como meus sogros não puderam se juntar à nós na última hora,  resolvemos mudar nossos planos e permanecermos mais alguns dias  no sul da França :-)

Boa idéia!!  ( No passado , eu que pensava que uma existência inteira não era suficiente em Paris,  hoje penso que 3 ou 4 dias estão de bom tom...)

  Resolvemos  então alugar um carro e explorar  um pouco mais  a  Provence e o Languedoc antes de  finalmente seguirmos para a Cidade Luz...

 

 

sinto-me: Apaixonada pelo sul da França
publicado por Pâmelli às 16:13
link do post | Comentários | favorito
Sábado, 27 de Setembro de 2008

Ainda ao longo do Rhône...

 

 

 

 Vienne foi uma gracinha.  E não -  não estávamos na capital da Áustria , e sim em uma pequena cidade histórica na região do Vale do Rhône na França.

 

O pequeno povoado foi invadido pelos romanos no Século 1 antes de Cristo e ainda daquela  época podemos visitar hoje,  entre outras coisas ,  o templo de Augusto e Lívia  ( em ótimo estado!) , assim como o teatro romano ao pé do monte Pipet, onde subimos com o grupo em um trenzinho...:-)  Este foi um dos maiores anfiteatros romanos da França, podendo acomodar mais de 13 mil espectadores!  Hoje é usado para  uma variedade de eventos , incluindo um festival de  jazz em julho.

De cima do morro há uma vista excelente da cidade, incluindo as ruínas de um castelo...

 

 

Ainda outra construção belíssima em Vienne é a Catedral de St. Maurice - um monumento medieval , construído entre os séculos 12 e 16.  O estilo é uma mistura do românico e gótico.

 

Já a cidadezinha de Tournon-sur-Rhône eu achei bem sem graça.

Não sei quem foi que programou nosso dia alí mas , pessoalmente,  achei ridículo ao invés de  nos levarem para conhecer o castelo da cidade ( uma construção do  Século XV  e que hoje abriga o museu de história local...) ,  fazerem com que visitássemos uma loja ( bem sem graça , diga-se de passagem...) de chocolates às 10 HORAS DA MANHà e depois um museu com pinturas de um artista local ,  completamente sem interesse e totalmente desconhecido do público em geral .

 É verdade que o tempo tambem não ajudou , já que estava nublado e chuviscando...

O que 'salvou' o dia,  foi quando fomos para o outro lado do rio ( ponte)   visitar o povoado de Tain l'Hermitage, famoso por seus vinhedos,  onde pudemos fazer uma degustação de alguns dos melhores Côtes du Rhône.

 

Algumas horas mais tarde chegamos à Viviers, onde teríamos  uma 'excursão à pé noturna'  ... ( Isto  lá  é coisa que se invente de fazer com um grupo de velhinhos ??!   Realmente ,  o Viking deveria escolher melhor a pessoa encarregada de planejar os passeios e excursões  do cruzeiro...)

Enfim,  aquilo  deveria ter sido meio pitoresco , mas a programação teve de ser mudada de última hora já que a chuva tinha aumentado e agora incluía relâmpagos e trovoadas espetaculares!  ( Pra mim tudo bem,  desde que eu não esteja em um avião...lol)

 

A nossa 'animadora de bordo' , Claudia ,   era austríaca (  Os europeus do norte que me desculpem,  mas acho que 'animadores de bordo' deveriam sempre ter sangue latino...Quer dizer,  QUENTE :-)) ; Quer  dizer  ANIMADO !!  -  Quem sabe um  italiano,  um argentino ou até um  brasileiro!  lol ) .

A moça   tinha uma vozinha de dar sono e um risinho sem graça insuportável . ( Tanto meu marido , quanto  um senhor da Carolina do Norte , que gostava muito de sentar-se conosco,  reviravam os olhos cada vez que a moça pegava no microfone...:-))

Enfim,  Cláudia ,  que era ainda nova na tripulação do Viking , ao anunciar o cancelamento da programação noturna em Viviers , resolveu informar  igualmente aos viajantes de que ' as usinas nucleares da região estavam em alerta por causa do temporal...' 

 Aquela noite acho que teve muito velhinho a bordo que não dormiu direito.  lol

É que , conforme nos disse o gerente do hotel/navio na noite do jantar do Capitão:

 

" Nossa animadora de bordo deu mais  informação do que os turistas precisavam  saber.    Mas a moça é  nova no trabalho e ainda inexperiente... "

 

O pior , pensei,  era a vozinha e a risada.

ISTO,  com certeza,  não vai melhorar com a idade nem a experiência...

 

 

Lá fora , durante o dia , a paisagem era sempre serena . De vez em quando avistávamos um castelo ou mansão à beira do rio.  

 

 

 Volta e meia passávamos por uma usina nuclear   e frequentemente por um dos 'locks'  ( comportas ??). 

Interessante aquilo.    Abre porteira,  fecha porteira.  Sobe  o nível do rio  ,  desce  o nível...

Mas pra dizer a verdade , nunca consegui entender direito o mecanismo do negócio.  Coisa de engenheiro, construtor ... - ou pra quem gosta de números , cálculos etc..  Yuk !

 Como de hábito,  eu preferi me concentrar na comida,  nos passeios, na história ,  nos castelos e ruínas locais.

E , é claro,  nos vinhos...

 

 

 

 

sinto-me: Gripada mas escrevendo...
publicado por Pâmelli às 23:16
link do post | Comentários | favorito

Parênteses

Uma pequena pausa entres posts apenas para comunicar que:

 

1)  Um colega da blogosfera , que andou por aqui , me pediu que divulgasse o seu website - www.webart.com.pt  - 

( Ele não deve saber que o meu blog é bem pouco frequentado...:-)))

 

Anyway,  achei interessante pois trata-se de um site que ensina pessoas ( amantes de arte, naturalmente...)  a pintar e desenhar.  Niiiiiiice !  :-)

 

Infelizmente eu só sirvo mesmo para apreciar a arte produzida pelos outros.

Não dou pra fazer nada -  exceto na cozinha !   Alí sim,  até que eu tenho algum talento....:-)

 

e  

 

2)  Penso que já está na hora de adicionar alguns amigos ao blog.  ( Minha caixa de perfil continua 'virgem'. até hoje ...   Muito anti-social  mesmo,  eu sei.    lol

      Começo portanto com o Conte e o Tovi,  que volta e meia aparecem por aqui e cujos blogs eu tambem costumo frequentar.  ( Havia um outro tambem,  o da Crisálida,  mas este fechou :-(  ...

 

Ok, that's all.

 

Agora volto a escrever meu próximo post sobre nossa viagem na França neste mês de setembro.

 

A aguardar as cenas dos próximos capítulos...

 

                                                                PAMELLI

 

 

         

 

sinto-me: Descansando no sábado
publicado por Pâmelli às 21:52
link do post | Comentários | favorito
Sexta-feira, 26 de Setembro de 2008

Beaune & Lyon

E então a primeira cidadezinha que visitamos na região da Borgonha, enquanto ainda estávamos ancorados em Chalon-sur-Saône , foi Beaune.

Seguimos para lá de ônibus com o grupo do Viking e lá fizemos uma degustação em uma das muitas maisons dos comerciantes locais.

No centro da cidade visitamos o famoso Hôtel Dieu,     o antigo hospital da cidade. Trata-se de   uma jóia medieval , com seus telhados borgonheses coloridos,  fundado  por volta de 1443 durante o período da Guerra dos Cem Anos.

 

A chegada de navio à Lyon foi especialmente charmosa .

A segunda ( ou terceira, depois de Marselha??)  maior cidade da França é famosa pela gastronomia e a seda. 

Adorei o fato da cidade ser cortada por dois rios :  o Rhône e o Saône  -  e claro,  decorada por  lindas pontes   ,   assim como Paris.

Fizemos um city tour de ônibus e depois tivemos um tempinho livre para fazer umas compras.  Foi então que corri até a parte comercial  da cidade e, sob a recomendação de nossa recepcionista no navio,  descobri uma loja que só vende echarpes em seda de Lyon.

Comprei duas - lindas!   :-)  ( Uma delas aproveitei para usar no jantar do Capitão...:-)

Ainda na correria ,  consegui comprar alguns blocs de foie-gras em uma deli em volta da famosa praça Bellecour -  -  supostamente a maior da Europa??

 

Na verdade, penso que Lyon é uma cidade para se ficar pelo menos uns 3 dias.

Tem muito o que se ver -  entre ruínas da época dos romanos na Gália  (antigo nome da França) , igrejas e alguns dos mais famosos restaurantes na França! 

 

Foi então que tivemos uma pequena 'aventura'...

Nossa guia,  chamava-se Elizabeth e imagino que era francesa.  Ela falava inglês muito bem,  com pouco sotaque - apenas o suficiente para deixar a língua  inglesa mais sensual...:-)) - e  tinha uma voz calma e agradável. 

O dia estava meio nublado e chegou mesmo a chuviscar uma certa hora.

Então subimos até o topo do morro ( de ônibus) onde fica a basílica de Notre -Dame de Fourvière ,  que é um dos símbolos de Lyon.  É muito bonita esta falsa criação bizantina ( já que foi construída no final do século 19...)  , cheia de torres e fendas, mármore e mosaicos.

 

A vista da cidade lá de cima é belíssima e só isso já vale a subida.

 Então entramos com o grupo de velhinhos :-)  - nossos companheiros de viagem no navio-    e como estava chovendo lá fora , a igreja estava mais cheia  do que de costume. 

 

Nossa guia mandou nosso grupo se sentar mais ou menos no meio , já que todos os assentos no fundo da igreja já estavam ocupados por outros guias e seus respectivos grupos.

Ela tinha acabado de nos contar que a igreja havia sido construída 'com o dinheiro do povo...' e estava agora nos falando sobre os mosaicos.

De repente o padre entra e , apesar de não estar tendo qualquer missa naquele momento,  se invoca com o nosso grupo e começa a se dirigir à nossa guia de maneira ríspida , dizendo -lhe que nós não podíamos nos sentar naquele setor da igreja.  Simplesmente interrompeu-a no meio da explicação, assim,  sem a menor cerimônia ou respeito pelo seu trabalho .

Elizabeth primeiro tentou ignorá-lo e continuou narrando a história da igreja,  mas o padre  insistia em interrompê-la, ríspida e grosseiramente.

Mesmo quem não entendesse francês, poderia  notar que estava  lhe 'passando o pito' , tal era o tom agressivo de sua voz.

 

-Vous sortez, madame !    Vous ne pouvez pas rester ici

 

Elizabeth, contudo, continuava tentando  ignorá-lo  e nos falando como se nada tivesse acontecido , mas  já podíamos perceber que começava a ficar perturbada e com dificuldade em se concentrar no que estava nos contando.  

  Por fim ela disse-lhe que não iríamos sair dalí.  ( Afinal estava chovendo lá fora, não havia missa e todos os lugares no fundo da igreja já estavam ocupados  pelos outros turistas ..).

 

Por estas alturas o padre  estava subindo pelos tamancos.    Histérico , ele falava alto e gesticulava freneticamente.  Se fosse mulher , com certeza já teria rasgado o sutiã!

Umas duas pessoas do nosso grupo fez menção de se levantar mas logo recebeu a 'ordem' da guia de ficarem  exatamente onde estavam.  Para completar ela falou bem alto para o grupo todo:

 

-Esta igreja não é dele.  É minha.  Eu paguei por sua construção!   lol

 

 Por fim,  quando o padre viu que não conseguiria intimidá-la  nem nos expulsar dalí,  ao avistar um senhor no meio de nosso grupo de boné (  tenho certeza que  não foi por falta de respeito mas muito provavelmente por ignorância ou distração...) , virou-se para ele e gritou:

 

- E o senhor aí,  tire este chapeu!   Isto aqui é uma igreja e não um museu!!

 

O velhinho americano não entendeu o pito  em francês  .  Então alguem  lhe deu a dica e ele tirou o boné , assim como um cachorrinho que leva uma bronca inesperada e depois fica encolhido , com o rabo entre as pernas.

Inacreditável aquele padre!

 

Eu,  naturalmente gravei a cena em video e tirei foto. 

(Meus 'coleguinhas' de viagem e a figura no fundo...)

 

    Estava me divertindo com tanta baixaria no meio de um lugar supostamente de 'moral e espírito tão elevado...' :-))

 Por sorte  estava meio camuflada, sentada em uma das fileiras mais para trás...

 

Agora,  graças aquele 'fiel servidor de Deus'   , toda vez que nos lembramos de Lyon , a primeira coisa que nos vem a mente é o barraco do padre com nossa guia dentro da famosa basílica de Notre Dame de Fourvière. 

Tanta coisa especial relacionada à Lyon -  as fábricas de seda, a gastronomia, os anfiteatros romanos, a própria basílica com  sua enorme estátua  dourada de Notre Dame , a padroeira da cidade... 

Mas pra nós,  Lyon agora é inevitavelmente 'a cidade da  igreja do barraco '  !  lol

 

Que coisa. 

Realmente , como diria minha velhíssima ex -professora de francês no Rio ,  Mlle . Vasconcelos :  Épouvantable !  ( Era sua expressão preferida...)

 

Enfim,  este foi o resumo do que aconteceu conosco em Beaune e Lyon.

Depois disso continuamos a bordo do Viking ,  seguindo pelo Rhône , em direção ao Mediterrâneo...

 

 

sinto-me: Meio gripada
publicado por Pâmelli às 19:53
link do post | Comentários | favorito
Terça-feira, 23 de Setembro de 2008

O Viking Burgundy

Este era o nome do navio onde fizemos o cruzeiro pelos rios Saône e Rhône  ( pronunciado Sône e Rône,  )  na França.

Achei bastante interessante e original toda a experiência -  digo,  é realmente muito diferente de um cruzeiro marítimo em um daqueles navios ENOOORMES do tipo linha C ( Costa) ou Carnival.  Na verdade  tudo é bem mais 'personalizado' , agradável e relaxante.  Em outras palavras:  muito menos over ,  intenso e excitante...:-))

 

Para que tipo de pessoa serve um programa de viagem como este???

De preferência para quem já não é tão jovem e não seja o tipo de 'velho' que vive procurando companhia de gente jovem :-)) ... ;   para quem já está devidamente acompanhado do marido/mulher/namorado/a  e,  estando satisfeito com sua escolha, não anda mais  a procura de um 'novo amor ou romance de férias' ...

Definitivamente,   para quem gosta de cultura , história, gastronomia e talvez  ...Vinhos! 

 

Eu era a única brasileira a bordo -  provavelmente a única que já pisou em um navio Viking até  o dia de hoje!  lol  ( Já  já explico o que quero dizer com isso...)

99% das pessoas eram americanos , já na faixa dos 60 pra 70 anos - a maioria casais aposentados e bem de vida.  Havia tambem alguns poucos ingleses e australianos - além de um casal de Singapura.  De europeus do sul apenas alguns tripulantes -  inclusive  dois garçons e duas camareiras portuguesas que logo ficaram nossos camaradas .:-))

 

 Eu e meu marido ( 42 e 50)  eramos os' bebês' da turma ,lol,  e inevitavelmente viramos as 'celebridades' locais - além dos mascotes do grupo :-)).   Um casal inglês - já bastante idoso e  a quem nós 'salvamos' de perderem  o ônibus de volta ao navio em uma de nossas excursões em grupo -   logo nos batizou como seus 'guardian angels' ( anjos protetores) :-)) .

 

Na última noite ,  a do  'Captain's Dinner '   recebemos um convite especial para nos sentarmos à mesa do capitão e do gerente do hotel flutuante.    Eu e uma senhora australiana (já veterana dos cruzeiros da Viking) eramos suas  'guests of honor'  :-) e fomos especialmente convocadas a sentarmos ao seu lado.  

A verdade é que , fora da tripulação,  devíamos ser as duas únicas criaturas a bordo que falavam francês e o capitão, por incrível que pareça,  não falava outra língua , nem mesmo inglês ...  . ( Ah,   meus estudos na língua de Voltaire afinal me serviram para algo de 'útil'  na vida :-)))  -    especialmente quando me lembro do vinho que nos serviram durante o jantar .

 Nada menos que o meu preferido :   um Chateauneuf du Pape ! )

 

Ok,  mas por que eu disse que nenhum brasileiro devia ter  posto os pés em um navio Viking  antes de mim ??

É que , sinceramente,  acho que um cruzeiro deste tipo  não seria  de interesse  para a grande maioria dos meus conterrâneos -  homens ou mulheres,  jovens ou mesmo velhos!

Acontece  que basicamente tudo por alí é o que a maioria dos brasileiros despreza ou no mínimo não sente a menor atração:   não há discotecas, piscinas, lojas  ou cassinos a bordo. 

  As excursões envolvem  visitas a lugares culturais ou históricos (  igrejas, basílicas, castelos, ruinas romanas etc...) ou  degustações em caves com os vinhos locais . Praticamente não há tempo livre para se fazer compras.  

  Não há  tampouco shows eróticos ou mesmo sensuais toda noite para se assistir no teatro do navio. ( Aliás o navio nem tem teatro! ) 

 Não há gente jovem, desacompanhada e muito menos disponível para se azarar ou quem sabe,  dar uns amassos em algum canto mais escuro do convés no meio da noite ...

  A comida é fina, requintada, no estilo francês nouvelle cuisine - sem gordura ou molhos pesados (  coisa ideal pra 'velhinhos' ou gourmets que se preocupam especialmente com a própria saúde e silhoueta ...).  

  Não há qualquer ambiente para crianças,  famílias ou pessoas barulhentas. 

Tudo começa e acaba cedo :  o café da manhã termina às nove  horas.  O jantar é servido às 7 da noite. 

No lobby bar,  há apenas um tecladista tocando músicas como '' La vie en rose" ,  " Autumn Leaves"  ou "Besame Mucho"  ( que eu adoro , aliás!! lol) , além de uma pequena pista de dança para casais de uma época quando as pessoas ainda dançavam juntas ,  de mãos dadas e rosto colado. 

 

Não,  definitivamente um PESADELO para a maioria dos brasileiros -  mesmo os velhos , já que velho no Brasil é o primeiro a querer distância de velho e só vive correndo atrás de gente  jovem... ( principalmente os homens , que parecem ser alérgicos às mulheres de sua própria geração !)

E pra falar a verdade,  acho que a maioria das pessoas com menos de 50 anos  , mesmo de outras nacionalidades , achariam o ambiente um pouco 'geriátrico' demais...:-)

 

Eu?  ADOREI!  lol 

 Mas eu já nasci velha .  Adoro as coisas antigas -  inclusive as pessoas !  lol   Sempre fui uma aberração tanto no Terceiro quanto no Primeiro mundo.  Portanto eu não conto.

 

Por fim,  havia vários casais que estavam alí celebrando suas bodas de ouro e em alguns casos até mais!

Nós estavamos celebrando nossos 5 anos de casados.

Para não fugir a regra e como boa aquariana que sou ,  estou sempre adiantada no tempo...lol

 

Eis uma foto que tirei e que adorei , no cais da primeira cidade de onde saímos.

Chama-se Chalon-sur-Saône.  O rio é o Saône,  o vaso de flores de verdade , inclusive o jardim florido do outro lado do rio.  Muito romântico.  Muito pacífico.  Muito...Viking Cruise!  :-)

 

Enfim,  hoje eu falei apenas do Viking e das pessoas.  Mas era necessário. 

Nos próximos capítulos contarei um pouco mais sobre os passeios,  as cidades que visitamos e as 'aventuras' que tivemos nesta nossa viagem pelo Velho Continente...

 

À bientôt!

 

 

 

sinto-me: Relembrando tudo com prazer!
publicado por Pâmelli às 17:36
link do post | Comentários | ver comentários (4) | favorito
Segunda-feira, 22 de Setembro de 2008

O retorno

Pois é , as férias acabaram e agora estamos de volta ao batente...

De volta aos States,  sãos e salvos.

 

Lila engordou durante nossa ausência ( minha mãe não se contem e vive lhe enchendo de comida...),  o gato continua Zeeeeeeeeeeen  e a casa não pegou fogo.  Tout va bien.  

 

Hoje foi só desarrumação de malas,  a lavagem das roupas de viagem, o preparo de um almocinho bem caseiro  ( spaguetti  al sugo...)  Nada mal, depois de tanta degustação em caves, , petit déjeuners em cafés ( Ah,  as baguettes e os croissants franceses!!!)   almoços e jantares sofisticados ...E muita,  MUITA caminhada! 

 Paris,  sobretudo,  acabou com meus   pés e os sapatos.

Foram horas e horas de caminhadas ao longo do rio Sena,  no metrô, subindo e descendo escadas e fazendo conexões , nos museus,  nos passages e no bairro onde ficamos ,  o Opéra...

 

 

O negócio agora é   organizar as fotos que desejo pôr no blog -  com os devidos posts.

Pretendo fazer um mini-diário de viagem ,  mas não necessariamente em ordem cronológica.

 

Afinal,  depois da viagem no navio do Viking,  resolvemos alugar um carro e passar mais alguns dias no sul da França antes de seguirmos para Paris.  A idéia foi genial pois hoje em dia , apesar de Paris continuar especial,  sinto que já não sou tão fã da Cidade Luz quanto no passado.    Quem me viu e quem me vê... Hoje,  prefiro muito mais o sul da França -  aquele dos vinhos rosé,  das flores de lavanda, das ruínas das antigas províncias romanas,  do mar Mediterrâneo,  do falar mais mole e cantado das pessoas locais,  das músicas de Georges Brassens...

 

As estórias são muitas e vai ser especialmente bom  poder recordá-las aqui,  no blog,  com as devidas fotos e os comentários pertinentes -  ou  impertinentes , dependendo  do ponto de vista...:-)

 

E agora , mercado!  A geladeira está uma pobreza TOTAL! 

 

Je m'en vais mais je reviens...

À bientôt !!

 

 

sinto-me: Sempre fã da Velha França
publicado por Pâmelli às 20:31
link do post | Comentários | favorito
Terça-feira, 16 de Setembro de 2008

Carcassonne

Amigos blogosfericos :-) ,

 

como veem eu continuo viva e sem acesso aos devidos acentos e cedilhas,  but what the hell... Estamos em Carcassonne ,  a famosa cidade medieval no sul da Franca!!

 

Depois de uma semana a bordo do Viking Burgundy cruzando pelo rio Rhone ao longo dos vinhedos da Borgonha,  afinal desembarcamos em Avignon e la resolvemos alugar um carro para explorar um pouco mais o sul da Franca antes de seguirmos para Paris.

 

A comida no navio era divina e os vinhos que tomamos principalmente na regiao do Chateauneuf , coisa dos Deuses!   Tivemos direito a degustacao em uma maison local e nao pudemos resistir e levamos algumas garrafas - um trambolho para se carregar mas... C' est la vie !  

 Apesar de todo o epicurismo  , minhas calcas continuam folgadas e confortaveis ,  o que eu suponho ,  seja um bom sinal.  ( A genetica ajuda ...hehehe... Mas tambem temos caminhado todos os dias e bastante!)

 

Passamos dois dias na cidade de Sete ,  um centro de pescadores,  muito fofinha e que mais parece uma miniatura (mais rustica...)  de Veneza.  

O tempo esta bom mas pegamos um pouco do Mistral -  aquele vento forte do sul da Franca.

Apesar disso,  coloquei meu maio e me banhei nas aguas do meu querido Mediterraneo!

 

Hoje chegamos em Carcassonne e visitamos toda a cidade medieval , incluindo o castelo do Seculo 12 dos Tentavel.   A historia desta regiao do Languedoc Roussillon e muito interessante.  Todo aquele periodo da Idade Media... As guerras religiosas...As fortalezas...

 

Ja a comida ficou menos atraente pois agora que estamos mais proximos da Espanha,  a influencia de la se ve bem mais - inclusive na parte gastronomica :-( 

Ah,  eu sei que tem muita gente que gosta da culinaria espanhola ,  mas eu continuo sempre  fiel a Velha Franca  ...  O prato principal aqui e o Cassoulet -  eca!!  Mais parece uma feijoada de feijao branco... To fora!!

 

Anyway,  quando voltar aos States vou ter muitas fotos e muito o que escrever !

 

Au revoir mes amis...

La France continue belle comme toujours !

 

Bisous aos amigos blogosfericos e ate a proxima ...:-)

sinto-me: Maravilhada
publicado por Pâmelli às 18:11
link do post | Comentários | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 8 de Setembro de 2008

Diario de Bordo

 

Internet Cafe em Chalon sur Saone -   regiao da Borgonha,  Franca...

Primeiro :  aqui nao tenho acentos nem cedilha :-((  -  detesto isso! 

Segundo:  estou lutando com o teclado do computador que e totalmente diferente do que uso nos E.U. e portanto levo HORAS para teclar meia duzia de palavras...

 

Enfim,  estamos na Franca .  ( sem cedilha)

Cidade :  Chalon sur Saone

Amanha partimos para Lyon.

 

No aeroporto a surpresa foi nao terem me feito uma unica pergunta e sequer carimbado meu passaporte!  ( Pena:  bem que eu queria mais um carimbo da Franca!!)

Cheguei a conclusao de que foi porque viemos da America -  mais especificamente voando de Nova Iorque.

Ate me lembrou o ' controle '  da imigracao para americanos que fazem no Mexico.  Ou seja:  uma piada!

Suponho que eles concluam:  os americanos nunca emigram.  So viajam cheios dos cartoes de credito e adoram fazer compras.  Deixem nos entrar sem controle algum!  ( E eu,  que estava no meio da galera,  acabei entrando do mesmo jeito , mesmo com o passaporte brasileiro...)

 

Hoje visitamos a cidade de Beaune -  famosa joia no meio da regiao da Borgonha e cheia de caves e lojas dos comerciantes dos vinhos locais. 

Fizemos uma degustacao em uma das caves e visitamos o Hotel Dieu-  o antigo hospital construido em 1443 , durante a epoca da Guerra dos Cem Anos.  Belissimo.

 

Infelizmente meus sogros nao puderam se juntar a nos no barco pois meu sogro teve um problema de saude de ultima hora .  Meu marido esta muito abalado , ate porque e muito chegado ao pai e foi justamente para passarmos mais tempo com eles que fizemos esta programacao na Franca...

Entao somos so nos dois no meio do navio ,  rodeados de casais da terceira idade .

( A companhia e a Viking , especializada em viagens pelos rios da Europa , sendo que 99% de sua clientela tem mais de 65 anos!! lol

 (Pra mim tudo bem pois adoro os velhinhos -  meu problema sempre foi mais com criancas mal educadas e pais sem mancometro que as deixam empentelhar Deus e mundo ao seu redor!!) 

Durante uma semana navegaremos ao longo dos rios Saone e Rhone ,  parando em algumas cidades e visitando vinhedos dos famosos vinhos da Borgonha.

 

Os detalhes ' picantes'  :  Como a clientela do navio (  muito chique alias...)  e toda de ' velhinhos'  ,  os quartos tem camas separadas...:-))) 

 

E dois:  o restaurante ( tambem muito fino) tem um chef  frances  , mas como , mais uma vez,  cozinha para ' velhinhos' ...Os pratos sao levissimos,  quase sem molhos e gorduras  ! 

 

The bright side:  nao vamos engordar  nadinha nesta viagem...hehehe.

 

Ah...tenho fotos.  Varias.  Mas so porei no blog  na volta.

 

Realmente uma ' aventura ao inverso'   essa viagem no barco da Viking... com a galera da turma ' conservada em formol' .... 

 

 

sinto-me: agora relaxada
publicado por Pâmelli às 14:44
link do post | Comentários | ver comentários (9) | favorito
Terça-feira, 2 de Setembro de 2008

Hoje faz um ano

 

Um ano que nossa querida Gubi ( ou Gubinha...) - nome oficial: Atlanta - nos deixou.

Estava com 11 anos e não tive outra alternativa a não ser pô-la para dormir. (  o tumor havia passado para sua coluna vertebral e já não havia mais operação possível que pudesse salvá-la).

Atlanta foi uma cadelinha viralata  ( mistura de Beagle??)  que encontrei com dois meses, debaixo de um carro,  em uma rua de uma cidade completamente insignificante no interior de Minas Gerais , onde passei (desperdicei...) quase cinco anos de minha vida.

Alí  ela viveu  os seus primeiros 3 anos e depois seguiu comigo de volta ao Rio de Janeiro onde moramos por quase dois anos.  Depois seguimos para a Costa do Sol ( no estado do Rio) onde passei mais dois anos em um pequeno balneário a poucos quilômetros de Búzios.

Em 2003 nos mudamos para os E.U. e aqui ela viveu até o dia 3 de setembro de 2007.

 

Agora ela está morando no meio das estrelas , mas está sempre conosco , em nossos corações.

 

Mil beijinhos, muito carinho e vários 'Pupperonis' ( que você tanto adorava...) pra você minha querida Gubinha   :-)     XOXOXOXOXOXOXOXOXOXO....

 

 

Atlanta (Gubi) na praia em South Padre,  Texas

 

 

 O Sono dos Deuses  :  Em  casa,  dormindo em sua cama , com travesseiro...

 

 

 

 

 

sinto-me: Com saudades hoje e sempre
publicado por Pâmelli às 14:52
link do post | Comentários | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 1 de Setembro de 2008

Formatura

 

Lila se formou na sexta passada!

Foram 8 semanas de aulas,  todas as sextas à noite  na loja da Petsmart ,  que é especializada em tudo para animais, incluindo cursos de adestramento  e até  um 'Hotel Canino'...:-)) 

Não foram muitos os 'truques' que ela aprendeu -  eu não fiz questão disso nem acho que seja importante.  Para nós o maior mérito do curso  foi ela ter parado de latir.  (  A técnica de chacoalhar a latinha cheia de pedras - que faz um barulho horrível! -  cada vez que a pegávamos latindo no jardim , foi infalível.  Só isto já  teria valido  os 109 dólares do curso!)

Fora isso,  Lila  tambem aprendeu a SENTAR:-))  e se tornou menos medrosa e desconfiada de estranhos.  Agora até já ficou amiga de minha mãe,  que aliás será  quem irá cuidar dela e de nosso gato durante os dias que estaremos fora de férias , já a partir da semana que vem.

Enfim,  acho que seu progresso foi grande -  principalmente considerando que nós quase nunca fizemos o  seu 'dever de casa' :-)) ,  praticando em casa , as técnicas ensinadas em classe .

Mas estou bem satisfeita.  Ela agora está bem encaminhada para ser um cachorrinho mais sociável e feliz.  Parabéns Lilinha!!  

 Nós , que sabemos de tudo o  ela que passou de ruim  antes de a tirarmos do shelter,  temos certeza  que isto foi  para ela um  ENORME passo ! 

 

 

 

Lila e sua treinadora durante a aula...

 

 

 

O curso teve direito até a diploma...:-) 

 

 

 

 

sinto-me: Satisfeita com seu progresso
publicado por Pâmelli às 21:06
link do post | Comentários | ver comentários (2) | favorito

.Mais sobre mim

. Meu Livro

COPADRAMA

- A Brazilian Tragicomedy

(um romance em inglês de I. Pamelli M.)

. Comprar na AMAZON.com

.Julho 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

30
31


.posts recentes

. Um romance de memórias e ...

. Romance para este inverno...

. Visita ao maior Santuário...

. Dica de leitura para este...

. Leitura de verão: Três ro...

. Copadrama -Uma tragicoméd...

. De volta , mas nem tanto....

. Loucura, desgraça e um sh...

. Sorria, você está na Flór...

. De novo rumo à Flórida

.arquivos

. Julho 2018

. Janeiro 2018

. Novembro 2017

. Junho 2017

. Abril 2016

. Julho 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.flag counter

free counters

.subscrever feeds