Quarta-feira, 30 de Julho de 2008

O maior de todos

 

É ele mesmo:  Mikhail Baryshnikov -  carinhosamente tambem chamado de ' Misha'.

Dançarino russo, naturalizado americano. ( Por que será que me lembrei dele esta semana...? :-)

Estava agora mesmo revendo  o video do seu 'Corsário' e comparando -o com o do outro  - o  incrível  Nureyev.  Só serviu para confirmar o que eu  sempre achei.  Misha é imbatível!

 

Ontem  tive minha entrevista no Serviço de Naturalização.  A entrevista , que estava prevista para durar até 2 horas,  não durou mais do que 20 minutos.  Acertei todas as perguntas que me foram feitas sem pestanejar.  Agora é só aguardar a cerimônia do 'oath' ( o juramento).

A partir do ano que vem,  assim como Misha,  com muito orgulho e felicidade me tornarei cidadã americana. 

Adeus 'verdinho' !    Agora só farei uso dele quando voltar  ao Brasil de férias para rever a família.  ( Se usar o  passaporte 'azulzinho'  terei de tirar visto ,  assim como os americanos,   e ficar na fila de imigração ao entrar no país ...LOL ) Ironia das ironias.

Ontem à noite  , no jantar,  meu marido trouxe uma garrafa de Prosseco  para celebrarmos. ( Não gosto nada de champanhe...)

 

E agora,  só para relebrar o fantástico  Misha...

Primeiro dançando o 'Corsário'  em   'The Turning Point'  ( Momento de Decisão) -  belíssimo filme de balé que apresentou  Baryshnikov ao mundo  ...

 

O segundo :  Misha dançando os  'Cavalos de  Vysotsky'   no filme "White Nights" (  O Sol da Meia Noite)  onde faz o papel de um bailarino russo exilado nos E.U. e  agora naturalizado americano. 

 Após uma pane no avião em que viajava  em turnê pela Europa e pouso forçado em território inimigo  da antiga  União Soviética,  de repente  Misha se vê de volta à seu antigo país. 

Só que agora ele é considerado um 'traidor' ,  é preso pelas autoridades   e obrigado novamente a dançar para os russos. 

 Para sua antiga dance partner  ( interpretada por Helen Mirren) ele mostra toda sua revolta .  

 Eis sua dança de protesto...  É de arrepiar.  

Bravo Misha!  

 

P.S.  Nada contra  os gays...Mas é bom saber que Misha sempre gostou de mulher...:-))

Adoro, simplesmente ADORO ,  esse homem ! Não é de admirar que ele  tenha partido  vários corações entre atrizes e bailarinas no mundo inteiro. Tem inclusive uma filha com a Jessica Lange. - é,  aquela do King Kong !!  : -)))

 

 

O Corsário (  " The Turning Point" )  1977

 

 

Vysotsky  'Horses' -   ( " White Nights"  )  1985

 

 

 

sinto-me: Sempre fã de Misha!
publicado por Pâmelli às 17:27
link do post | Comentários | favorito
Segunda-feira, 28 de Julho de 2008

Nada como a influência do meio...

Era o que dizia 'Émile Zola.  Só que frequentemente em seus livros,  os personagens eram influenciados de alguma maneira NEGATIVA pelo seu 'meio' :  ou se tornavam alcoólatras porque os pais eram alcoólatras;  ou prostitutas porque foram criados em um meio  excessivamente permissivo,  ou assassinos ...etc.

 

Mas a 'influência do meio' tambem pode ter o seu lado bom.  Naturalmente quando se trata de um meio , digamos,  'privilegiado' ...:-) - seja do ponto de vista financeiro, cultural ou de 'princípios morais' ...

Sempre que penso nisso me lembro de uma antiga colega do tempo de escola, H.

 

Primeiro estudamos juntas dos 14 até uns 16 anos  e então seus pais mudaram-se para o Canadá.

Anos depois retornaram ao Brasil e novamente H. voltou a fazer parte de nosso grupinho  de amigos.  Tínhamos então uns 20 anos.

 

Muito bonitinha de rosto,  cheinha de corpo...H. sempre foi simpática e muito popular no nosso meio.  Estava sempre empencada com algum namorado.  Tinha milhares de amigos e amigas.

No colégio era aluna extremamente medíocre.  Nunca gostou de estudar.   Era a famosa 'simpática burrinha ' da turma.  H. era o que se podia chamar de uma verdadeira philistine-  aquela pessoa completamente desinteressade de estudos,  informação, cultura, arte ...Em  suma :  a 'anti -intelectual'. 

Sempre  alegre e bem humorada,  constantemente rodeada de gente,  H. era incapaz de ficar sozinha durante uma tarde inteira sem ficar deprimida.  Nunca pegou um livro para ler. O sonho de H. ,  e que ela gostava de anunciar para todos sempre que tinha a oportunidade,  era simplesmente  um dia se casar e ter 6 filhos! 

( Anos mais tarde ficamos sabendo que ela havia novamente se mudado para o Canadá e que tinha de fato se casado , mas aparentemente tinha mudado um pouco seus planos de vida:  tivera APENAS 4 filhos !!:-))

H.  era , contudo  ótima em  línguas.  Falava inglês, francês e português perfeitamente.  Seu pai era brasileiro, a mãe francesa,  haviam morado durante anos no Canada...

No Rio moravam em um apartamento belíssimo , na Viera Souto , com vista para a praia de Ipanema.  Os jantares em sua casa eram servidos  ' a francesa'  pelo mordomo...

 

Certa tarde , num fim-de-semana ,  estávamos em sua casa, de bobeira -  eu , H. e mais algumas amigas da escola com quem sempre andávamos e saíamos nos fins-de-semana.  De repente H. me sai com :

-Ei pessoal,  vamos assistir à um video?  Eu tenho aqui em casa "My Fair Lady" ...

 

Algumas de minha colegas já conheciam o musical.  Todo o mundo ficou animado.  Até então eu nunca tinha ouvido falar nele.

Então H. colocou a fita no video cassete (   naquela época não existiam DVDs... )  e começamos a assistir  o filme.  Era  no original e sem legendas , mas como todas nós estudávamos em escola estrangeira,  o inglês era normal entre nós.  Duas de nossas colegas eram inclusive filhas de pai americano e mãe brasileira...

Apesar disto, perdi bastante.  O problema foi  a fala da florista pobre e ignorante interpretada por Audrey Hepburn,  falando  cockney  (   aquela espécie de  dialeto  do inglês  britânico,  horrivelmente mal falado e deformado ...)    ,  antes que o Professor Higgins se encarregasse de ensiná-la a falar  corretamente e  'like a  lady...' :-)))

 

Anos depois,  eu iria voltar a assistir o musical  muitas e muitas vezes.  É um de meus filmes preferidos.   

Mais tarde eu leria a peça de Bernard Shaw " Pygmalion"  ( Pigmaleão) ,  que inspirou o musical ,  e compraria o C.D.  com as músicas. 

 Mas  foi naquele  dia  que eu tive  minha introdução  'formal'   à " My Fair Lady".,  à Audrey Hepburn e à Rex Harrison.

E quem me apresentou à ele foi H.... Aquela antiga amiga de escola...A  philistine  ,  a namoradeira cabecinha oca... A  bobinha  mais simpática da turma :-)

 "My Fair Lady" era um de seus filmes favoritos.  Um clássico do cinema, interpretado por atores  já completamente esquecidos e desconhecidos  ( já naquela época!) da maioria das pessoas de nossa  geração .

 Afinal  ela havia estudado em uma escola bastante exclusiva.  Seu pai era um homem sofisticado, chegando a beirar  o esnobismo.  Sua mãe era francesa.  Sua família havia viajado extensamente.  Sua irmão nascera nas Bahamas. Não havia 'philistinismo' que pudesse resistir a tanto! :-))

 Nada como a 'influência do meio' ,  como diria o velho Zola...

 

---

 

Memory Lane :  o trailer de "My Fair Lady" ,  esta pequena jóia de 1964,  com a música maravilhosa de Frederick Loewe...

 

 

 

 

sinto-me: Mais uma vez divertida com MFL
publicado por Pâmelli às 21:25
link do post | Comentários | favorito
Sábado, 26 de Julho de 2008

Banco do Brasil , o carrapato que não larga!

 

Coisa que começa mal , só podia terminar pior.

Quando D. João VI resolveu criar o Banco do Brasil logo após fugir  com a corte ( falida) para o Brasil  em 1808 ,  já havia mutreta na história:  davam-se  'títulos de nobreza'  aqueles que comprassem os títulos do banco.   Nunca na história de Portugal tanta gente virou 'nobre'  em tão pouco tempo!  Eram milhares de caipiras brasileiros ricos ( cafeicultures , donos de engenhos , de minas etc..) ,  que em troca de um verniz de  'marquês'   'conde' , 'visconde '  ou  'barão'  , depositavam imensas quantias no banco do Principe Regente.   Para se ter uma idéia,  'apenas nos seus oito primeiros anos no Brasil,  D. João outorgou mais títulos de nobreza do que em todos os 300 anos anteriores da história da monarquia portuguesa ...' (  '1808' de Laurentino Gomes) .

"Em Portugal , para fazer-se um conde se pediam quinhentos anos;  no Brasil,  quinhentos contos !" -  escreveu Pedro Calmon.

 Agora ,  200 anos depois ,  a instituição continua mais fominha, ordinária e mal intencionada do que nunca.

 

Nunca, nunca , nunca mesmo,  abra uma conta no Banco do Brasil .  Você vai ter uma dor de cabeça daquelas!

 

Faz 5 meses ( isso mesmo,  5 meses!)  que tento fechar uma conta que abri ( em um momento de insanidade e debilidade mental)   no maldito banco - e simplesmente não consigo!

 

Há pouco mais de um ano atrás,  resolvi abrir uma conta em uma das agências do Rio de Janeiro .  Como voltamos  ao Brasil todo ano de férias,  imaginei que seria uma boa idéia ter uma conta por lá -  apesar de já estar fora há mais de cinco anos.  Depositei uma quantia simbólica apenas para abrir a conta e pensei:  na minha próxima visita , antes de viajar, transfiro algum dinheiro.  Assim não preciso levar dólares para trocar  toda vez que  voltar ao Brasil...

 

Em março último , quando estive lá e acabei resolvendo viajar com dólares na última hora , fui ver meu saldo -  que estava sem movimentação  há mais de um ano -  e o que eu descubro :  estou DEVENDO dinheiro ao banco !   Isto porque resolvi PÔR dinheiro lá   e não mexer durante um ano!!

 

O banco cobra uma taxa de manutenção de conta todo mês -  não importa que você deixe seu saldo parado,  que não use talões de cheques, cartões, checagem pela Internet ...Nada.

Coisas que,  aliás,  eu nunca pedi ou usei durante o ano que  estive fora. 

Ainda assim, me cobraram  religiosamente todo mês  as taxas e após um ano e pouco tive que pagar mais de duzentos reais ( cento e poucos dólares )  só de 'multa'  porque o valor que deixei parado na conta já não era o  suficiente para as despesas da 'manutenção da conta' .    Pior,  quando concluí que não valia a pena manter a tal conta e tentei encerrá-la ...Cadê ?

 Primeiro me pediram para escrever uma carta e assiná-la , fazendo o pedido formal de encerramento da conta.

Foi o que eu fiz na agência de Búzios onde me encontrava de férias.  ( o mesmo banco,  o mesmo estado,  o mesmo país...).  Tive direito a carimbo como comprovante e tudo.   Paguei tudo o que me disseram que eu lhes devia.

Quando voltei  ao Rio , na véspera de embarcar para os E.U.  ,  recebo um recado de minha agência me dizendo que ,  apesar de estarem com a cópia de minha carta ( que a agência de Búzios lhes havia enviado...)  "só poderia encerrar a conta se LIGASSE  para eles e falasse com a gerente  pessoalmente ..."  

Já de malas prontas eu ligo para minha agência em Copacabana,   converso com a pessoa que me é indicada,   explico -lhe novamente meu desejo de encerrar a conta.  Ela me diz que ainda tenho que quitar mais alguns reais em débito  ( coisa que a agência de Búzios não tinha no seu cadastro de minha conta -  dá pra acreditar?? ) .  Eu concordo em fazer o depósito e sou assegurada de que agora sim,  está tudo resolvido e a conta foi finalmente encerrada.   ( Detalhe,  para fechar a conta é preciso depositar a quantia do débito EXATO .  Não se póde deixar um pouco mais para facilitar o processo pois  se deixar um saldo positivo   a conta não fecha...) . 

 

Esta semana,  cinco meses depois,   o que me acontece?  Recebo um comunicado do banco de que minha conta permanece aberta e que é preciso  enviar-lhes  novamente  OUTRA carta para fechá-la!

É claro que os LADRÕES continuam inventando situações e desculpas para me obrigar a ficar com a conta aberta.  Desta forma podem continuar cobrando todo  mês suas taxas  ridículas e abusivas!

 

Ontem mandei-lhes um fax com o meu TERCEIRO pedido formal ,  assinado  ( assim como eles fazem questão ) ,  para o encerramento da conta.  Só que desta vez deixei um P.S. 

"Espero ,  com isto ,  finalmente  ser deixada em paz  e ter o meu pedido de encerramento de conta definitivamente  confirmado.  Do contrário serei obrigada a entrar com um processo contra esta agência ! "

 

E isto é o banco oficial,  o  mais antigo ,  supostamente  o mais sólido , sério e seguro do  país.

Este,  meus amigos,  é o BANCO DO BRASIL  !   Que tal??

 

Já o meu banco aqui na América,  independente de eu ter 50 , 5.000 ou 50.000  dólares  na conta ,  de movimentá-la ou não ,   não me cobra uma ÚNICA taxa de  'manutenção'.   Nada.

Se deixar a conta parada durante um ano  inteiro e depois voltar para ver quanto tenho,  será exatamente o que deixei - nem um tostão a mais , nem um tostão a menos.

E este é o  'país capitalista selvagem'...  O dos 'yankees imperialistas' ...  Que piada!

 

É por isso e tantas outras razões que não vejo a hora de entregar meu passaporte brasileiro e trocá-lo pelo americano. 

Quando chegar o dia de minha entrevista com o Serviço de Naturalização,  vai ser com toda a sinceridade do mundo , na alma e no caráter ,  que  vou olhar  o entrevistador nos olhos e dizer-lhe  :    Estou  realmente MUITO  feliz em me tornar cidadã americana.  Feliz de poder  finalmente pertencer à um país que respeita seus cidadãos , o seu dinheiro,  a sua integridade e não vive tentando  roubá-los ,  trapaceá-los e fazendo-os  de   idiotas. "  

GOD BLESS AMERICA !!!  

 

 

 

 

sinto-me: &*%$#@*&%$&%!!!
publicado por Pâmelli às 18:14
link do post | Comentários | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 24 de Julho de 2008

Jobim & Sinatra : Orgulho nacional , patrimônio mundial ...

 

A apresentação dos dois no Carnegie Hall   data de 1967...

Um dueto maravilhoso,  um blend inigualável do melhor da Bossa ,  do talento e do charme de cada um destes dois artistas  geniais. 

Um dos maiores cantores de todos os tempos, junto com um dos maiores compositores do Século XX  -  devidamente  'envelhecidos' ,  on the rocks and better than ever ! 

 

 

 

 

sinto-me:
publicado por Pâmelli às 15:45
link do post | Comentários | ver comentários (4) | favorito
Terça-feira, 22 de Julho de 2008

O amuleto turco contra mal olhado e olho gordo...

 

Um colega aqui da blogosfera , que tem o mesmo gênero  de carro  ( e quase do mesmo ano...)  que o meu  , ficou curioso sobre o meu chaveiro .   É que os nossos são bem parecidos ,  só que o dele tem uma ovelhinha pendurada :-)) ( ele é um 'bom rapaz' ...)   ;  já eu , que sou mais do tipo 'cínica e desconfiada...'   tenho  um chaveiro com o  amuleto do 'olho turco' !

 

Pois é.   A verdade é que  as mulheres  estão muito mais sujeitas a sofrerem um ataque de 'olho gordo'  ( principalmente da parte de OUTRAS mulheres! ) do que  os homens. 

Muitas, contudo,   preferem pensar que 'não é bem assim...' 

De qualquer forma ,  seja qual fôr  a sua perspectiva,  talvez não seja má  idéia  sempre ter um olho turco por perto.  Afinal  :  'Seguro morreu de velho' !

 

 Depois de pesquisar um pouquinho mais sobre o assunto,  descobri o seguinte:

 

- O amuleto  é muito comum na Turquia e é usado em pulseiras, brincos, colares etc...

 

-Tambem costuma ser dependurado em casa,  no escritório e em carros...

 

-Deve sempre ser azul e ter a forma de um olho...

 

-O nome turco do amuleto é " nazar boncuk"  ( nazar significa 'olho gordo' )

 

Resumo:  Os turcos pensam que qualquer elogio pode incluir conscientemente ou inconscientemente um sentimento de inveja ou ressentimento.

( Já ouviu aquela   " Ah,  que vestido lindo!"  " ; ou   Que sorte !  Você não engorda mesmo , né? " ;  ou ainda :  "Vão viajar pra N.Y. ?  Que máximo! " )  Ok, algumas vezes a felicidade ou admiração do outro ( e mais especificamente da OUTRA...) pode até ser genuína.  Mas por via das dúvidas ,  mais vale  carregar seu olhinho turco à tira-colo ....Just in case.

 Enfim,  o amuleto do mal olhado reflete o mal olhado na pessoa que o enviou.  Daí que, se aparecer rachado ,  significa que funcionou e protegeu seu portador do olho gordo do outro !

 

O olho turco ( as vezes chamado de olho grego...) é comum em vários países  além da Turquia -  inclusive nos E.U. e no Brasil.  No shopping aqui perto de casa  , por exemplo , tem um stand só de objetos turcos ( almofadas, bijuterias , xales e , é claro,  o olho turco!!) 

  Pra dizer a verdade,  não vejo muitas americanas usando o amuleto-  será porque são mais crédulas ou menos invejosas que as mulheres latinas??  Duvido.  Mulher é mulher em qualquer parte do mundo...

 

 No  Brasil  temos vários tipos de amuletos -  a maioria deles de origem na cultura africana.   Os balangandãs ,   por exemplo, são um conjunto de miniaturas em ouro e prata de campainhas, figas, corações, chaves,  frutos, conchas etc...Tudo preso em uma argola de metal.

 Existem ainda as figas soltas, os pés-de-coelho,  as  fitas do Bonfim,  os crucifixos,  os  trevos de quatro folhas etc.. etc... A lista é infindável.

 

  Quanto ao olho turco... Aqui em casa eu tenho dois:  um , pendurado no nosso rack de  C.D. s  na  sala...    

 

 

E o outro no meu chaveiro! 

 

Como é mesmo aquele ditado em espanhol? 

  "Yo non creo en  las brujas...pero  que las hay  las hay ..." 

 

 

 

sinto-me: cautelosa
publicado por Pâmelli às 16:34
link do post | Comentários | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 20 de Julho de 2008

Adorei essa da VEJA...

 

 

  " Os cubanos que emigram de forma clandestina ou sob qualquer manto legal não só cometem uma falta desprezível de ética como também privam a economia de nosso povo  de especialistas e pessoal qualificado."

-Fidel Castro,  o ditador queridinho de nove entre dez intelectuais brasileiros,  justificando a manutenção de Cuba na condição de campo de concentração de seu próprio povo.    -  revista Veja.

 

Pois é. Pelo visto a múmia continua fazendo declarações do fundo de sua tumba...

 

E ainda mais essa na Veja de 9 de julho :

 

" O Brasil teve uma posição covarde, fugindo ao reconhecimento das Farc como grupo terrorista.  E covarde também ao não reconhecer a eficácia da estratégia corajosa do presidente Álvaro Uribe."

-Carlos Pio , professor de relações internacionais da UnB,  comentando a nota do governo brasileiro sobre o resgate de Ingrid Betancourt. '  -  revista Veja.

 

Desde o começo da década  a Colômbia  já recebeu dos E.U.A. mais de 5 bilhões de dólares para expandir e treinar as Forças Armadas, investir em comunicações e serviços de inteligência.    O resultado é que o hoje o país de Álvaro Uribe  é muito  melhor e mais seguro do que já foi no passado. 

Já o Brasil, que preferiu  virar cupincha do trio calafrio ( Fidel, Chávez e Morales...)   e escutar  o monte de sandices que dizem ...se transformou na  Colômbia de antigamente !

 

                                                         

                                    

sinto-me:
publicado por Pâmelli às 17:32
link do post | Comentários | favorito
Sexta-feira, 18 de Julho de 2008

Desabafo : Como seria o mundo ( e especificamente o Brasil) se...

 

-Existisse a PENA DE MORTE  para políticos que fossem pegos roubando o próprio país...

 

- O governo deixasse de hipocrisia de uma vez por todas e pusesse o Exército nas ruas do Rio de Janeiro (  é o que a maioria da população da cidade já disse que quer!)  -  por mim,  pode encher a cidade de tanques, soldados, carros policiais blindados , inclusive nas praias, zona sul e bairros nobres da cidade!  Antes isso do que não se poder mais andar nas ruas com medo de levar um tiro ou ser assaltado a qualquer hora , em qualquer lugar...

O problema é que brasileiro é tão traumatizado com os vinte anos de ditadura militar que sofreu de 1964-84 ,  que prefere ter assaltantes, pivetes armados, traficantes prontos para fuzilar inocentes nas ruas de suas cidades,  ao invés dos militares que estariam lá para proteger a população!!  Aliás,  aqueles milicos deveriam ter alguma utilidade - até porque salários e aposentadorias boas eles bem que gozam...  Já que não precisam defender o país contra nenhum inimigo externo,  que façam alguma coisa para defender a população dos inimigos INTERNOS!!!

A última?  Troca de tiros e novas balas perdidas em pleno Leblon e Lagoa esta semana.

Um inocente morto, vários feridos.  Dois policiais fuzilados a sangue frio dentro de seus carros estacionados na Lagoa. 

Detalhe:  Quem está fazendo isso não é gente com fome.  O próprio chefe da polícia do Rio já disse que não existe praticamente  mais  este tipo de crime  na cidade. É tudo coisa de traficante!

Agora imagine isto acontecendo em Manhattan em N.Y. ou no 16ème de Paris?  Sim,  porque o Leblon e a Lagoa são os bairros 'nobres'  do Rio de Janeiro...

Realmente é DEMAIS pra aguentar!

 

-A maioria das pessoas que desejassem ter filhos ( ou animais de estimação) ,  decidisse por ADOTAR alguem ou algum animal que já esteja AQUI e precisando de um lar e uma família,  ao invés de  comprar um 'caõzinho de raça na loja de animais mais próxima..' ou colocar MAIS  um ser humano no mundo só porque este vai ter  seu  'precioso DNA' .   Quanto egoísmo!  Quanta vaidade e falta de consciência ecológica!!!

 

- O governo passasse uma lei fazendo com que ao invés de usarem animais inocentes ( ratos e macacos) como cobaias para experiências e pesquisas científicas,  passassem a utilizar PRESIDIÁRIOS que foram condenados por  crimes hediondos.  Já é hora destes monstros em forma  humana passarem a dar  alguma contribuição à sociedade depois de todo o mal que fizeram!!!

Além disso,  os centros de pesquisa poderiam PAGAR a qualquer pessoa que  esteja disposta a se submeter à um experimento  ou pesquisa  em andamento. ( Isto aliás, já acontece  nos E.U.A.  -  há anúncios na T.V. diariamente para quem deseja contribuir para as pesquisas e,  de quebra , ainda ganhar algum dinheiro!).  Aliás, quem garante que algo que funciona no rato vai depois funcionar igual no humano??

 

-As pessoas tivessem o direito de comprar, possuir  e fazer uso de uma arma para se defender em caso de agressão ou assalto . 

Novamente,   como é o caso nos E.U.A.  e que ,  diga-se de passagem ,  tem o número de  homícídios e mortes de inocentes nas ruas de suas cidades muito ABAIXO  do  Brasil.  De fato nem há termos de comparação!!!

Inclusive,  quem sabe se os assaltantes e traficantes que andam a solta por aí,  matando inocentes diariamente por causa de um relógio, um carro ou uma carteira...Se soubessem que a população poderia estar armada e livre de um processo em caso de morte por legítima defesa,  quem sabe não pensariam duas vezes antes de nos abordar com suas metralhadores, pistolas e canivetes nas ruas, nos sinais e nas praias da cidade??

 

Ah, eu não aguento tanta hipocrisia.  Tanta baboseira.  Tanta inércia e blábláblá inútil.  Tanta gente só falando em 'educação'  em 'inclusão social'  ...Como se isto , por estas alturas do campeonato,  pudesse surtir algum efeito prático e imediato nesta  situação caótica,  neste estado de guerra civil não declarado  em que o Brasil se encontra. Isto é como um médico  irresponsável e inconsequente , sugerindo  vitamina C para  tratar alguem que está com tuberculose!

 

O mundo ( e o Brasil ) haveriam de ser bem melhor -  ou ao menos , bem  MENOS pior !  -eis a minha resposta.

Caramba , será  possível que  eu seja a única a pensar  assim???

sinto-me: Enojada com tanta hipocrisia
publicado por Pâmelli às 19:27
link do post | Comentários | ver comentários (5) | favorito
Quinta-feira, 17 de Julho de 2008

Pepe le Pew - o gambá apaixonado

 

Resolvemos batizar a Lila, nossa nova cadelinha adotada ,  com o apelido de 'Pepe le Pew'.

É que depois de observar  por algum tempo seu comportamento  com nossa gata,  Senninha ,   chegamos a conclusão que ela é exatamente igual ao gambá francês do desenho animado!

Este, apaixonado pela  gata ( que ele pensa ser um gambá , assim como ele...) ,  vive perseguindo -a com juras de amor , enquanto  o pobre do gato vive fugindo apavorado !

A Lila não fede como o gambá do desenho  :-))   -  (  Americano é bem sacana né?  Faz um desenho  animado sobre um gambá e faz com que ele seja justamente francês!! lol)  mas é tão entusiasmada e animada quanto Pepe  cada vez que cruza com a  Senninha.

De manhã,  quando solto as duas no jardim ( após terem passado à noite em aposentos separados -   Lila no banheiro de cima e Senninha  no quarto de televisão...) ,   assim que vê o gato , o cachorro  corre imediatamente  para ele,  pula em volta, cheira suas partes íntimas sem a menor cerimônia  :-)) e abana o rabo entusiasticamente  ...Já o Senninha, apesar de não ter nenhuma reação agressiva,  simplesmente ignora o outro,  quando não lhe vira a cara ou sai de fininho para outro lado .  São os próprios personagens do desenho animado!!LOL

 

E agora ,  vamos dar uma olhada e relembrar... ( Ah,  os desenhos de antigamente eram tão mais divertidos e fofinhos do que os de hoje em dia...!!) 

 

A ver no elenco :    1)  Pepe le Pew -  o gambá apaixonado,  francês e extremamente fedorento ...no papel de Lila , o cão.  

 

                                  2)   A gata   ( que , confundida com um gambá ,  vive desesperadamente fugindo de seu indesejável pretendente...:-))   no papel de Senninha. 

 

 

  

 

sinto-me: Divertida
publicado por Pâmelli às 16:58
link do post | Comentários | favorito
Terça-feira, 15 de Julho de 2008

Love, passion, Piazzolla and Tango!

 

Há dois shows que assistí na vida e que nunca me esqueci:  um foi o de Tom Jobim e sua Banda Nova no Mosteiro dos Jerónimos em 1992;  o outro foi o de Astor Piazzolla e seu quinteto na Sala Cecília Meireles no Rio de Janeiro há bem uns vinte anos!!

 

Até então eu nunca tinha ouvido falar em Piazzolla. Foi uma amiga de escola,  chilena , filha de argentinos,  quem me convidou para acompanhá-la com seus pais ao show do velho mestre , o criador do Tango Nuevo.

 Adorei!  Até hoje quando ouço Piazzolla - e especialmente 'Adios Nonino'  - fico arrepiada.

 

Como brasileira , penso que sou o que  muitos chamariam de 'duplamente degenerada' :  primeiro porque , sendo carioca,  gosto muito de São Paulo - a cidade .   (  Pra mim é a Nova Iorque da América Latina...)   Segundo,  porque sendo  brasileira,  admiro imensamente a cultura e a classe do povo argentino ( sem falar na beleza dos homens argentinos!!). 

Basta ouvir sua música e dar uma olhadela em sua dança. 

 

No vídeo :  a  dançarina tão habillée, com seu penteado  à la Carmem,   seu sapatos de salto  e a postura impecável de bailarina... Suas costas lindamente trabalhadas e seus movimentos ultra sensuais  e sugestivos , mas sem uma gota de vulgaridade ! ( Igualzinho as dançarinas de axé,  as popozudas,  as 'mulheres melancias' ( What in HELL does that F...mean??)  ,  as 'tiazinhas'   e 'dançarinas'  do Tchan  que saem do  Brasil...  Humph.)  

Mas cala-te boca.

  Voltemos à Buenos Aires.  Quem sabe,  à uma noite em uma de suas  famosas casas de tango,  talvez degustando  um suculento filé de boi argentino :-)) acompanhado de  um bom vinho de Mendoza !  É só uma idéia...

 

Enfim,  um gostinho do que os portenhos têm a nos oferecer...

 

      

 

 

 

 

 

 

 

sinto-me: Apaixonada por Piazzolla
publicado por Pâmelli às 14:59
link do post | Comentários | favorito
Domingo, 13 de Julho de 2008

DESIDERATA

 

 Em latim significa : 'aquilo que se deseja ou que é desejável...'

 

Descobri o texto , nos anos 90 ,  em um livro de inglês para alunos intermediários , que usava para dar aulas no Brasil.  Na época minha vida não podia estar mais errada:   casamento falido,  morada em uma cidade que abominava, solidão, preocupações financeiras e profissionais  com nosso negócio que não ia lá muito bem...

Foi amor a primeira vista.  Ensinei aos alunos,  que tambem gostaram.  Passei a carregar comigo o texto aonde quer que fosse...  Para mim  era uma espécie de amuleto ; a minha 'Bíblia' ;  a esperança viva e tangível de que algum dia minha vida iria mudar e que  um dia eu  finalmente me veria BEM  longe ...Longe daquele lugar e daquelas pessoas que me faziam tão infelizes. ( Ah,  a pior coisa na vida é se morar no lugar errado e rodeado das pessoas erradas!!)

 

Embaixo da página  do texto estava escrito:  " Texto  de autor desconhecido, encontrado na igreja de Old St.Paul's  , em Baltimore USA,   em 1692... - Acho esta parte especialmente interessante considerando que meu atual marido e sua família são originalmente da cidade de Baltimore ! :-))) 

Coincidência?  Destino?  Como lemos na própria DESIDERATA :  " Whether or not it is clear to you,  no doubt the universe  is unfolding as it should..."   ( Que esteja claro ou não para você,  sem dúvida  o universo está se desenrolando como deveria...) 

Uma parte de mim,  lá no fundo,  já devia saber que aquele texto,  aquela igreja e aquela cidade,  um dia estariam muito mais ligados à mim do que eu jamais poderia imaginar.

Não era uma coincidência  e sim o meu  destino!  :-) 

 

Afinal  a estória de DESIDERATA não passou de um grande engano. 

  O autor se chama Max Ehrmann e escreveu o texto  nos anos 1920.  O mal entendido ocorreu quando o pastor da igreja de Baltimore , nos anos 50 , resolveu fazer uma cópia do texto para entregar aos fiéis e  no topo da folha estava escrito o nome da igreja e sua data de fundação ( 1692) . Então passou-se a acreditar que esta era a data do escrito  e que este  era de autoria desconhecida. 

 

Em 2003,  o ano que cheguei aos E.U.A. ,  quando visitei meus sogros pela primeira vez na cidade de Baltimore , fiz questão de ir conhecer a tal igreja.  Foi uma espécie de peregrinação.

O pastor me disse que ainda hoje é muito comum muitos fãs de DESIDERATA , muitos deles turistas estrangeiros, irem à Old St.Paul's Church acreditando na velha lenda da origem misteriosa do texto.  O lugar acabou virando atração turística! lol

 

  ( A atual construção é de 1856)

 

E agora, o texto original e completo - para  aqueles que quiserem  se inspirar e acreditar que um dia  as coisas podem sempre mudar...para melhor. :-) 

 

" Go placidly amid the noise and haste,  and remember what peace there may be in silence.  As far as possible,  without surrender, be on good terms with all persons.  Speak your truth quietly and clearly, and listen to others,  even the dull and the ignorant;  they too have their story.

Avoid loud and aggressive persons;  they are vexatious to the spirit.  If you compare yourself with others, you may become vain or bitter, for always there will be greater and lesser persons than yourself.

Enjoy your achievements as well as your plans.  Keep interested in your own career,  however humble; it is a real possession in the changing fortunes of time. 

Exercise caution in your business affairs, for the world is full of trickery. But let this not blind you to what virtue there is; many persons strive for high ideals, and everywhere life is full of heroism.

Be yourself. Especially do not feign affection.  Neither be cynical about love, for in the face of all aridity and disenchantment,  it is as perenial as the grass.

Take kindly the counsel of the years ,  gracefully surrendering the things of youth.

Nurture strength of spirit to shield you in sudden misfortune.  But do not distress yourself with dark imaginings.  Many fears are born of fatigue and loneliness.

Beyond a wholesome discipline,  be gentle with yourself. You are a child of the universe no less than the trees and the stars;  you have a right to be here.

And whether or not it is clear to you, no doubt the universe is unfolding as it should. Therefore ,  be at peace with God, whatever you conceive HIM to be.

And whatever your labors and aspirations, in the noisy confusion of life, keep peace in your soul.  With all its sham, drudgery and broken dreams, it is still a beautiful world. Be cheeful. Strive to be happy. "

 

                             Max Ehrmann

 

 

 

sinto-me: Inspirada por Desiderata
publicado por Pâmelli às 16:43
link do post | Comentários | favorito

.Mais sobre mim

. Meu Livro

COPADRAMA

- A Brazilian Tragicomedy

(um romance em inglês de I. Pamelli M.)

. Comprar na AMAZON.com

.Janeiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Romance para este inverno...

. Visita ao maior Santuário...

. Dica de leitura para este...

. Leitura de verão: Três ro...

. Copadrama -Uma tragicoméd...

. De volta , mas nem tanto....

. Loucura, desgraça e um sh...

. Sorria, você está na Flór...

. De novo rumo à Flórida

. Safari Africano, Texas st...

.arquivos

. Janeiro 2018

. Novembro 2017

. Junho 2017

. Abril 2016

. Julho 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.flag counter

free counters

.subscrever feeds