Terça-feira, 16 de Janeiro de 2018

Romance para este inverno...

Aos leitores e amigos do Parada Essencial:  

 

Aqui vai o link da página no Facebook  do meu romance de viagem PARIS, MON AMOUR - As memórias de uma jovem brasileira na Cidade Luz.   

 https://www.facebook.com/pamelli2018/

Este é para quem ama a Velha França,  um bom romance e tem senso de humor!

A história  começa nos anos 1970 em Brasília,  passa pelo Rio de Janeiro nos anos 1980 e depois vai para Paris ( o grosso do livro e principal momento da história....) - ainda com direito a um capítulo inteiro passado no Marrocos. 

Baseado em fatos reais,  o livro conta as aventuras e desventuras de uma jovem estudante brasileira em Paris nos final dos anos 1980.

Disponível somente pela Amazon -  no Brasil e Portugal, apenas em versão KINDLE ( livro eletrônico, para ser lido em tablets, computers e I-phones...).  Nos E.U.A.,  disponível também em paperback.

Nota: Para quem tem KIndle Unlimited, é possível baixar o livro FREE.

Então vá  lá!  

Dê um pulo até a página do PARIS, MON AVOUR no Facebook e veja

DSCN0117 (2).JPG

 

algumas fotos e extratos do livro lá postados.

E  depois, quem sabe,  você queira seguir com a Pâmelli para a Cidade Luz....:-) 

 

 

publicado por Pâmelli às 20:11
link do post | Comentários | favorito
|
Quinta-feira, 29 de Junho de 2017

Dica de leitura para este final de ano: PARIS MON AMOUR - As memórias de uma jovem brasileira na Cidade Luz

19576605_740925492754628_260940356_o.jpg

 

Depois da minha  sátira carioca "Copadrama- Uma Tragicomédia Brasileira" , publicado em 2009,  "Paris Mon Amour" finalmente saiu da gaveta ( ou melhor, do computador...) depois de vinte anos!    

Neste caso, trata-se de um romance de viagem inspirado em fatos reais. A história começa no Rio, nos anos 70 , passa por Paris ( a maior parte, nos anos 80), depois o Marrocos e  termina  na Flórida, USA  nos tempos atuais !  Pas mal, hein?

Nota:  Quem tem Kindle Unlimited ( da Amazon)  pode ler e se entreter  for FREE.

 A  obra  está disponível em Paperback( brochura)   e Kindle ( e-book)  nos E.U.A.  Já  no  Brasil e Portugal, pode-se ler em Kindle ( E-book) , pelo I-pad, I-phone ou computer...( Não sei se a Amazon manda entregar os paperbacks/brochuras em outros países...)

Enfim, quem estiver interessado em dar uma espiadela e ler os primeiros capítulos ( A  Amazon disponibiliza as primeiras páginas para o leitor dar uma olhada e só depois, se gostar, comprar o livro)  é só ir no site da Amazon e digitar Isabela Pamelli Martins.  Ao entrar na minha página de vendas, escolha o livro que quiser "explorar".  

 

Os endereços da Amazon nos E.U., Brasil e Portugal  são:

 

www.amazon.com

www.amazon.com.br 

 

www.amazon.com.pt   

 

Voilà uma boa sugestão  de presente de Natal para quem gosta de um bom romance.  :-) 

 

Fui!

 

 

publicado por Pâmelli às 01:38
link do post | Comentários | favorito
|
Quarta-feira, 2 de Fevereiro de 2011

Meus 15 minutos de fama...

 

Categoria de post:  diário /fofoca

 

Aconteceu esta semana no Hills, que é  minha  academia de ginástica.

Estava eu alí no meu canto , suando um pouquinho na sala da musculação, quando de repente uma das personal trainers ( que eu apenas conheço de vista mas com quem nunca conversei…) corre até  mim e exclama:

 

-   Adorei o seu livro! Que personagens mais coloridos os seus!!

 

Pega de surpresa,  quase derrubei meus pesinhos de 3 pounds . ( É que como vêem, não sou exatamente marombeira, lol)

 

  Então respondi:

 

-  Ora… obrigada.  Mas como é que você soube do meu livro?

 ( Eu nunca fiz nenhuma promoção do 'Copadrama' no Hills e apenas vendi dois exemplares para dois colegas com quem costumo conversar mais. Além disso,   o livro  só está a venda pela Amazon ou na loja brasileira aqui da cidade...)

 

-A L.  me emprestou o seu… - foi sua resposta.

 

Uhm.   L.  é justamente uma das duas pessoas na academia que comprou o meu livro. 

 Recentemente ela hospedou , por seis meses,  um jovem brasileiro de São Paulo que participou de um programa de intercâmbio.

 Algum tempo atrás,   ( e sabendo que sou brasileira)    me contou  algumas estórias sobre seu hóspede  e o que ele andava ‘aprontando' em sua casa.  Não era nada de terrríiível e, pra dizer a  verdade,  achei suas queixas bastante ridículas. Coisas do tipo ' o rapaz  usava perfume demais,   não levava os estudos a sério e jogava o papel no lixo do banheiro' ( ao invés de dentro do vaso sanitário...).

Ora ,give me a break!  Você resolve hospedar um aborrecente de 16 anos, de outra nacionalidade, filhinho de papai  ( pobre brasileiro  não faz intercâmbio cultural nos E.U.!) e depois fica reclamando DISSO?? 

Pior seria se ao invés de usar perfume o rapaz fosse francês e não tomasse banho por uma semana! 

 Não gostar de estudar?  Desde quando isso é problema dela,sua mera anfitriã no programa de intercâmbio?  E quanto ao papel no lixo... Era só explicar  que aqui nos E.U.  as descargas costumam funcionar!! lol    ( Ao saber da estória do vaso, meu marido deduziu que o rapaz provavelmente achou a casa de L.  simples DEMAIS . Assim como alguns banheiros públicos de quinta no Brasil,  onde os donos pedem aos clientes para 'não jogar papel no vaso'...)

 

Anyway... Diante de tantas queixas idiotas , resolvi sugerir à L. que lesse o meu romance brasileiro , lol  e quem sabe assim,  ela  poderia entender um  pouco mais  o povo e a cultura local. ( Sugestão que ela prontamente adotou ao comprar um exemplar do 'Copadrama')

 

 As semanas se passaram e tudo o que eu ouvi de L. foi ' Adorei o seu livro' - o que me deixou claro que ela não leu coisa nenhuma!

  Ora, quando alguem realmente LÊ o seu livro , ele não lhe diz simplesmente que gostou.  Ele comenta sobre a estória, os personagens, o que achou do final etc.

De fato,  não creio que L.  seja o tipo de pessoa que lê nada além de e-mails e notícias condensadas na internet.  A verdade é que ela é uma americana bem típica:  interiorana, desprovida de  qualquer vaidade e com ZERO experiência cultural fora do próprio país. Ou seja:   a última pessoa que deveria  hospedar jovens estudantes estrangeiros fazendo intercambio cultural !

 

 

Mas voltando à  personal trainer do Hills , que é o assunto deste post…

Embora eu tivesse preferido que a moça  tivesse COMPRADO meu  livro , lol, ( ao invés de tomá-lo emprestado de L...) , seu feedback positivo me foi , naturalmente, muito bem vindo. 

 

Como ela estava com uma aluna particular naquele momento, não pudemos falar muito.   Mas,  quando lhe perguntei qual dos personagens ela tinha gostado mais, ela me respondeu sem hesitar:

 

- Os dois amigos !

 ( Um é um gigolô argentino e o outro é um personal trainer bem ‘tipicamente carioca’….)

 

E completou:

 

- Namorei um brasileiro que era igualzinho ao seu personagem. Eu até fiz algumas anotações de suas descrições de tão perfeitas que eram…

 

Wow.  Por essa eu não esperava.

Meu personagem ( que ,alias,  na estória  é um personal trainer…) é um daqueles playboys cabeça de vento, inconsequente e incorrigível – embora no fundo, boa gente e até  bastante divertido.

 

-É mesmo?  Nossa…  -  respondi em voz alta, enquando pensava : ’Coitada’!

Mas  felizmente ela não parecia nada ‘destruída’ com o fim do namoro com o Don Juan.

 

Foi aí que me lembrei do novo massage therapist que chegou no Hills  há alguns meses. 

O rapaz é brasileiro, carioca e um verdadeiro DEUS DO OLIMPO! ( um tipo 'Antonio Banderas' nos seus belos tempos...lol)

Ou seja:  é bem possível que seja ELE  o tal ‘brasileiro’ que teve um romance ( acho que não chegou a ser namoro sério…) com minha leitora-admiradora.

 Ai,  como às vezes  a vida  imita a arte!! 

 

Enfim, depois dessa,  confesso que  fiquei curiosa e na próxima vez que fôr ao Hills e encontrar a moça,  vou lhe perguntar ( como quem não quer nada)   se o seu ex-namorado brasileiro era tambem um personal trainer-  assim  como o personagem do meu livro.  Se ela disser que não e que ele era um massage therapist..., aí vou ter certeza que se trata mesmo  do  Deus Grego da academia! lol

 

Bom, depois deste episódio, resolvi  deixar um exemplar do ‘Copadrama’ na mini-biblioteca do Hills.

Nunca se sabe que tipo de feedback  posso  vir a receber no futuro...

 

 

P.S.  Sobre o post anterior:

A boa notícia é que o Manhattan Connection voltou a ser exibido pela Globo Internacional.

Eu já estava considerando cancelar minha assinatura...

 

 

 

 

sinto-me: Divertida com a vida
publicado por Pâmelli às 23:31
link do post | Comentários | favorito
|
Terça-feira, 4 de Maio de 2010

Um bom romance para o verão!

 

Categoria de post:  propaganda e networking

 

 

Ok, já que vivem enchendo minha caixa de mensagens com anúncios de desconhecidos, spams e o diabo...

Hoje eu venho aqui ( no meu próprio blog) para fazer o anúncio do meu livro 'Copadrama- a Brazilian Tragicomedy'!!

 

Afinal,  as férias de verão estão  chegando .  Então, se você gosta de ler o 'Parada',  romances de um modo geral,  tem algum interesse em especial pelo Brasil, sua cultura e seu  povo,  voilà :  COPADRAMA - uma obra de ficção mas nem por isso um retrato menos fiel da vida e realidade classe média carioca...-  é  seu livro 'de cabeceira',   'de avião' ou 'de beira da piscina' ! lol

 

Romance, drama, cultura brasileira,  humor e uma boa dose  de  ironia sacana ... lol

 COPADRAMA - A BRAZILIAN TRAGICOMEDY  só pode ser comprado pela Amazon.   É só clicar no anúncio do livro aqui no blog para entrar na página de vendas .  ( É claro que se você me conhecesse pessoalmente , poderia encomendar o livro  diretamente comigo e receber um exemplar  autografado, hehe. ) 

 

 

Nota:  Recomendo o romance especialmente para aquelas mulheres viajadas, com senso de humor e o espírito romântico. 

Mas se você fôr homem e não gostar do gênero 'chick-flick' , sempre  pode encomendar um exemplar para a  namorada, mãe, irmã, colega de trabalho... -desde que ela leia bem em inglês,  pois é somente nesta língua que o livro foi publicado até o dia de hoje.

BTW :  a tradução foi feita por alunos meus  de português avançado - todos eles native English  speakers :-)

 

Taí.    Enjoy the ride, guys

 

COPADRAMA -  A Brazilian Tragicomedy  is   a great 'Summer novel' to help pass your time on the plane,  to enjoy with a glass of cairpirinha by  the pool ...- or simply to be read in your 'little depressed  corner of the world' ...  lol ( Sometimes we just need to 'get away' from it all, don't we ??)

Note:  It's only available in English  ( but has a great little glossary of Portuguese terms and  cultural expressions - including some pretty  BAD ones at the end of it !!)   

 

 

Fui!

 

 

                                           Pâmelli -  a autora 

 

 

P.S.   Para a galera lusófona... Sorry, mas o  livro só está disponível em inglês. 

         ( Quem sabe um dia não publico o original em português ??)   

 

E a propósito...

Continuo esperando topar com o Bruno Barreto em algum lugar e convencê-lo a transformar o livro em um filme com o Gianecchini e o Santoro nos papeis principais! lol

 

 

 

sinto-me: Networking...
publicado por Pâmelli às 18:15
link do post | Comentários | ver comentários (4) | favorito
|
Terça-feira, 8 de Dezembro de 2009

Por que temos blogs?

 

 

Outro dia estava pensando nisso:

Por que as pessoas criam um blog?

 

Quando abri o  'Parada Essencial'  em abril de 2008,  minha idéia original era criar um blog ( em língua portuguesa...)  que abordasse principalmente  temas relacionados ao estilo de vida childfree.  É que já fazia algum tempo  que frequentava alguns de meus CF blogs  preferidos  ( http://www.childfreedom.blogspot.com/ ; http://thebritgirl.com/ ; http://www.happilychildfree.com/index.htm  etc..)  e duas coisas que logo percebi foram,

1) que  todos eram escritos por mulheres e

2) todos eram em língua inglesa. 

Então pensei:  Taí. Vou abrir o que será , possivelmente,  o primeiro childfree blog em língua portuguesa.  

 Mas logo me dei conta que , sempre tendo sido uma pessoa de gostos e interesses variados, além de ter algumas 'idéias e opiniões' que gostaria de partilhar com algumas pessoas,   o blog deveria , no final das contas , falar um pouco sobre TUDO  - incluindo , ocasionalmente,  algum assunto  de interesse para a  comunidade childfree.

 Por fim,  o blog adquiriu um certo aspecto de 'diário' e , mais recentemente,   tornou-se uma forma a mais para  divulgar meu  livro  'Copadrama' ,  que se encontra a venda pela internet através da  Amazon.com 

 

Ora, afinal nunca se sabe se um  dia desses o Bruno Barreto  ,   ao pesquisar alguma coisa  na internet sobre o Brasil ou Copacabana , não cai  AQUI por engano !!   

Então ele veria o anúncio do livro na minha home page,  resolveria  comprar,  acabava por ler a estória e resolvia fazer um novo  filme no estilo 'Bossa Nova' ... LOL

  (Modéstia à parte e sem querer entrar propriamente no lado  do 'valor literário da obra...' , - pois afinal trata-se apenas de um livro  de entretenimento - ,   algo me diz que o 'Copadrama'  daria uma EXCELENTE tragicomédia romântica !   Oh yes!

 

 

Às vezes tenho até uma 'fantasia' ( não do tipo erótica, mas  sim 'literária-comercial' ...:-))) com o Bruno Barreto .  Eis o enredo:

 

Certo dia, em um vôo doméstico aqui nos E.U., (  algo como NYC -Austin , via Amarillo...)  - não sei porque, mas imagino que ele esteja indo para Amarillo ...lol - de repente lá entra ele, o último a board the plane  e se senta no único lugar  ainda disponível :  a poltrona ao meu lado! 

O coitado parece cansado e entediado.  Está indo para  uma chatérrima mas  inescapável reunião familiar ( um jantar de Thanksgiving na casa de uma tia bem velha...  A festa de casamento de um sobrinho caipira...You get my drift ) em  algum buraco no interior do Texas - aliás, Amarillo!

Além disso, ultimamente ele tem  pensado seriamente em fazer um  outro filme no Brasil mas infelizmente anda sem muitas idéias. 

Então, logo  após a decolagem, lá vou eu e resolvo me apresentar.  What the hell.   Ele não vai poder  mesmo me atirar pela janela...

O Bailey's que pedi para a comissária de bordo ,  (pra me ajudar a esquecer o fato  de que o piloto talvez esteja bêbado ou alguma bagagem esteja prestes a explodir...) acaba  por me soltar a língua.  Resultado: 

Conto-lhe sobre o meu romance e pergunto-lhe se não se interessaria em ler a estória.  E completo: 

 

-Se achar que tem potencial para um filme, eis aqui o meu cartão para  um contato. Sabe,  eu até posso imaginar alguns atores de novelas para fazer os papéis principais...

 

E é claro,  algumas semanas depois eu recebo um e-mail de sua secretária sugerindo que eu vá até N.Y. para encontrá-lo  a fim de  trocarmos umas idéias sobre  'uma possível adaptação do 'Copadrama'  para o telão...'

 

 

 Mas voltando ao assunto dos blogs...

Por que eles existem?  Qual o seu propósito?

 

Vejamos...

Existem aquelas pessoas que abrem um blog para fazer amigos, assim meio como entrar para  o Facebook e outros sites de relacionamentos. Alguns, com suas estórias e idéias , chegam até a colecionar fãs  e tornam-se celebridades na blogosfera .  E assim como as celebridades no mundo real,  volta e meia se metem em  algumas 'roubadas românticas'  nada virtuais! lol

Depois têm aqueles que criam um blog tipo 'Diário do Baixo Astral'  para desabafar suas angústias, decepções amorosas e frustrações com a vida.  Estes tambem costumam atrair vários  'simpatizantes' , pois muita gente gosta de dar uma  de psicólogo amador  e tentar resgatar almas destruídas. 

De minha parte, confesso que não sinto  muita atração por tais escritos pré-suicidas. 

Nestes casos,  acho que o melhor é sair de casa e dar uma SUPER  malhada em  uma academia,  assistir à uma BOA comédia romântica ( de preferência uma do Bruno Barreto :-)) , reler os melhores momentos de   "Orgulho e Preconceito'  de Jane Austen  ou , em casos mais extremos,  pegar  o  livro 'Magnificent Mind at Any Age'  do Dr. Amen ou uma receita médica de Prozac! 

 E é claro,  em último caso,  sempre haverá  uma ponte , penhasco  ou arranha-céu por perto para a cura  instantânea do seu problema  existencial sem solução ... 

 Existem ainda os blogs que têm como objetivo a divulgação de algum hobby, uma paixão ou o próprio trabalho do blogueiro e, muitos destes,  dependendo do gosto pessoal de cada leitor, às vezes podem ser  bem interessantes e informativos. Trabalhos manuais, receitas culinárias, vinhos, youtubes musicais, dicas astrológicas...you name it!

 Por fim,  há os blogs-100%-diários.

Estes,  sinceramente,  a menos que se trate da vida extremamente interessante de alguem, ( ou de alguem extremamente interessante, mesmo com uma vida chata...)  9 times out of 10   costumam ser um excelente sonífero.

Oh, nada contra os diários virtuais. Se por exemplo o  George Clooney,  o Jô Soares ou o Obama tivesse um blog do gênero,  juro que seria a primeira coisa que eu  leria de manhã ao me conectar à internet.  Ora, bem que eu gostaria de saber o que se passa no interior de uma villa no  Lago de Como,  nos salões  da Casa Branca ou nos bastidores do Programa do Jô!

 

 Quanto ao  'Parada' ...

Considerando-se que foi destaque no Sapo apenas uma vez  ( e já faz muito tempo!!)  ,  está longe de ser politicamente correto ,  volta e meia aborda  algumas 'verdades inconvenientes'  ( além de ter uma  blogueira militantemente childfree !)..., 

com sua média de 70  visitantes diários até que vai MUITO bem,  thank you very much !

 

E você ?  Já  pensou em criar  o seu próprio blog??   

 

 

 

sinto-me: Proud of Parada's survival!
publicado por Pâmelli às 04:38
link do post | Comentários | favorito
|
Quarta-feira, 8 de Julho de 2009

Eu e os livros

 

 

Agora que o meu livro está a venda na Book People ,  a livraria 'oficial' da cidade,  (  e não naquelas que são franquias nacionais tais como a Borders ou Barnes&Noble...)  ,  resolvi que uma vez por semana dou uma passada  por lá para  'em que pé estão as coisas'.  Quantos livros já venderam,  quantos ainda estão na estante... 

Não deixa de ser uma desculpa para ir até lá tomar um mocha gelado em seu  café,  dar uma peruada no lugar ( que é muito fofo e agradável...) e quem sabe,  às vezes voltar pra casa com algum paperback  interessante.

 

 Então semana passada lá fui eu até a Book People  dar uma  de espiã marketeira.

Estacionei  o carro no parking , (que é excelente e muito espaçoso)  e segui para dentro da loja indo direto para o setor de  'ficção' , que é onde sei que se encontram os meus livros.

 As estantes são muitas e apesar dos livros estarem organizados em ordem alfabética de acordo com o nome dos autores,  não é tão fácil encontrar  logo de cara o que se está procurando.

Sendo assim, fiquei alí alguns minutos,  passando os olhos de estante em estante,  a procura do 'Copadrama'   (e   provavelmente parecendo muito 'concentrada' e , quem sabe até meio intelectual .   Ah , como as aparências enganam! lol)

 

De repente,  um rapaz  que se encontrava ao meu lado,  me pergunta:

 

- Você tem lido algo de bom ultimamente?

 

Virei-me meio surpresa ,  já tendo  até me esquecido de onde me encontrava.

  O rapaz ,  observei,  devia ter uns trinta anos .  

 Logo vi que não se tratava de um  young businessman  ( o gênero  yuppie materialista...)  , nem tampouco  fazia o tipo  do 'ripongo natureba' ( o democrata /socialista sem ambição, com o bolso vazio mas  cheio de 'direitos humanos' e idéias  'politicamente corretas' na cabeça...)

Provavelmente algum jovem profissional liberal - concluí .  Talvez um graphic designer, um arquiteto,  um chef de algum restaurante local...   Em todo caso,  um LEITOR!   

 Não tinha, contudo,  cara de quem gostava de ler romances... Pena.

Então pensei :   'Com este aí não vale a pena eu indicar meu próprio livro ... lol 

 Um romance de costumes , satirizando certos aspectos da cultura brasileira??   I don't think so.

Resolvi ser franca e desinteresseira  :

 

-Na verdade,  acabei de ler  o bestseller de Dan Brown   'Angels&Demons'  ( Anjos e Demônios) , que gostei demais...

 

Coitado do rapaz!

Sua expressão, ( primeiro de surpresa e depois de decepção...) foi quase cômica.  Era evidente que ele estava esperando uma resposta bem  mais 'intelectual' . lol Provavelmente algo mais  'sensível e profundo'   como  :  ' Estou lendo 'O Alquimista' de Paulo Coelho,  ou,  ' Já leu 'O Rubaiyat' de Omar Khayyam ? '  ou talvez ,   ' Acabei de ler a biografia de Jane Austen...'  

Mas  o último bestseller   de Dan Brown!!  Por essa, evidentemente, ele não esperava.

 

Como  estávamos na Book People (  a livraria dos  intelectuais democratas...)  o rapaz provavelmente imaginou que eu seria uma daquelas leitoras 'sérias' -  do tipo que desdenha os bestsellers de autores modernos. Contudo, se fosse  mais observador,  teria visto que minha saia 'Atelier Danielle'  e minhas sandálias de salto da Ann Taylor não eram exatamente um  bom indício de  alguem com natureza anti-capitalista! lol

Mas os homens raramente reparam na saia ou nos sapatos das mulheres...

 

Por fim,  ele balbuciou (mais por polidez do que genuíno interesse) : 

 

-O mesmo do filme?  É bom?

 

-Excelente.  -respondi, com um sorriso polido.

 

Então eu continuei  com a minha 'pesquisa' e ele seguiu discretamente para o outro lado da estante.  

 Por fim,  passado mais alguns minutos, encontrei o que procurava.  

Ahh...Vi que venderam dois  exemplares nos últimos dias.  Bom.  Em breve terei de trazer mais  para  deixar com o gerente...

 

 

---

 

E a propósito...

Estou lendo  agora um livro que comprei em 2006 - assinado pelo próprio autor ,  Fernando Henrique Cardoso! lol

Sim,   naquele ano ele esteve na Universidade do Texas para uma palestra e lançou o seu memoir  'The Accidental President of Brazil'  .  ( aliás,  muito mais interessante do que 'A Arte da Política', que ele publicou no mesmo ano!)

'The Accidental President of Brazil' ,   conforme ele explicou durante a palestra,  não foi escrito  para o público brasileiro e sim para  o estrangeiro....'  ( Talvez por isso mesmo  seja bem  melhor!  lol)  

O livro conta a tragetória  de vida brilhante de FHC , além de nos dar um resumo bastante interessante dos principais momentos da História do Brasil.  Definitivamente , um BELO,  BELO livro...

 

 

 

 

 

 

 

 

sinto-me: Divertida com a vida
tags: , , ,
publicado por Pâmelli às 16:57
link do post | Comentários | favorito
|
Quarta-feira, 17 de Junho de 2009

Sucessos explicáveis ou não...

 

Alguns 'sucessos'  eu sempre achei meio difíceis de explicar...

Algumas pessoas ou 'coisas' que fazem um sucesso estrondoso por aí a fora, eu sempre tive uma certa dificuldade em entender.

 

A Xuxa, por exemplo...

Ok,  tudo bem que ela só é sucesso no Brasil ( e talvez em Portugal...)  e o resto do mundo não  tem a menor idéia de quem se trata.

Mas mesmo assim.  Nunca consegui entender como alguem sem qualquer talento excepcional ( não canta bem, não dança bem, não interpreta bem,  não entrevista bem ...) pôde ficar tão rica e tão famosa na televisão brasileira - aliás uma das maiores fortunas do país!

É certo que a moça é loira, alta e atraente,  ( e em um país como o Brasil,  quem é loira e alta  tem sempre mais chances de fazer sucesso do que quem é morena e  baixinha... )  ,mas quantas mulheres  loiras , altas e atraentes têm por aí a fora , sem fazer o menor sucesso e ganhar o mais reles tostão?!

Pra mim ,pelo menos,  o sucesso estrondoso de Xuxa sempre foi inexplicável...

 

Outra:  Gisele Bündchen.

Não entendo.

Certo,  a mulher é bastante atraente e suponho que deva ser excelente profissional tambem.

Mas LINDA???   Quantas outras milhares de modelos ou atrizes  ,  brasileiras ou estrangeiras,  MUITO mais bonitas , não existem pelas capas de revistas e programas de T.V. , sem um milionésimo da fama ou do dinheiro de Giselle??

E o mais impressionante:  seu sucesso ,  ao contrário do  de Xuxa,  não é apenas 'brasileiro'.

A mulher é a TOP model ,  a mais rica e famosa em sua categoria , no MUNDO!!

Go figure...

 

Outro caso  de 'sucesso estrondoso inexplicável '  é o de Paulo Coelho.

BESTSELLER  em todo o mundo.  ARQUImilionário -  até castelo na França o homem já comprou!  Sei lá quantos milhões de livros vendidos mundo afora...Traduzido para todos os idiomas do planeta.

 

Supostamente tudo começou com o 'Alquimista' .  

(Confesso que comecei a ler mas não consegui continuar.  Achei chato demais! 

Mas ainda pretendo fazer uma segunda tentativa, mais aplicada... Devo ter perdido alguma coisa.  Vai ver não estava passando por um 'bom momento literário'...lol  Contudo ,  lí com prazer   'O Demônio e a Srta. Prym' . 

 Já o 'Zahir' , eu achei chatérrimo!)

 

 O fato é que , pessoalmente ,  não vejo qualquer genialidade em Paulo Coelho - nem na forma , nem tampouco no conteúdo de sua obra.   Na verdade a melhor definição até hoje que ouvi sobre o autor  foi dada por um conhecido  meu argentino:  'Medíocre' !

Infelizmente tive de concordar.

 

MAS...

Alguns MEGA sucessos mundiais  são perfeitamente explicáveis.    De fato , algumas pessoas ,  realmente merecem todo o dinheiro,  a fama e o prestígio que conseguem alcançar na vida.

O Dan Brown,  por exemplo...

 

O 'Código Da Vinci'  foi um livro muito bom -  até a metade.

Depois acho que degringolou um pouco para o absurdo, com toda aquela  intriga internacional  só porque Jesus supostamente teria tido filhos ( acho que era uma filha...) com  Maria Madalena.  

Estava  esperando algo mais 'picante'!  Algo que explicasse melhor tantas intrigas, mortes etc...

Contudo,  o livro 'Anjos e Demônios'  , a meu ver,  é um ótimo livro!!

Estou agora lendo no original ( Angels& Demons)  e digo,  apesar de já ter visto o filme e conhecer a estória,  não paro de ler!  lol

 

Dan Brown SABE escrever bem. ( Não sei se as traduções feitas por aí a fora fazem jus ao original , mas pelo menos em inglês,  o livro é excelente!)

A estória é intrigante - misturando realidade e ficção.  Seus personagens centrais são interessantes e os diálogos inteligentes. 

Dan Brown é um daqueles autores que nos entretem e ao mesmo tempo nos informam com suas estórias.  Com eles, viajamos, aprendemos e nos divertimos. Sim,   definitivamente   o homem merece cada tostão que arrecadou  ( e continua arrecadando !!) e foi com prazer que paguei $16.00 pelo seu  'A&D'  em paperback.

 E agora , com licença , mas  preciso voltar pro meu livro...

 

 

 

sinto-me: Tirando o chapeu para D. Brown
publicado por Pâmelli às 17:23
link do post | Comentários | favorito
|

.Mais sobre mim

. Meu Livro

COPADRAMA

- A Brazilian Tragicomedy

(um romance em inglês de I. Pamelli M.)

. Comprar na AMAZON.com

.Janeiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Romance para este inverno...

. Dica de leitura para este...

. Meus 15 minutos de fama.....

. Um bom romance para o ver...

. Por que temos blogs?

. Eu e os livros

. Sucessos explicáveis ou n...

.arquivos

. Janeiro 2018

. Novembro 2017

. Junho 2017

. Abril 2016

. Julho 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.flag counter

free counters

.subscrever feeds