Terça-feira, 10 de Janeiro de 2012

Diário de Bordo: a primeira ilha

Categoria de post:  viagem, diário

 

Nosso cruzeiro incluiu algumas das mais belas e interessantes ilhas do Caribe,  entre elas:  Saint Maarten,  Saint Lucia, Barbados, Martinica,  Saint Thomas e Half Moon Cay,  nas Bahamas.

Nosso navio era o  ‘Amsterdam’ , da companhia  Holland America -aliás,  excelente.

De todos os cruzeiros que fizemos até hoje -  no Costa ( italiano) pelo Mediterrâneo,  e no Carnival (americano)  no Golfo do México -  esta companhia holandesa é de longe a melhor.   Pra começar,  o navio tem a metade do número de passageiros dos outros ( apenas 1380),  o que significa que a ‘galera’  a bordo é bem mais seletiva.  Nada daquelas mega famílias (usando tamanho GGG…)   dos navios Carnival, com o povo se acotovelando desesperadamente envolta do buffet!  Ok,   você  paga um pouco mais,  mas viaja com gente de outro nível e em cabines ( mesmo as mais simples) muito maiores e confortáveis.   Não há tumulto nem povaréu em nenhum local do navio.   ( Sossego bendito no terceiro deck - o dos botes salva-vidas...{#emotions_dlg.smile})  Há ambientes para todas as faixas etárias, mas nenhuma área específica para crianças – o que deve explicar o fato de terem pouquíssimas delas  a bordo.  Já o pessoal  jovem ( na faixa dos vinte anos), fica  principalmente  no andar de cima, onde há uma discoteca.  Quer dizer, melhor  do que isso, só mesmo o ‘Chilfree Jazz Cruise’ , LOL  -  que  , ao que  parece, tambem faz cruzeiros pela região do Caribe , saindo de Miami.  (Fiquei sabendo disso em um dos  childfree sites que costumo frequentar e taí  uma coisa que definitivamente deve ser investigada!! )

Finalmente,  a tripulação era 99%  indonésia  e muito gentil e prestativa.

 

Mas,  falemos sobre as ilhas caribenhas...

Nossa primeira parada  foi em St. Maaten – ou Saint Martin -  dependendo de que lado da ilha você esteja , o holandês ou o francês. 

Pois é,  a ilha foi colonizada tanto pelos holandeses quanto os franceses e no final das contas acabou sendo igualmente dividida!  ( Bem que eles  tentaram fazer o mesmo  no nordeste brasileiro, mais ou menos pela mesma época, os 1600’s…)  

A capital do lado francês é a charmosa Marigot ,  onde naturalmente a língua é o francês e o ambiente  é o de  uma ‘França com pitada  caribenha’.  Alí sentamos em um café para tomar sorvete e depois seguimos para uma boulangerie , onde meu marido sempre tem de comer uma  ‘baguete verdadeira,  do jeito que só francês sabe fazer’ . {#emotions_dlg.tongue}

Ainda no lado  francês da ilha  fomos até a praia de Orient Beach ( Baie Orientale)  , de mar muito azul mas com  ventos fortes.  É  ideal para quem gosta de praticar o windsurf  ( ali tem equipamento para alugar), mas não para quem gosta de nadar em praia sem vento e sem ondas.

Depois seguimos para o lado holandês ( onde nosso navio havia atracado) e conhecemos a capital , Phillipsburg.  Tudo muito colorido,  cheio de barraquinhas de souvenirs e, alí sim,   uma boa praia para se nadar -  a Great Bay Beach. 

 

Marigot ( a capital francesa) é claro,  fez mais a minha cabeça.   Contudo,  Phillipsburg ( a holandesa)  nos pareceu mais limpa e  um pouco mais  desenvolvida. 

Minhas impressões:   embora a topografia lembre muito o Brasil ( afinal o Caribe já está nos trópicos) , os morros alí ainda estão com 99%  de sua vegetação nativa preservada  e detalhe:  não há uma única favela a vista ;  apenas umas poucas e boas casas nas encostas.

As estradas entre as cidades não são  limpíssimas como nos E.U.  , mas são  MAIS  limpas do que nos balneários brasileiros e nunca chegamos a ver lixo amontoado ao lado delas.  

Conclusão:  O Caribe,  entre as ex-colônias européias nas Américas,   é uma espécie de ‘Segundo Mundo’ –   uma ponte entre o Terceiro ( incluindo o Brasil)  e o Mundo Desenvolvido.

 

Então fica a pergunta:  Será que Calabar não  tinha razão em preferir que o Brasil fosse colonizado pelos holandeses?

Segundo o autor Romeu de Avelar,  em seu livro ‘Calabar’ (  primeira edição de 1938 e a última  em 1973 - hoje infelizmente  indisponível no mercado literário…), o valente cabo de guerra brasileiro bem que sabia o que estava fazendo quando se voltou para o lado dos holandeses…

sinto-me: Tirando o chapéu para o Caribe
publicado por Pâmelli às 16:34
link do post | Comentários | favorito
|

.Mais sobre mim

. Meu Livro

COPADRAMA

- A Brazilian Tragicomedy

(um romance em inglês de I. Pamelli M.)

. Comprar na AMAZON.com

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Visita ao maior Santuário...

. Dica de leitura para este...

. Leitura de verão: Três ro...

. Copadrama -Uma tragicoméd...

. De volta , mas nem tanto....

. Loucura, desgraça e um sh...

. Sorria, você está na Flór...

. De novo rumo à Flórida

. Safari Africano, Texas st...

. Primeiro post do ano

.arquivos

. Novembro 2017

. Junho 2017

. Abril 2016

. Julho 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.flag counter

free counters

.subscrever feeds