Domingo, 21 de Novembro de 2010

A antropóloga e o filósofo

 

Hoje finalmente venho aqui para completar o portrait dos meus professores no Community College neste segundo semestre e,  após devidamente fazer a caveira ( merecida!) de Mrs. Pain, vamos aos outros dois: Mrs. C , de Antropologia Física/biológica e Mr. B , de Filosofia.

Antes de tudo,  devo dizer que nosso curso de Anthropologia sofreu um temendo baque logo no começo do programa.

O professor , que era um senhor já de idade e que chegou a nos dar as duas primeiras aulas,  estava muito doente ( com uma espécie de infecção intestinal) e , para completar a desgraça foi atropelado por um ônibus e acabou sendo internado!    ( Imagino que ele deveria estar muito mal mesmo e DISTRAÍDO quando o acidente aconteceu pois , cá entre nós,  não é muito comum alguem ser atropelado aqui nos E.U. - muito menos em Austin e ainda por cima por um ônibus!!)

Bom, pelo menos a última notícia que tivemos dele foi  de que já tinha deixado o hospital...

Anyway, com isso  fomos obrigados a receber uma 'substituta'  - o que foi uma pena pois  o 'velhinho' , apesar de sua aparência debilitada, parecia um personagem muito agradável e interessante - inclusive com uma riquíssima esperiência 'antropológica' de vida  em Antígua, no Caribe.  ( o que certamente teria nos enriquecido muito as aulas...)

 

Parte A - A antropóloga:

 

 Mrs. C  é uma senhora simpática e bonachona,  nos seus cinquenta e poucos  e apesar de possuir um PhD ,( não sem bem se em Biologia ou Antropologia...),  está LONGE de ser uma professora brilhante ( ou mesmo interessante).   De fato, suas aulas são de uma mediocridade atroz  e sempre iguais,  já que tudo o que ela faz em classe é LER os slides de Power Points que prepara baseados na informação que temos no livro. Humph.  ( Aliás,  a 'salvação' neste caso é precisamente o nosso livro  ' Physical Anthropology' de R. Jurmain e co ..., pois este sim,  pelo menos é bem escrito, belamente ilustrado e interessante!)

No final das contas ,  a conclusão que se chega nestes tempos modernos  é a seguinte:  foram-se os livros,  foi-se o talento para ensinar e a tecnologia  ao invés de ser usada apenas como um complemento esporádico para enriquecer ou variar a aula, se apossou completamente do ambiente na sala de aula.  Pior:  o Power Point é que virou o centro de todas as atenções enquanto que  o mestre  foi rebaixado a mera categoria de coadjuvante!

Mas nem tudo é decepção – ou como dizem os americanos,  ‘doom &gloom’.  Olhando pelo lado positivo,  Mrs. C ,  ao contrário de Mrs. Pain ,  pelo menos é boa-praça, não tem qualquer tendência ditatorial ( afinal é uma antropóloga! lol) e nas provas, é bastante justa em sua pontuação.

 Já quanto à sua 'aula' ...I’m sorry to say it,  a melhor parte dela é precisamente a que deixamos em casa:  o Livro de Jurmain!

 

Parte B

 

 Já no plano da Filosofia, a situação é a seguinte:

Mr. B é,  antes de tudo,  um excelente professor.  Basta dizer que , ao contrário de Mrs. C, até o dia de hoje nunca usou um único Power Point em suas aulas .  A razão?  Ele REALMENTE sabe a matéria , de cor e salteado, de frente, de lado e de trás! Ou seja: não precisa usar de ‘ recursos tecnológicos’ para disfarçar suas próprias limitações ou encobrir a mediocridade de suas aulas.

 

No primeiro dia de aula Mr. B  foi logo nos avisando :

“Olha pessoal, esse programa é MUITO difícil e eu sou MUITO exigente. Por isso  60 % dos meus alunos costumam desistir logo nas primeiras semanas.  A boa notícia é que os que ficam , costumam se sair bem no final do curso…"

 

Ele  não mentiu,  já que pelo menos a metade da turma que inicialmente se inscreveu no programa de ‘Introduction to Philosophy’ já picou a mula! Quanto aos que ficaram , se vão realmente ‘se sair bem’, eis uma boa questão  que só o tempo vai responder.

De minha parte, só eu sei o quanto tenho me esforçado em suas aulas  - lendo TUDO o que é preciso, fazendo TODOS os deveres, não tendo faltado à aula um ÚNICO dia ,  mal piscando o olho durante suas lectures e anotando tudo como uma maníaca!  E tudo isso pra poder , quem sabe, no final do curso me sair com um ‘ Bezinho’.

 

 O filósofo boa pinta:

 

Não sei por que mas sempre que penso em um ‘filósofo’, imagino um cara pálido e magricelo, com má postura, usando umas roupinhas xinfrim do tipo ‘intelectual pobre’ e sempre equipado de  um inevitável par de óculos finos e redondos , no estilo John Lennon…

Mr. B, contudo, não se parece nada com isso e,  apesar de não ser  mais nenhum ‘garotão’ , sua  aparência está mais para a de um ‘-carioca-cinquentão-hedonista-Zona Sul’…lol , do que a de um ‘típico filósofo’.

 

Sem barriga, de braços fortes e bronzeado… Algo  me diz que quando não está em casa analisando os escritos de Hume e Nietzsche, Mr. B deve frequentar uma academia  ou ao menos praticar o windsurf no Lago Travis nos fins-de-semana!

 Seu rosto tem  traços regulares e seus olhos (ele não usa óculos) , de um azul acinzentado, têm uma expressão de ‘ inteligência discreta’.

Apesar de morar no Texas há vários anos, seu sotaque é bem típico yankee – ou seja, do nordeste dos E.U. , já que ele é originalmente do estado de N.Y. e se formou na Universidade da Pennsylvania.

 Mas o aspecto mais interessante de sua aparência ( ao meu ver) , são os seus cabelos - e sobretudo o corte , que me chamou a atenção desde o primeiro dia de aula. Trata-se  de uma bela e farta cabeleira, suavemente cacheada e já completamente grisalha – o que lhe dá um aspecto de ‘filósofo da antiguidade clássica’. Sim,   Mr. B definitivamente me lembra aquelas estátuas dos gregos da época de Péricles. . Ou,  quem sabe,  o David de Michelangelo - só que trinta anos mais velho e VESTIDO ! lol

Quanto à suas roupas...Eu diria que ele faz o gênero 'yuppie despojado',  com seus jeans de corte transado - assim como seu cabelo...lol - suas camisas pólo e sandálias no estilo Mr. Cat. 

 

Resumo da Ópera:

  

Como vêem,  Mr. B é certamente um personagem intrigante , mas para quem está imaginando que ele parece ‘interessante demais para ser hetero…’ , FYI:  Ele é  casado ( com uma filósofa e professora como ele! lol ) e tem dois filhos já adolescentes.

Já quanto à sua aula...Pra mim só tem um defeito:  o PROGRAMA - que é excessivamente voltado para os ingleses ( Locke, Hume, Berkeley…) , além do ultra rígido e chatérrimo ( os filósofos que me perdoem) Kant.  Realmente,  uma pena que não tenha escolhido para nós algo mais voltado para 'a Grécia antiga' -assim como o corte de seu cabelo! - pois se já é bastante  interessante ouvi-lo falar sobre Berkeley e Locke... , imagine como seria com Aristóteles e co!! lol 

   

Ainda assim, digo e repito: de todos os três professores que tive neste semestre,  Mr. B é o melhor disparado.

 Mesmo que no final do ano eu não consiga me sair tão bem quanto ele previu para ‘ aqueles alunos corajosos e persistentes’ que não desistiram logo nas primeiras semanas…

 

sinto-me: Meio filósofa...
publicado por Pâmelli às 03:49
link do post | Comentários | favorito
|

.Mais sobre mim

. Meu Livro

COPADRAMA

- A Brazilian Tragicomedy

(um romance em inglês de I. Pamelli M.)

. Comprar na AMAZON.com

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Visita ao maior Santuário...

. Dica de leitura para este...

. Leitura de verão: Três ro...

. Copadrama -Uma tragicoméd...

. De volta , mas nem tanto....

. Loucura, desgraça e um sh...

. Sorria, você está na Flór...

. De novo rumo à Flórida

. Safari Africano, Texas st...

. Primeiro post do ano

.arquivos

. Novembro 2017

. Junho 2017

. Abril 2016

. Julho 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.flag counter

free counters

.subscrever feeds